Café com ADM
#

Empreendedor! E as suas idéias?

Durante as consultorias uma das coisas que presencio com freqüência é a indiferença que muitos empreendedores tratam suas idéias. Muitos têm momentos Eureka invejados por grandes amigos administradores, porém fazem com que as mesmas se percam com a correria, as preocupações, a burocracia do cotidiano. Inquietações destruidoras, num país onde a alegria e a tristeza, a prosperidade e a pobreza, o sucesso e o fracasso andam muito próximos. Porém durante uma leitura percebi que existem momentos que podem, de maneira simples, colocar estes executivos em conflito com o desânimo, pois a maioria deles se deixa vencer pelos obstáculos. Nesta leitura tomei conhecimento um pouco da bibliografia de um grande empreendedor chamado William Osler, que até então era um simples estudante de medicina perturbado pela pressão que a profissão exercia sobre sua responsabilidade. Todos os dias ele buscava situações que o fazia sofrer sem ao menos calcular a possibilidade daquilo realmente acontecer. E foi durante o término do curso, diante do medo que o afligia na preparação para o exame final, que ele leu em vinte e quatro palavras a idéia que fez seu sub-consciente lutar contra tudo que parecia ser consciência: O nosso principal objetivo não é ver o que se encontra vagamente a distância, mas fazer o que se acha claramente ao nosso alcance. Num discurso foi ousado em dizer que os amigos mais próximos poderiam testemunhar a favor de que ele não tinha nenhum cérebro especial, e que portanto era dos mais medíocres. Logo ao ser indagado qual então foi o segredo do seu sucesso, ele respondeu: Eu sempre vivi em compartimentos hermeticamente fechados. Portanto colega empreendedor, o que quero aqui é pedir para fazer também este exercício de se isolar dos problemas que o rotineiramente aflige e não o deixa prosperar. Momentos de desânimo, construídos a partir das pressões, dos compromissos inadiáveis, de danos financeiros. Saiba construir uma cortina de aço para se isolar dos problemas e fazer com que seu HOJE seja PRÓSPERO, e que o amanhã seja conseqüência do seu PRÓSPERO PRESENTE. Separe o futuro (os amanhãs que ainda não nasceram) salvando o presente. Pelo menos por um dia! Isole o passado, deixe-o extinto, enterrando os mortos. Afaste os ontens que tem levado tantos tolos ao caminho do pó. Os problemas de amanhã, acrescentado aos problemas de ontem e somado hoje, faz com que os mais fortes vacilem, desanimem, desistam. Isole tudo, hermeticamente. E guarde com você sempre: O Futuro é Hoje. Não há amanhã. O dia da Salvação é Hoje. O desperdício de energia, as pobrezas de espírito, a ansiedade nervosa, seguem os passos do homem que se sente angustiado quanto ao futuro. As palavras foram de Jesus:
E assim não andeis pensando no dia de amanhã. Porque o dia de amanhã a si mesmo trará seu cuidado; ao dia basta a sua própria aflição". Nunca desperdice uma única IDÉIA. Sempre a anote. Reflita-a. Simule-a. Ali está uma grande solução para seu HOJE.
ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.