É golpe, não é golpe

Houve um golpe político, não um golpe de Estado no Brasil, e o que não deve ser permitido neste momento é o golpe da impunidade, pois a corrupção, querendo ou não, está no centro desta discussão.

Entende-se por golpe de Estado a derrubada ilegal de um governo constitucionalmente legítimo, ou seja, a viabilização de uma ruptura institucional repentina, com a violação da lei e da ordem, submetendo assim o controle do Estado a pessoas que não haviam sido legalmente designadas para isso, seja pela eleição, hereditariedade ou outro processo de transição previamente determinado pela sociedade.

Por outro lado, golpes políticos são comuns em qualquer situação na história da humanidade. Traição e conspiração entre aliados estão no campo da política mas dentro das regras democráticas, como Karl Marx descreveu em “O 18 de Brumário de Luís Bonaparte”, dessa forma em qualquer país democrático políticos são traídos por aliados e podem perder o poder por isso.

Presenciou-se então em 2016 um golpe político, não um golpe de Estado no Brasil, e o que não deve ser permitido também neste momento, é o golpe da impunidade. Independente de ideologias políticas, influências econômicas ou sociais e principalmente interesses particulares, a sociedade como um todo, deve apoiar e cobrar a responsabilização de todos os agentes públicos envolvidos nos esquemas de corrupção divulgados pela imprensa.

Avanços consideráveis na transparência dos atos e fatos públicos nos últimos anos, a Lei da Transparência (LC nº 131/2009) e a Lei de Acesso à Informação (Lei Federal n° 12.527/2011), são os principais responsáveis pela “descoberta” de inúmeros casos de corrupção pelo país. Não quer dizer que a corrupção está cada vez maior, mas que agora, com a utilização destes mecanismos de controle social, pode-se identificar a sua prática e cobrar pela responsabilização dos malfeitores.

A crise política vivida atualmente no Brasil está diretamente ligada à corrupção, e desde que os rumos das investigações continuem com seriedade e isenção, alcançando quem quer que seja, pois ninguém está acima da Lei, certamente a sociedade poderá vislumbrar em breve uma evolução da política brasileira, com o governo que realmente merece, buscando o desenvolvimento econômico do país.

ExibirMinimizar
aci baixe o app