Débito ou crédito?

Quem nunca pediu para pagar a vista e teve a surpresa de pagar a prazo?

A maior demonstração de que as empresas não ouvem o cliente é o número de vezes nas quais um mesmo atendente pergunta à mesma pessoa se a compra será feita no crédito ou no débito. Isso sem considerar as situações em que, apesar da escolha do consumidor, a venda é concluída da maneira oposta. Quem nunca pediu para pagar a vista e teve a surpresa de pagar a prazo?

Um dos maiores pecados da comunicação é a deficiência na escuta e isso significa, cedo ou tarde, evasão de clientes. A Escuta Ativa é uma habilidade que pode e deve ser desenvolvida pelo empreendedor, para que seja capaz de praticá-la e replicá-la junto ao seu time.

Muito mais que ouvir passivamente, demanda, em primeiro lugar, total foco no cliente. Quando o atendimento se dá no ponto de venda, é fundamental estabelecer o contato visual e mostrar corporalmente que se está disponível para o diálogo. É igualmente importante ouvir não só o que ele diz, mas as emoções que motivam suas palavras.

Se você comercializa insumos e serviços para festas, por exemplo, você vende a realização de sonhos. Então, embarque no sonho do seu cliente para antecipar a solução que ele necessita. Se seu negócio é beleza ou moda, seu real segmento é a autoestima. Nesse caso, mais do que nunca, é preciso saber quem é a pessoa à sua frente e ouvi-la será a melhor forma de desvendar parte de seu universo.

Adoro as pessoas que sempre me atendem e sabem que tomo café sem açúcar. Da mesma forma, nem me perguntam se a compra é a crédito, porque sabem que prefiro pagar a vista. Gosto tanto desses poucos lugares onde me considero fiel cliente, que sinto vontade de visitá-los como se amigos fossem. E, em tempos de tamanha competitividade, conquistar o afeto do consumidor é alcançar muito mais que sua mente e seu bolso.

E você, de 1 a 10, como pontuaria a capacidade de escuta de seu negócio?

ExibirMinimizar
Digital