Dicas para escrever trabalhos acadêmicos segundo a ABNT

Guia prático para elaboração de trabalhos acadêmicos segundo as normas da ABNT

Para a elaboração dos trabalhos acadêmicos devem ser observadas duas questões fundamentais:

1) Se o trabalho obedece às normas da ABNT (em especial para citação dos autores e referência aos livros/artigos usados no trabalho)

2) Se todos os parágrafos foram creditados aos autores da idéia neles reproduzidas.

Esta questão é muito importante e devemos lembrar que o plágio é crime contra a propriedade intelectual!!!

No Código Penal em vigor, no Título sobre Crimes Contra a Propriedade Intelectual, há a previsão de crime de violação de direito autoral, diz o artigo Artigo 184: "Violar direito autoral: Pena – detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa".

Portanto, a cópia de internet de trechos ou do total de sites que caracterizarem "copiar e colar" é considerada plágio e o trabalhos poderão ser desqualificados.

Como destacado, deve ser dada atenção especial às referências aos autores no padrão da ABNT nas atividades a serem entregues, não só para esta disciplina, mas em todos os trabalhos acadêmicos que realizarem.

Além de seguirmos as regras da ABNT, a questão da violação de direitos autorais através de plágio na internet é muito séria... Apesar da facilidade de alcance de informações com a popularização da internet e a democratização ao acesso à informação, não se pode negar que seja essa uma importante fonte de informações. Mas deve-se ter muito cuidado com o chamado e reprovável "recorta e cola"!!!

Os princípios de elaboração de um texto inovador e original não podem ser esquecidos ou ceder ao plágio, que pode estar no texto de forma explícita ou dissimulada, revestido de sutilezas.

O aluno deve ser consciente e ter convicção que o verdadeiro conhecimento decorre sempre da ética, nunca cedendo ao plágio, o qual, além de um ato ilícito civilmente, recobre-se de reprovação moral.


Dicas para um bom trabalho


Para evitar a situação que caracteriza plágio, o ideal é fazer referência aos livros e artigos utilizados, ou seja, ao escrever as idéias do autor com suas próprias palavras no trabalho, não deixar de menciona-lo no seu texto, atribuindo-lhe a devida autoria.

A melhor forma de realizar um trabalho capaz de demonstrar todo o potencial e capacidade criativa de vocês, é bem simples:

Observar as normas da ABNT para referências (diretas e indiretas), com a devida indicação de autoria (nome do autor, ano de publicação do livro e página).

Não deixar um parágrafo com conteúdo sem referência! Qualquer definição, conceito, argumentação ou equação matemática que forem citados na fundamentação teórica deverá necessariamente ter uma fonte como referência.

A seguir, um resumo das normas da ABNT para apresentação gráfica e apresentação das citações.



Apresentação gráfica (NBR 14724:2005)


O estilo gráfico é de total responsabilidade do autor do trabalho, que deve seguir as normas da ABNT.

- Os textos devem ser apresentados em papel branco, formato A4 (21 cm x 29,7cm), impresso somente de um lado da folha (anverso)

- A cor da fonte deve ser preta (com exceção das ilustrações)


Uso das fontes

a) fonte: "Times New Roman", "Arial" ou "Verdana"

b) título da capa e folha de rosto: fontes de 14 a 18

c) corpo do texto: fonte 12

d) título da seção ou capítulo: fonte 14

e) subtítulo: fonte 12

f) nota de rodapé: fonte 10

g) fonte bibliográfica de ilustrações e tabelas: fonte 10

h) títulos de ilustrações e tabelas: fonte 11 negritado

i) citações longas: fonte 10.


- Número de página: a paginação deve constar no canto superior direito.

- Espaço 1,5 entrelinhas, (pode apresentar 6 pt antes e 6 pt depois).

- Exceções: Serão digitados em espaçamento simples as citações de mais de três linhas, as notas de rodapé, as referências e as legendas das ilustrações/tabelas.

- Os títulos das subseções devem ser separados do texto que os precede ou que os sucede por dois espaços 1,5.

- Recuo na primeira linha do parágrafo em 2,0 cm, ou seja, os parágrafos iniciam-se oito espaços para dentro em relação à margem esquerda.

- Texto justificado à direita

- Margens: a) Esquerda e Superior = 3,0 cm; b) Direita e Inferior = 2,0 cm

- Os títulos dos capítulos podem constar em letras maiúsculas, em negrito e nº 14.

- Os subtítulos devem estar em letras minúsculas (só a primeira em maiúscula) e em negrito

- Citações textuais com mais de 3 linhas: Recuo de 4,0 cm da margem esquerda, justificado, espaço simples, letra nº 10.

- Referências devem estar completas: AUTOR; Obra, Edição, Cidade, Editora e Ano.

- As referências devem estar em ordem alfabética pelo sobrenome do autor.

- Escolher um único sistema para fazer as referências no corpo do texto: Sistema Autor-data ou Notas de Rodapé de Referências.

- Numeração: Todas as folhas a partir da folha de rosto devem ser contadas, porém não numeradas. A numeração dever ser indicada a partir da INTRODUÇÃO, no canto superior direito.

- Abreviaturas e siglas: Quando aparecem pela primeira vez no texto, deve-se colocar seu nome por extenso, acrescentando-se a sigla entre parênteses.

- As siglas que fazem parte do texto da monografia devem aparecer na primeira ocorrência, com a indicação do nome completo por extenso, seguido da sigla entre parênteses. A partir da segunda ocorrência, usar somente a sigla.

- Os capítulos devem sempre ser iniciados numa nova página mesmo que sobre espaço suficiente na página que termina o capítulo anterior, situando-se os títulos de forma centralizada na folha e numerados em algarismos romanos: Capítulo I.

- Os subtítulos e subdivisões são escritos de forma homogênea que os realcem devidamente; os espaços que os separam dos textos são maiores e proporcionais; são também numerados conforme a técnica dos números pontuados: 2.1, 2.1.1 etc. Não precisam iniciar-se em nova página.

- Para especificar tópicos no interior destas subdivisões usam-se algarismos ou letras, fechados em meio-parênteses: 1) a) etc., evitando exageros com a formação de séries de números pontuados muito longas.


Apresentação das citações (NBR 10520:2002)

Comentários

Participe da comunidade, deixe seu comentário:

Deixe sua opinião!  Clique aqui e faça seu login.
    Daniela Cartoni

    Daniela Cartoni

    Daniela Cartoni é professora universitária, pesquisadora e consultora organizacional em instituições públicas e privadas. Formada em Ciências Sociais, Especialista em Gestão de Pessoas e Mestre em Política Científica e Tecnológica (UNICAMP), atualmente é sócia-proprietária da Pro Otimize Consultoria Empresarial & Educação Corporativa. Atua como docente em cursos de graduação e pós-graduação na Universidade Mackenzie, UNISAL, UNIDERP-Anhanguera e Veris Faculdades (Grupo IBMEC).

    café com admMinimizar