Crise ou oportunidades?

Entenda porque a crise pode ser o grande ponto de virada da sua vida.

Que vivemos em uma situação de crise político-econômica todos sabemos. O que poucos sabem, é aproveitar as oportunidades que surgem durante a crise. Há uma frase que descreve exatamente o bom aproveitamento das oportunidades: "Enquanto uns choram, outros vendem lenços ".

Esta situação atual, de inflação e incerteza em diversos setores da economia, é definida pela maioria como " crise ", mas poucos pensam em ressignificar a situação para poder chamá-la de " oportunidade ". Um fato pode ter diversos significados, tanto bons quanto ruins, por isso, resignificar fatos é muito importante para uma mente e vida saudáveis. A chave está em encontrar coisas boas em acontecimentos ruins. Sabe aquela demissão que você recebeu neste ano, que era para ser um ano de conquistas e metas alcançadas? Então, esta demissão pode tanto determinar o fracasso do seu ano como também a sua ascenção na carreira ou nos negócios. Que tal resignificar com algumas dicas que eu trago
para você logo abaixo e fechar o ano no verde e, talvez, melhor do que antes!?

Usei as pessoas que foram demitidas como exemplo, mas estas dicas valem tanto para quem está empregado quanto para quem foi demitido. Afinal, a única pessoa capaz de mudar o curso da sua historia e transformar a crise na sua mudança de vida é você!

#1 - Mercado alimentício: E quem deixa de comer na "crise"? Ninguém! Montar um negócio voltado ao setor alimentício não é nenhuma ideia "fora da caixa", mas para quem quer empreender na crise, as chances de se obter êxito em um negócio deste nicho é alta, pois todos consomem alimentos, desde os mais básicos até os mais sofisticados, sem contar que a venda de doces " porta a porta " é algo que traz bons resultados à quem pratica.

#2 - Venda de cosméticos: Você sabia que o mercado de beleza é a quarta maior economia do mundo? Nesta época em que muitas pessoas vivem em "crise", os gastos com salão de beleza e demais cuidados acabam sendo cortados do orçamento mensal já apertado. Nem por isso elas deixam de adquirir produtos para uso pessoal em casa. Bem pelo contrário, o gasto com tais produtos aumenta já que as idas ao salão não existem mais.

#3 - Revenda de caros usados: É na "crise" que muitas pessoas vendem seus veículos, geralmente por preços mais baratos do que valiam. Se você tem um capital inicial para montar este negócio, vale a pena investir comprando carros usados direto com seus vendedores, podendo assim vender a um preço de maior valia futuramente. Embora muitas pessoas estejam vendendo seus carros para pagar as contas, há sempre aquelas querendo adquirir o seu veículo!

#4 - Brechó: Acredite, cada vez mais aumenta os adeptos da filosofia "vida simples" e as preocupações com a sustentabilidade estão cada vez mais despertando as pessoas para um consumo mais inteligente. Há diversas pessoas que hoje em dia compra roupas usadas, pagando assim mais barato muitas vezes por uma peça em bom estado. Brechós são muito democráticos e em cada canto há um! Como vencer então a concorrência? Qualidade, qualidade e qualidade. Estabeleça parâmetros de qualidade para as peças de roupas, busque uma boa sortidez e venda a preços justos!

#5 - Venda seu talento: No que você é bom? Já fez esta pergunta a si mesmo? Se nunca fez, é hora de fazer e analisar o que você faz de melhor, acima da média. Isto pode ser uma excelente oportunidade de vender seus serviços à alguém. Webdesigners desempregados podem trabalhar de tal forma, inclusive há webdesigners que nem mesmo querem empregos de carteira assinada, pois já têm sua carteira de clientes consolidada e com isso vive como profissional autônomo. Se você escreve bem, pode oferecer seus serviços de escritor como freelancer. As possibilidades são infinitas e variam de acordo com os talentos que você possui. Pense nisso, pode ser um ponto de partida para empreender vendendo seus produtos e/ou serviços.

#6 - Sua escolha: Sim, o item seis deixarei para provocar você a fazer um exercício de criatividade. Eu dei algumas ideias, e aí? qual a sua ideia mais rentável para si mesmo? O que além do comum poderia gerar uma renda para você? Já parou para pensar em quantas pessoas inovaram o mundo com as ideias delas? Talvez você possa imaginar algo que ainda nem mesmo exista, e isto é o belo da criatividade, é concilicar o imaginário com a realidade, fazendo assim a transformação. Se você tem uma ideia, acredite nela, invista nela. Bill Gates, Steve Jobs, são alguns exemplos de pessoas com ideias malucas, até mesmo taxado de loucos, mas que revolucionaram o mundo! Cada vez mais a criativade das pessoas geram negócios. Alguns exemplos que podemos citar é o Uber, serviço de transporte privado urbano criado por Travis Kalanick. A OLX, serviço presente em 118 países que publica anúncios de vendas e etc pela internet, fundada por Fabrice Grinda e Alec Oxenford. Um exemplo brasileiro que podemos citar, é o portal brasileiro Buscapé, lançado no final dos anos 90, época em que o e-commerce ainda engatinhava no Brasil. Mas a confiança mútua na ideia de seus fundadores foi o que tornou o Buscapé uma empresa referência da américa latina em comparativos de preços.

E aí, tá esperando o que pra exercitar a sua ideia? Acredite e corra atrás. A crise pode ser o grande ponto de virada da sua vida, amigo. Confie em você.

ExibirMinimizar
aci baixe o app