Construa com sua equipe o melhor atendimento que seu cliente já viu

O atendimento é uma forma comprovadamente eficaz de melhorar a relação cliente X empresa. Funcionários felizes ajudam a construir uma marca feliz. Saber identificar isto é muito importante para alavancar vendas, conquistar e reter clientes

Use sua equipe para melhorar a relação com seu cliente

Um ótimo serviço de atendimento ao cliente começa com colaboradores felizes. O sorriso, empatia e dedicação são as armas mais poderosas que sua equipe de vendas pode ter na hora de fazer uma abordagem ao cliente para conseguir sua aprovação.

A aprovação pode vir de várias formas, e quanto mais, melhor. Ela pode vir quando o cliente aceitar seu preço ou condição de pagamento, ainda quando gostar do seu produto ou serviço, da sua empresa ou do valor que passa, do ambiente ou da sua equipe.

É muito importante recebermos a aprovação do cliente e ela pode vir na hora em que ele fechar a compra ou depois. Cada cliente tem seu tempo e nestes casos, o tempo realmente não importa, más é imprescindível que você consiga isto.

Muitas empresas encaram isto como um desafio difícil porque às vezes não temos condições de conhecer todo mundo e suas necessidades. Más é necessário e sua sua equipe tem que estar preparada para desenvolver essa capacidade de lhe dar com falta de informações e atender eficazmente.


Se você treinar sua equipe de vendas para ouvir seu cliente, vai se surpreender com a quantidade de informações que ele dirá gratuitamente e de uma forma que sua equipe de marketing jamais conseguiria.

De nada adianta saber o que o cliente quer ou que precisa, que são coisas bem diferentes e veremos em um post futuro, se não fizermos uma classificação e catalogação destas informações para serem usadas por sua empresa no futuro.
Uma vez catalogada as informações do seu cliente, sua equipe de marketing pode trabalhar com e-mails marketing e impactar melhor com conteúdos selecionados para ele.


Um exemplo bem prático que gosto de usar durante treinamentos da nossa equipe, é o caso do cliente Paulo. Perceba como o uso das informações subjetivas pode ajudar a entender o que o cliente precisa antes mesmo dele. Veja o que uma de nossas atendentes da loja conseguiu extrair através das informações do Sr. Paulo:

Paulo, advogado, e sócio de uma empresa de advocacia na cidade foi até uma loja da Iza Magazine para comprar uma impressora a laser. Durante a conversa, o atendente da loja pergunta para Paulo como esta impressora poderia lhe ajudar. Ele responde que vai usar essa impressora no seu escritório de advocacia. Pronto! Nosso atendente fez a pergunta certa. Descobriu que o homem a sua frente buscava uma impressora robusta e capaz de imprimir muito sem precisar de trocar o toner e que provavelmente poderia vender outras coisas depois.

Previu também que o número de impressões mensais deveria ser grande e que este fato poderia ser um determinante chave na hora de fechar a compra. Além disso, ele observou que a impressora que o Paulo procurava não ia atender da forma que precisava, e sabiamente, nosso atendente o conduziu para a impressora mais apropriada, mostrou os benefícios que ela traria para sua empresa e que tínhamos os cartuchos ali quando precisasse com um preço bem mais baixo. Um momento por favor! Você percebeu que o atendente já fez uma segunda venda quando praticamente vendeu os cartuchos novos da impressora para substituir os que ele ainda nem usou?
Continuando, então o Paulo decidiu fechar a compra porque entendeu que seu "dinheiro estava sendo bem empregado", (foi essa a transcrição de parte de uma conversa durante o pós venda, sobre os motivos que o levou a comprar a impressora conosco ao invés de outro lugar). Foi um negócio espetacular, porque, o atendente, naquele dia descobriu que podia ajudar o cliente e assim o fez, agarrou a oportunidade, contagiou o cliente, e fez bem para a marca, mesmo vendendo uma impressora mais barata.
O Paulo, na segunda semana após a compra, retornou à loja procurando toners para a impressora que acabara de comprar, além de folhas, grampeadores, pastas, e outros artigos de informática, foi mais outra venda espetacular. Quem fez o pós venda desta compra não foi outra pessoa se não o mesmo atendente que atendeu o Paulo na primeira vez, porque ninguém o conhecia mais, e portanto, era o mais indicado.

A empresa se antecipou às necessidades, previu e propôs uma solução quando seu suprimento de cartuchos e papéis iria terminar. É assim que funciona e seu cliente vai perceber isto e procurar sua empresa quando precisar.

Procure também na sua empresa oferecer brindes ou descontos na próxima vez para ele retornar e fechar uma nova compra. Todos devem estar envolvidos e motivados a empenhar-se da melhor forma possível.

Descubra o que motiva seus funcionários, apresente suas estratégias de médio e longo prazo e desenvolva neles o desejo de contribuir com sua empresa. Invista neles porque são a melhor frente defensiva da marca contra o mau atendimento.

Agradecemos pela atenção e até o próximo post.

Não esqueça de deixar seu comentário.
ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento