Desistir é para os fracos e para os inteligentes

Desistir pode ser uma atitude tomada por pessoas inteligentes, por pessoas corajosas. Não existe nada de errado em desistir de um projeto, o que não se pode é deixar de criar novos projetos. A vida sem sonhos, a vida sem projetos e vida sem vida!

Tenho lido muitas frases nas redes sociais e ouvido algumas pessoas dizerem que, nunca se deve desistir dos sonhos, dos objetivos, que desistir é para os fracos. Discordo dessa colocação. Desistir pode ser uma atitude tomada por pessoas inteligentes, por pessoas corajosas. Por gente que tem coragem de por ponto final em alguma coisa que não deve ter continuidade. Coragem que falta para muita gente que continua fazendo o que já deveria ter deixado de fazer a muito tempo. Coragem de mudar a rota, de ter novos sonhos, de criar novos projetos, de fazer coisas diferentes.

Continuar quando já deveria ter parado, por não perceber que chegou a hora de parar ou só para dizer que não desiste é um grande erro que muita gente tem cometido. Todo mundo tem o direito de errar, até quando sonha. A pessoa pode sonhar e fazer escolhas que não tem nada a ver com a vida dela. Como pode sonhar sonhos que são impossíveis de serem realizados. Ter a percepção que o sonho é impossível ou que não vale mais a pena continuar com ele é questão de inteligência. Um sonho que teve muito sentido no passado, pode não ter o menor sentido no presente.

A vida muda, os desejos mudam, as necessidades mudam, a vida toma outro rumo e por isso, é preciso perceber se ainda vale a pena continuar com os mesmos sonhos, com os mesmos projetos. Não existe nada de errado em desistir de um sonho, o que não se pode é deixar de sonhar. Não existe nada de errado em desistir de um projeto, o que não se pode é deixar de criar novos projetos. A vida sem sonhos, a vida sem projetos e vida sem vida!

Se chegou a hora de parar, pare! Para que uma empresa continuar na busca de um objetivo, quando o mercado mudou? Quando o momento passou? Só vai trazer prejuízo para a empresa e para os envolvidos. Para que continuar com um relacionamento, quando não se tem mais sentido caminhar juntos? Só vai causar sofrimentos e perda de tempo. Para que continuar com um projeto de crescimento profissional em uma empresa, quando a mesma não mais oferece está possibilidade para a pessoa crescer? Para que persistir com um objetivo que não tem mais sentido? A pessoa vai perder tempo que poderia estar sendo usado para fazer outras coisas muito mais importantes.

É preciso estar atento para descobrir se o momento é de desistir ou continuar. Esta descoberta só é possível quando a pessoa não se deixa cegar diante dos sonhos, diante dos projetos. É preciso prestar atenção nos sinais, é preciso prestar atenção nos acontecimentos. Eles vão dizem se a pessoa deve ou não dar continuidade nos sonhos, nos projetos dela. Para ajudar nessa descoberta, vou dar algumas dicas de perguntas que podem ajudar na decisão do leitor.

O que estou fazendo, é o que realmente quero para a minha vida e para a vida dos envolvidos? Se eu desistir, o que vai mudar na minha vida e na vida dos envolvidos? Para que quero realizar este sonho, este projeto? Esta conquista vai recompensar o meu sacrifício empregado? Se eu desistir agora, o que sou capaz de fazer de diferente e que vai valer a pena fazer?

De acordo com as respostas, a pessoa vai poder decidir o que fazer ou não fazer. Qualquer que seja a decisão tomada, que seja uma decisão consciente. Que não seja uma decisão tomada por medo, por pressão das pessoas ou para provar alguma coisa a alguém. A vida é muito curta para gastar parte dela fazendo coisas que não se deve fazer.

ExibirMinimizar
aci baixe o app