Drones nas Inspeções Prediais

Os Drones têm sido capa de muitas revistas e jornais nas mídias de todo planeta. Fazer previsões ousadas sobre as possibilidades de uso dos drones é comum, o que quero destacar agora são trabalhos reais que esses veículos aéreos não tripulados (VANTs) estão fazendo agora.

Um dos benefícios mais evidentes dos drones é a sua capacidade para chegar facilmente onde as pessoas não chegam. Esse processo têm implicações no longo prazo para as empresas de serviços que muitas vezes precisam inspecionar áreas de difícil acesso em altos edifícios e grandes propriedades.

Recentemente algumas empresas já começaram a empregar drones em suas inspeções. Algumas delas já incorporaram o serviço e agora expandem o processos em outras unidades da companhia.

A Seguradora americana Allstate recebeu a aprovação da Federal Aviation Administration (FAA) para continuar os seus testes com os drones. A empresa vem realizando pesquisas para avaliar o potencial das aeronaves para serem usadas como inspetores de seguros remotamente tripulados.

A expectativa agora é que os drones sejam usados para inspecionar telhados danificados, prédios desmoronados e outros locais de difícil acesso, especialmente após tempestades e desastres ambientais.

A empresa de cruzeiros marítimos The Royal Navy recentemente também começou a usar drones para agilizar as inspeções em seus transatlânticos. Ao utilizar drones para este serviço, a The Royal Navy faz todo o serviço remotamente, realizando verificações de manutenção enquanto a embarcação ainda está em alto mar, fora de algum porto.

A Marinha do muundo todo tem incorporado essa tecnologia cada vez com mais frequência, tomando emprestado a experiência do setor privado. Segundo o especialista em tecnologia VANT do IFT, Instituto de Formação Tecnológica, Márcio Régis Galvão, "este já é um procedimento usual nas indústrias de petróleo e gás para inspeção de suas plataformas e grandes instalações. A operação é rápida e custa bem menos que o método tradicional, e a empresa pode fazê-lo sempre que houver necessidade, pois os resultados são conferidos online. Pensando nisso os fabricantes já estão produzindo drones que podem resistir a rajadas de vento de até 64 km/h sem se mover no ar." comenta o professor.

Drones nas linhas de energia

Outro setor que incorporou de vez a tecnologia VANT em suas operações foi o de energia. Nos Estados Unidos a Consumer Energy, de Michigan, foi a quarta empresa americana a receber a aprovação para iniciar suas operações com drones da FAA, órgão que controla o setor no país. Algumas semanas depois eles lançaram seu primeiro drone baseado nesta tecnologia. A empresa tradicionalmente utilizava helicópteros para inspecionar suas linhas de energia, mas de acordo a declaração do seu vice-presidente, Thomas J. Webb, "usando um VANT no lugar de um helicóptero nós conseguimos reduzir enormemente o uso de combustível e emissões de poluentes. Sem falar no fato de que nossos vizinhos não reclamam mais do barulho."

No Brasil, empresas do Ceará e de Minas Gerais estão rapidamente expandindo seus trabalhos na área de inspeção predial e de grandes estruturas. Os drones são extremamente práticos para saber a real situação de telhados e infiltrações por exemplo, além de ajudar a combater o acúmulo de água parada. Com o uso dos VANTs é possível zerar os riscos de acidentes na operação e realizar uma inspeção completa com rapidez e precisão. Os dados são gerados na hora e apresentados em um telão. Nenhum detalhe escapa das lentes dos drones.

Segurança e rapidez no trabalho

Márcio Galvão é um dos precursores do mercado de drones em instalações prediais na cidade de Fortaleza. Neste trabalho, sua empresa utiliza os drones para produzir imagens do local uma vez por mês. No final é produzido um efeito chamado time lapse, que mostra em velocidade rápida o passo a passo da obra. “Temos utilizado os drones também para inspeções prediais em grandes unidades habitacionais e supermercados. O nosso trabalho com inspeções é amparado por todas as normas técnicas de avaliações e perícias”, comenta o empresário.

Falamos acima de grandes empresas que possuem recursos abundantes e em alguns casos utilizam financiamento do governo. Porém as inspeções com drones não podem estar fora do alcance de pequenas empresas. A empresa de consultoria MRG Marketing, está desenvolvendo neste momento uma plataforma online que conecta empresas e indivíduos que necessitem alugar um drone para serviços de mapeamento, eventos privados ou até inspeções, com os pilotos drones de todo o Brasil. Uma ideia genial. A empresa já possui um MVP (protótipo) e agora busca financiamento de empresas e investidores para viabilização do aplicativo e ações de marketing.

Como você viu, o mercado dos drones anda bem aquecido. O que você está esperando para decolar nesta aeronave remotamente tripulada?

Leia mais em www.drondrones.com.br

Siga-nos: @drondrones no Instagram | drondrones no Facebook | Dron Drones no LinkedIn

Um ótimo voo pra você!

Márcio Régis Galvão é Gerente de Marketing na Alscience Engenharia, professor de Tecnologia VANT no Instituto de Formação Tecnológica, CEO na Dron Drones Imagens Aéreas e na Consultoria MRG Marketing. Atua como conselheiro de empresas na implantação de tecnologia VANT com experiência executiva no desenvolvimento e implantação de modelos de gestão. Nos últimos vinte anos tem sido consultor nas áreas de planejamento estratégico e desenvolvimento organizacional em empresas no Brasil e Estados Unidos.

ExibirMinimizar
aci baixe o app