Dados precisam virar dinheiro

Você provavelmente já escutou o termo “Data is the new oil”. Pois bem, muito tem se falado e discutido sobre o real valor dos dados, mas a grande questão é: qual é esse valor? A resposta, por sua vez, é bem simples. Se você não fizer nada com ele, o valor é zero! Não vale nada

Você provavelmente já escutou o termo “Data is the new oil”. Pois bem, muito tem se falado e discutido sobre o real valor dos dados, mas a grande questão é: qual é esse valor? A resposta, por sua vez, é bem simples. Se você não fizer nada com ele, o valor é zero! Não vale nada.

O conceito de que os dados por si só têm algum valor vem gerado em algumas empresas uma espécie de protecionismo para armazenamento, ou seja, um cuidado tão grande com a proteção pura e simples que muitas vezes acaba inibindo o compartilhamento da informação, inclusive com o time interno da companhia.

Recentemente, conversando com um colega, ouvi que ele não compartilha seus dados com ninguém por esse ser seu principal capital. “Eu não vou compartilhar com ninguém o que eu tenho de mais precioso”, disse ele.

Na mesma hora brinquei com ele dizendo que o que eu tenho de mais precioso é meu dinheiro, e nem por isso o deixo embaixo do colchão. O que eu faço é deixá-lo com quem entende do assunto, para que esteja sempre seguro e me renda o máximo de ganho real.

É assim com os dados também. Para transformá-los em dinheiro é fundamental deixá-los nas mãos de quem entende do assunto. Alguém que tenha a capacidade de transformar todo esse volume de informação em valor para a companhia e não deixar tudo “guardado a sete chaves”.

Mas, voltando ao meu amigo, lembro ainda que perguntei a ele se em sua empresa eles não faziam ações de e-mail marketing. A resposta era óbvia e ele, todo orgulhoso, prontamente respondeu: “mas é claro que sim”.

Pois é, eu disse. Você já compartilha os dados com uma empresa que te ajuda a transformar isso em dinheiro. Agora imagine se, além de compartilhar apenas informações simples como o nome e o e-mail, já com bons resultados, sua empresa também apostasse na construção de um verdadeiro Big Data com uma empresa especializada. Qual seria seu potencial de ganhos?

Resumo da ópera. O BIG DATA é um assunto extremamente complexo, porém proporcionalmente lucrativo.

Todas as empresas possuem fontes de dados incríveis dentro de casa, seja com seus sistemas legados, seus ERPs e SACs, entre outros. Existe muito dinheiro ali parado, só esperando uma oportunidade para gerar lucros e resultados. Basta tratar tudo isso com um pouco mais de atenção, com profissionais especializados nesse assunto.

Afinal, uma coisa é certa. Além de gerar custos desnecessários, dados parados podem significar muito prejuízo no bolso.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento