Comunicação enquanto diferencial competitivo para PMEs

Destacar-se, agregar valor ao seu negócio, primar pela excelência em seus materiais de divulgação, em suas redes sociais, seus canais de atendimento e tratar a informação como um commodity permitem que o cliente reconheça seu diferencial diante do mercado

Há pouco mais de 20 dias escrevi um artigo sobre o poder das redes sociais para um novo negócio, força essa que possui tamanha importância quando integra a Comunicação (em caixa alta pois se refere à área que exige experiência e formação adequadas) e quando esse novo negócio possui um gestor com habilidades de comunicação (em caixa baixa pois se refere àquelas inerentes ao ser humano que torna todos nós capazes de sermos seres comunicadores), como explicou o especialista Fabio Betti em entrevista ao canal Fábrica de Palavras.

Especificamente em empresas de pequeno e médio porte (PMEs) a relevância do papel de gestor comunicador se torna ainda mais necessário e a Comunicação é tão ou mais importante para esse tipo de negócio, do que é para corporações de diferentes segmentos e portes.

O que significa que um site malfeito, materiais de divulgação com erro de português, abordagem da empresa seja via e-mail, telefone ou por qualquer outro canal sem polidez ou padronização são apenas alguns dos exemplos de como a Comunicação feita sem o devido cuidado pode se tornar ‘antipropaganda’ do que estiver sendo divulgado, seja um produto ou serviço, ou da própria empresa, o que é ainda pior.

Para as PMEs, o investimento em Comunicação pode ser um dos diferenciais diante de seus concorrentes o que torna o planejamento de comunicação tão fundamental para o pequeno e médio empresário, assim como o plano de voo é para um piloto. Destacar-se, agregar valor ao seu negócio, primar pela excelência em seus materiais de divulgação, em suas redes sociais, seus canais de atendimento e tratar a informação como um commodity permitem que o cliente reconheça seu diferencial diante do mercado. É preciso que a Comunicação desperte interesses e estimule a inovação, constantemente.

É de suma importância que o empresário tenha em mente no que seu produto ou serviço se diferencia e confiar que a agência ou profissional de Comunicação contratado saberão traduzi-lo para os consumidores quando necessário, fazer uma interpretação qualificada, adequar linguagens e realçar o que só o seu negócio é capaz de oferecer, seja para a imprensa, parceiros ou clientes.

Em tempos de Internet, em que nenhuma empresa possui o controle de sua marca, uma vez que por meio das redes sociais um post, uma foto ou um vídeo podem transformar uma reclamação em crise de imagem; nunca se fez tão essencial contar com a assessoria de profissionais de Comunicação. O cuidado com o que é dito, e de que forma a informação é transmitida pode fazer a diferença entre um cliente satisfeito e uma crise de imagem que pode arruinar os negócios.

Além disso, o dono do negócio deve ser comunicador e ‘relacionador’, isto é, refletir em seu dia a dia, em seu modo de trabalhar e em suas reuniões, como o seu modo de se comunicar e se relacionar refletem os valores e a identidade de sua empresa.

Também é necessário que o empresário aprove as ações, metas e indicadores traçados pelo profissional de comunicação, alinhar expectativas, o que é esperado com o que é possível entregar é de suma importância para o sucesso do projeto.

Enfim, para que a Comunicação seja uma vantagem competitiva do empresário e influa positivamente para a marca, é preciso que ela deixe de ser vista como área destinada apenas às grandes empresas, investimento para a segunda etapa do negócio ou desperdício, uma vez que clientes críticos e rigorosos consomem produtos e serviços de PMEs e multinacionais com o mesmo grau de exigência. Que seja percebido como sua falta ou uso indevido pode se tonar uma verdadeira ‘antipropaganda’ e o seu real valor enquanto diferencial perante os concorrentes.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento