Dinheiro: herói ou vilão?

Como a percepção frente ao dinheiro pode influenciar sua vida financeira

Quando o assunto central é finanças pessoais, dois sujeitos entram em cena: o dinheiro e as pessoas. O dinheiro, vivendo um tanto quanto escondido no dia a dia das pessoas, hora ocupa papel de herói e hora de vilão. As pessoas por sua vez, possuem recursos financeiros: em excesso, em falta ou na medida certa e optam por usa-los moderadamente ou em graus esbanjadores.

Podemos comparar o tema finanças com aquela antiga lenda que dizia que dentro de nós habita dois lobos: um lobo do bem e um lodo do mau. Aquele lobo que for alimentado estará em evidência. Assim, é interessante perceber que podemos “alimentar” o lado bom do dinheiro.

Confira cinco dicas para manter alimentar o lado agradável das finanças e manter seu dinheiro como “herói”:

  • 1) Dedicar tempo: Você usa praticamente 220 horas mensais para ganhar seu dinheiro, correto? Dedique no mínimo 01 hora por semana para cuidar dele.
  • 2) Acreditar que é possível: Quando pensar em dinheiro, tenha pensamentos positivos do tipo: eu atraio o dinheiro.
  • 3) Pensar o que é certo: Antes de fazer qualquer compra, pense: eu realmente preciso disso ou somente desejo?
  • 4) Segurar o seu dinheiro: Algumas pessoas quando ganham dinheiro tem a necessidade imediata de gastá-lo e isso pode se tornar um comportamento vilão. Aprenda a segurar o seu dinheiro. Você não precisa gastar todo o montante de uma só vez.
  • 5) Reservas: Seu dinheiro é seu aliado, guarde-o! Ter reservas financeiras pode auxiliar você em momentos difíceis, seja em emergências ou na aposentadoria, quando geralmente a renda diminui. Ver a poupança ou a aplicação financeira crescer traz também a sensação de conquista.

Qual sua percepção de dinheiro hoje? Ele é um herói ou é um vilão?

ExibirMinimizar
aci baixe o app