Empresário e Profissional de Sistemas, como se fazer entender?

Há anos atrás, ouvíamos menções sobre os profissionais de informática como pessoas absolutamente incompreensíveis, de linguagem e técnicas difíceis de serem absorvidas. Na dúvida entre a compreensão e a admissão de ignorância, o melhor era chamar a todos de gênios. Passados os anos, com a microinformática mais difundida, nossos filhos sendo alfabetizados com auxílio de softwares, nossos pais pagando contas e armazenando receitas culinárias no computador, a comunicação entre profisionais técnicos e usuários tornou-se bem mais simples, certo? Em absoluto.

Os pequenos empresários continuam declarando a informática como mal necessário e os técnicos lamentando não se fazerem compreender.


Se analizarmos os aspectos principais dessa distância, encontraremos diversas possíveis causas, como:

- Falta de definição dos empresários ao contratar serviços de informática. Tem-se a certeza da necessidade, mas não explicitamente de qual seja ela.
- Distância do assunto; uma vez contratado o profissional, vem a acomodação, deixando que a maior parte das decisões fique a seu cargo, afinal ele é o expert.


- Excelente nível técnico do profissional, mas pouca habilidade para traduzir a linguagem técnica para a coloquial, compreensível pelos usuários .
- Falta de cultura técnica - A generalização de que Sistemas Integrados, Software aplicativo, Sistemas Operacionais e Pacotes são a mesma coisa, cabendo ao profissional técnico o trabalho e a didática.
- Velocidade das mudanças - O lançamento de novas tecnologias, equipamentos e linguagens em uma velocidade grande demais para o acompanhamento dos usuários finais, que tendem a resumir o sucesso do projeto em ´está ou não está funcionando´.
- Dificuldade do técnico em solucionar os problemas em razão de ter encontrado um ambiente diferente do qual desenvolveu o projeto original.

O fracasso das empresas que contrataram profissionais inexperientes, autônomos e colegiais para administrar sua área de Sistemas foi tão grande, que feriu a imagem dos profissionais e empresas sérias.

Mas se objetivarmos uma solução, o caminho seria:

Conheça a sua necessidade e pergunte ao profissional de Sistemas/TI o que é necessário para obter tal resultado. Depois acompanhe a implantação e cobre os resultados planejados. Não necessariamente você terá que entender o ´como´ do projeto; mas terá estabelecido um canal de comunicação.

E o desafio do profissional de TI está em ser simples na comunicação, mesmo se tratando de assuntos tão complexos.


ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.