Dez dicas para enfrentar des-a-fios

Vou te desafiar. Responda-me: O que é desafio? Eu duvido que você saiba. Vamos lá... responda...

Vou te desafiar. Responda-me: O que é desafio? Eu duvido que você saiba. Vamos lá... responda...

OK, basta! Já deu para sentir que quando falamos de desafio parece que alguém está a nos insultar, a duvidar de nossas forças e capacidades. Parece que algo tenta nos mostrar que somos incapazes. E é isso mesmo. O próprio dicionário (duvido que você saiba qual deles!) diz que desafio é ato de provocar alguém para duelo; chamamento para qualquer modalidade de jogo, peleja, competição etc.; ato de incitar alguém para que faça algo, geralmente além de suas possibilidades; situação ou grande problema a ser vencido ou superado; tarefa difícil de ser executada; ato ou atitude de desrespeito e provocação; afronta.


Ora, compreender o desafio é fácil ou você não conseguiu entender a descrição acima? Difícil é superar, vencer, subjugar os desafios. Será que você é capaz? Sei não! Sinceramente não sinto que você seja daqueles a quem podemos chamar de campeões. De qualquer forma, por via das dúvidas, logo abaixo, descrevo 10 dicas gerais de como enfrentar os desafios da vida (até porque desafio lembra dez), sejam eles de natureza pessoal, familiar ou profissional.

Mas tenho minhas dúvidas que você consiga chegar até o fim da leitura. Não porque ela seja ruim, mas por causa de sua falta de perseverança e determinação. Ao fim do texto, tenho uma surpresa que deveria ser lida somente depois da leitura das 10 dicas. Mas você é indisciplinado, e não vai resistir à curiosidade. Vai querer ir direto ao fim. Paciência! Eu sabia que esse texto não era para você. Em todo caso, aqui seguem as dicas.

1) Não negação. A pior tolice que você faz diante de um desafio é subestimar a sua existência, e o seu tamanho e complexidade. Reconhecer a existência do desafio bem como sua grandeza, são os primeiros passos para a superação;

2) Auto-confiança. Da mesma forma, é também grande tolice subestimar a si mesmo. Olhe para trás, veja todos os desafios que você já superou, principalmente aqueles que pareciam impossíveis, e confie que você também será capaz de superar este novo, desde que se prepare, é lógico;

3) Discernimento. Use de sua sabedoria, e da sabedoria dos outros, para identificar a natureza do desafio, suas nuances e matizes. Não tente resolver na empresa o problema que está em casa, ou vice-versa. Comece a perguntar E SE...?, POR QUÊ?, COMO?

4) Controle emocional. Nada de desespero, ou ansiedade que o levem à precipitação. Não se deixe vencer pelo medo, a ponto de ficar paralisado. Comece a pensar em coisas positivas, pense na superação do desafio para equilibrar a mente e trazê-la de volta à tranqüilidade.

5) Solução. Pare de focar nos problemas e possíveis conseqüências da não solução do desafio. É hora de olhar para os prováveis caminhos que lhe levarão à superação do mesmo. Lembre-se que muitas vezes isso passa por renúncia, por sair do conforto.

6) Preparação. Depois de achado um caminho de solução, veja o que se faz necessário para você começar essa caminhada. Veja se está em condições de sair do planejamento para a batalha, para o enfrentamento. Se não, prepare-se, estude, treine, leia, converse.

7) Perseverança. Serão muitas as vezes que você pensará em desistir diante dos vários reveses da caminhada. Se cair sete vezes, levante oito. Mas veja também porque caiu.

8) Ajuste. Ou seja, se alguma coisa não estiver dando certo, se os resultados não estiverem chegando como esperava, analise o quadro, e veja se não há a necessidade de fazer ajustes em rumos e estratégias. Faça-os e prossiga.

9) Comemore. Quando chegar lá, quando a vitória for conquistada, não hesite em nenhum momento em comemorar o feito. Celebre! Isso será fundamental para sua auto-estima, para você se nutrir das forças necessárias para o enfrentamento do próximo desafio.

10) Próximo. A vida vem em ondas como o mar, num indo e vindo infinito. Não se espante se o próximo desafio for ainda maior e mais complexo que os anteriores. Saiba que os desafios chegam na medida de sua capacidade (1 Co 10:13). Portanto, nada de sustos com os próximos. Será assim enquanto você quiser avançar e crescer na vida.

Surpresa! Sem voltar ao texto, me diga: qual foi a primeira dica? Não lembra, não é mesmo. Bem, se você leu o texto apenas para vencer o meu desafio e esqueceu de aproveitar a oportunidade para fixar as idéias e crescer com elas, é provável que tenha perdido seu tempo. Só lhe restam duas coisas: ou você segue em frente e me chama de babaca, ou volta às dicas e, agora, as lê, fixando os conceitos passados. Desculpe-me se lhe contrariei, mas desafio é assim mesmo. É contrário!

Compromisso de hoje: Vou enfrentar meus desafios e vencê-los.

Abraços, bênçãos e SUCESSO!



ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.