Café com ADM
#

Democracia

Ontem enquanto lia um livro na tentativa de tornar o domingo um dia menos enfadonho, onde a televisão é o maior meio de tornar os domingos em dias insuportáveis, pois só se vê sencionalismos onde um dos canais mostra pessoas que desgarraram das suas terras natal, em busca de uma vida melhor na grande selva de pedras paulistana, quando se vêem sem o mínimo do mínimo para sobreviver recorrem a sensacionalista programa que proporciona-lhe uma viagem do emaranhado e conturbado mundo palistano para um regresso confortável até seu torrão de terra seca no nordeste brasileiro, enquanto isso o outro programa esta numa briga travada com o ibope para se sustentar como o primeiro no ranking, mostrando pessoas sem o que fazer num tal se vira nos trinta, com um apresentador que mais parece um indivíduo de outro planeta, pois não tendo o que apresentar começa uma entrevista e não deixa que seu entrevistado de as respostas pertinentes as perguntas que ele mesmo fizera. Na tentativa em vão de mudar essa monotonia resolvi garimpar nos canais alternativos, então vi algo que me chamara à atenção, tendo em vista que ontem foi o dia do trabalho um canal apresentava as manifestações mundo a fora, observei então que o ancora do telejornal falara sobre democracia, dado pelo fato de o mesmo ter apresentado os protestos em varias partes do mundo e que na Coréia e China bem como em Cuba os seu governantes não permitiram nem uma forma de manifestação, como fora realizado nos países considerados democráticos, corri então até a estante para encontrar o velho e surrado dicionário na tentativa de definir o que é democracia, essa tal democracia que tanto se fala, mas que no entanto muitos assim como eu não a entende direito, então consultei o velho amigo e encontrei a seguinte definição: Democracia: "Governo do povo; soberania popular. 2 Doutrina ou regime político baseado nos princípios da soberania popular e distribuição eqüitativa do poder. (Ferreira 2000 p. 208). Então vi que ver a TV é bem melhor do que tentar entender a democracia do nosso país, pois assim assistindo a TV não ficarei frustrado com tamanhas atrocidades cometidas contra a população em nome de uma tal democracia que é assistida no papel, onde o voto é algo obrigatório, de maneira que se você passar três vezes sem se apresentar a sua cara sofrida a tal democracia terá que subtrair do seu bolso um valor, pois você como parte integrante da democracia não realizou sua tarefa de votar, irônico não é mesmo? O salário é uma lastima de causar comoção ao ver a reação dos que dele dependem pra sobreviver, daí me pergunto e estendo-lhe a mesma pergunta: será que eles são realmente sensacionalistas? Quando apresentam esse tipo de programa sem nenhum conteúdo proveitoso, mas é isso que o brasileiro esta acostumado a ver e vivenciar todos os dias, pois um dia anterior a esse que me refiro o presidente da republica usufruindo o espaço das rádios e TVs para num monólogo inflamado consigo mesmo no chamado horário nobre, só para divulgar números e mais números que pessoas leigas assim como eu ficam com o dito pelo não dito, mas um pouco pude entender, ele avisou que a vida do brasileiro mudará a partir de agora, pois ele juntamente com seus parlamentares, aqueles que nós mesmos com nosso maior tesouro (o voto) os escolhemos para nos representar deu um aumento abusivo no salário mínimo passou de R$ 260,00 para um valor exorbitante de R$ 300,00 e que esse é um valor bruto, para água, luz, telefone, aluguel alimentação em fim tudo para que possamos sobreviver, enquanto que eles ganham uma bacatela de pouco menos de R$ 20.000,00 e por ser um montante nada expressivo ainda tem como abono algumas pequenas regalias, como auxilio para o terno, correios, combustível, bom são pouquíssimas coisas que se bem somadas poderão alcançar facilmente o montante dos míseros R$ 30.000,00 ou 40.000,00. Agora me digam, onde esta a democracia buscada com tanta luta, até mesmo com sangue? Por isso é aconselhável que saibamos quais as teclas a serem apertadas a cada mês de outubro onde nos são apresentados inúmeras alternativas, mas que à s vezes nos fechamos em copas e não lhes damos os devidos lugares uma frente de trabalho suado, onde cada centavo será adquirido com muita luta e suor caindo do rosto, assim como a mim e a você que com certeza esta lendo esse texto e sentido o vazio no bolso e o arrependimento da última tecla verde que apertara dando a alguém plenos poderes de fazer e desfazer em seu nome.
ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.