Empreendedorismo: resiliência, superação e sucesso
Empreendedorismo: resiliência, superação e sucesso

Empreendedorismo: resiliência, superação e sucesso

Esse aprendizado que os grandes empreendedores conseguiram, foi adquirido através de uma palavra, característica e atitude mental, chamada “Resiliência”

Quando se fala em “empreendedorismo”, muitas vezes as pessoas logo imaginam o “empreendedor” como um ser iluminado, inspirado, visionário e realizador; e ele realmente é assim, porém, para chegar a esse “patamar” de evolução, o que a maioria das pessoas ignora é que os grandes empreendedores só se tornaram “grandes”, após muitos fracassos, tentativas, erros, recomeços; muito aprendizado.

Esse aprendizado que os grandes empreendedores conseguiram foi adquirido através de uma palavra, característica e atitude mental chamada “Resiliência”.

Mas afinal de contas, o que é resiliência?

Basicamente, podemos definir resiliência como a habilidade, a capacidade que uma pessoa desenvolve para enfrentar, resistir, superar, aprender, melhorar, crescer e, ainda, se fortalecer em situações adversas, em qualquer área da vida, seja no âmbito pessoal, profissional ou empresarial.

Resiliência é uma palavra que tem origem do latim “resiliens” ou “resilire” , que significa “saltar de volta”, formada por “re” (de novo, outra vez), mais “salire” (saltar). Mais recentemente, o termo voltou a ser utilizado na Física para denominar a capacidade que alguns materiais possuem de passar por grandes pressões, por grande estresse e tensão e, mesmo assim, voltarem ao seu estado normal ou natural, sem perderem a sua composição, a sua essência.

A resiliência é um termo que hoje é aplicado nas mais diversas áreas da atividade humana, mas, basicamente, todas as definições dizem respeito à capacidade de superação, de voltar ao seu estado natural, normal, principalmente após passar por alguma situação de grande pressão, de uma adversidade fora do comum.

Assim, para sermos empreendedores em qualquer área de atividade, precisamos ser resilientes. Se quisermos ter empresas resilientes, especialmente no momento em que vivemos no Brasil, de “crise” política e econômica, precisamos de pessoas resilientes. Digo isso por questões óbvias: empresas são formadas por pessoas e pessoas resilientes vão fazer empresas resilientes, com maior capacidade para resistir, aprender, melhorar, e até crescer dentro do cenário atual.

Mas como fazer para adquirir resiliência?

A resposta passa por uma mudança de "mindset", na nossa maneira de pensar, no nosso modelo mental.

Se tivermos medo de tentar, de errar e, principalmente, “medo” de trabalho, de estudo, de esforço, de “ralar” mesmo, numa linguagem mais popular, dificilmente vamos ser resilientes e, consequentemente, empreendedores de sucesso, em qualquer área da nossa vida (pessoal, profissional e empresarial).

É justamente no desconforto, na luta, na batalha, nos erros e acertos e nos recomeços que vamos adquirir disciplina, capacidade de superação, resiliência e, consequentemente, o tão sonhado “sucesso”.

Deixo para reflexão, a seguinte mensagem:

Quando a gente passa pela experiência de chegar ao "fundo do poço", mas com muito trabalho, estudo, dedicação e resiliência, consegue superar tudo, ressurgir das cinzas; cada dia que amanhece é uma grande bênção, uma maravilhosa oportunidade para aprender, melhorar, “empreender”, realizar, e de deixar um legado, uma marca positiva no mundo. O "hoje" é realmente um grande "presente", uma verdadeira "Dádiva Divina"!

ExibirMinimizar
Digital