Criatividade acontece com todos; é só saber o momento certo

A criatividade pode ser algo complicado para algumas pessoas já que tem-se a idéia de que nem todo mundo é criativo. No entanto, pesquisas recentes mostraram que muitas vezes tratar de um problema num horário que não seja o seu ideal pode gerar ótimos resultados

Sabe aquele ditado de estudante: “Os trabalhos feitos de última hora geralmente são melhores do que aqueles planejados” é bem provável que isso seja verdade!

Isso porque há uma explicação científica; começando pelo início sabe-se que os batimentos cardíacos podem influenciar nossas habilidades psicológicas; assim quando estamos com o batimento cardíaco elevado; nossa inteligência fica aguçada e consequentemente podemos trabalhar em tarefas que exigem muita concentração.

Sabemos também que há dois tipos de pessoas: pessoas-manhã e pessoas-noite. Aquelas pessoa-manhã são as que ficam mais alertas pela manhã e tendem a ter mais disposição para resolver problemas, a memória fica mais aguçada e conseguem ter um desempenho melhor trabalhando com números que exigem concentração. Na outra mão, temos as pessoas-noite que são as que ficam mais alertas à noite e tem o mesmo poder de concentração, memória e disposição como as pessoas-manhã.

Tendo essa premissa; qual é o momento em que a criatividade acontece? Sendo você uma pessoa-manhã ou uma pessoa-noite, quando acontecerá o momento EUREKA?

Errou aqueles que pensaram que a criatividade acontece no seu momento de maior disposição (manhã ou noite dependendo do tipo de pessoa que você é). Uma pesquisa recente mostrou que esses momentos eureka na verdade acontecem quando não estamos tão alertas pois muita inteligência pode prejudicar esse momento a-ha.

Para chegar a essa conclusão, a Dr. Wieth pediu para um grupo de voluntários preencher um formulário que indicaria se eles são do tipo manhã ou noite. Depois chamou os voluntários para o laboratório e pediu que resolvessem problemas analíticos e criativos em qualquer parte da manhã (8:30 – 09:30) ou da tarde (4:30 – 17:30). O resultado foi que os problemas analíticos foram resolvidos com mais facilidade no tempo ideal – se a pessoa é do tipo manhã, então ela teve uma performance melhor resolvendo pela manhã; e vice e versa – e os problemas criativos foram melhor resolvidos no horário contrário – se a pessoa é do tipo manhã, então o problema criativo foi melhor resolvido no período da tarde, e vice e versa.

Resumindo: se precisar resolver problemas que exigem um nível de criatividade; tente fazer fora do tempo ideal que talvez o resultado saia melhor!!

Quer saber mais sobre o estudo, clique aqui.

Fonte: Psychology Today

ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.