Conhecimento ou sabedoria?

A chave para o sucesso para uma vida saudável pode estar na mescla entre os aspectos da intelectualidade e da espiritualidade

É fato: a busca constante pela realização profissional faz com que a procura pelo conhecimento seja cada vez mais imprescindível na conquista por salários pomposos, status e poder. Saber idiomas diferentes, elaborar planilhas em Excel, conhecer técnicas de negociação, trabalhar em equipe, relacionamentos interpessoais... Esses e outros pontos são ensinados na vida acadêmica e são, inquestionavelmente, importantíssimos para o desenvolvimento pessoal e profissional e estão diretamente atrelados ao conhecimento. Porém, isso é o suficiente? Ser um profissional diferenciado é sinônimo de felicidade? Pessoas intelectualizadas são bem sucedidas?

De uma forma geral, pode-se dizer que a resposta dessa pergunta é "não". Durante a carreira é muito fácil visualizar grandes executivos tomados pela depressão, por amizades fúteis e por "amores" relâmpagos. E o porquê disso? Simples. A concorrência demasiada que o mercado impõe acaba com qualquer possibilidade de um relacionamento saudável. As pessoas buscam o status ao invés da humildade. O prazer em detrimento da gratidão. O poder antes do amor. Em suma, busca-se mais o "ter" do que o "ser". Mas e a sabedoria? Em dizer um "muito obrigado!" ou um "eu te amo!"?. Em tentar se posicionar no lugar de pessoas necessitadas? Em oferecer um simples buquê de rosas a alguém especial? Em desejar um "bom dia!" ou dizer "parabéns!" quando um bom trabalho é realizado? Esses fatores não são importantes? Talvez a resposta esteja em relacionamentos devastados pela falta de compreensão, amizades medíocres e interesses vazios. E o pior: às vezes as pessoas enxergam tarde demais.

Constata-se que a chave para o sucesso - se é que ela existe - esteja numa equação em que a somatória entre conhecimento e sabedoria seja igual à felicidade. É uma questão subjetiva, pois a felicidade é diferente para cada ser. Mas ao olhar detalhadamente para as vidas, para as almas, é possível enxergar um pouco de verdade nisso tudo. Por conseguinte, oferece hoje uma flor a quem ama. Diz "obrigado!" e "eu te amo!" a quem merece. Pois a sabedoria é tão ou mais importante do que o conhecimento. Amanhã o tempo pode ter acabado.

ExibirMinimizar
aci baixe o app