Café com ADM
#

Dicas para o período de desemprego.

Um dos grandes receios que afligem todo profissional é a possibilidade do desemprego, de ficar sem trabalho. Porém, essa situação talvez resida no fato de que a maioria dos profissionais enxergam exclusivamente os aspectos negativos que uma situação de desemprego pode acarretar. No entanto, o atual mercado de trabalho, com suas constantes oscilações, tem exigido uma nova postura do profissional mesmo em face do desemprego. A falta de um vínculo empregatício pode representar, na verdade, o início de novas oportunidades de trabalho, o impulso ao profissional para que ele procure novos caminhos, novos desafios. O profissional que assim encara a situação do desemprego certamente terá mais chances de se colocar em vantagem sobre os demais nos processos seletivos que enfrentar em sua recolocação. Há várias explicações para isso. Uma delas é que, quando você parte para encarar um desafio com garra e positivismo, você já tem uma parte do desafio ganha. Imagine um competidor de natação, se ele olha para o nadador ao lado e pensa... já perdi deste, o que você acha que acontecerá com ele? Outra explicação é que muitos profissionais de recursos humanos e, por conseqüência, as empresas, acreditam que essa postura revela um traço empreendedor do profissional. Ou seja, mais uma vez o mercado de trabalho exige que você fique atento às mudanças. A mudança de postura em relação ao desemprego pode ser iniciada da seguinte maneira: nunca diga, nem fique repetindo para si mesmo, que está desempregado. Encare o momento como uma busca por melhores oportunidades e que você está disponível para o mercado de trabalho. Sua abertura a essas oportunidades depende de você estar disponível para o mercado de trabalho. Robson Gois de oliveira Diretor de Negocios da Caux Consultoria
ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.