Comunicação como parte da organização

A época atual é a da informação. É a época da Sociedade da Informação onde o conhecimento é um dos principais fatores que permite novas formas de organização e redefine a sociedade. As informações surgem de todos os lados: tv, telefone, radio, jornal, e agora, de forma mais acentuada, a internet. Rapidamente as pessoas se acostumam a essas novidades. Porém as empresas ainda não. Em muitas organizações a centralização das informações e outras falhas de comunicação responsáveis pela disseminação de informações entre a direção e a equipe ainda são comuns. A comunicação interna é um processo que engloba todos os atos da comunicação que surgem dentro de uma organização. Ela engloba comunicação com os empregados, gestores de nível médio e gestores de topo. É um processo que permite transmitir informações necessárias ao planejamento, realização de planos e controle de pessoas. Para a realização de um trabalho e alcance de objetivos é necessário partilhar informações com os membros da empresa, não só gestores de nível médio ou alto, mas principalmente com os funcionários e subordinados. Em muitas organizações a comunicação interna é, por vezes, colocada em segundo plano, quando deveria ser prioridade, já que é uma ferramenta poderosa para a eficiência organizacional. Muitas empresas a vêem apenas como uma despesa a mais. Infelizmente ainda não é encarada como um investimento que a empresa faz na busca de melhoria dos processos produtivos. Cada vez mais os trabalhadores lutam por mais informações e participação nas decisões. Querem saber o que se passa com a empresa em que trabalham, querem estar informados sobre os fatores externos e internos que influenciam no seu trabalho, como as novas tecnologias, políticas salariais, desenvolvimento da empresa, etc., mas estas centralizam as informações negando-se a fornecê-las para o seu público interno. Isso acontece porque não reconhecem que os trabalhadores contribuem para o aumento da margem de lucro e que não são apenas o público interno, formam também um público consumidor. Por isso é importante que as empresas tenham uma boa relação com os empregados assegurando a divulgação do que é influente no ambiente externo. A comunicação eficaz é o principal ingrediente do sucesso empresarial. O crescimento das grandes empresas, principalmente num mundo globalizado, a aceleração das alterações em produtos e métodos de produção e as fusões de empresas fazem parte de um complexo sistema de informações e o uso de métodos administrativos mais avançados tornam a comunicação correta cada vez mais importante para a tomada de decisões precisas e acertadas. Porém, a comunicação, embora seja vital para a organização, não tem recebido a devida atenção. Nem todas as organizações são capazes de criar ambiente de trabalho rico em informações necessárias para ter sucesso no atual contexto complexo. A comunicação interna é um processo que deve estar ser aplicado como uma ferramenta eficaz para o desenvolvimento de pessoal, e, consequentemente da empresa, pois é uma ferramenta que exerce uma influência muito grande em fatores que atuam na organização como a qualidade, a motivação, a resistência à mudança, isso sem falar no fato de contribuir para o alcance de metas e objetivos e no controle de pessoas. A comunicação interna corresponde a uma necessidade básica por promover a dinamização das estruturas e a melhoria de resultados. Também contribui para o desenvolvimento e a manutenção do clima positivo, favorável ao cumprimento das metas da organização e ao crescimento continuado de suas atividades e serviços a expansão de sua linha de produtos. Enfim, as empresas que implementam programas de comunicação interna tem retornos consideráveis Diante disso percebe-se que a comunicação interna exerce conseqüências e vantagens positivas e magníficas para as organizações. Portanto recomenda-se que tais organizações percebam essa magnitude e deixem que a comunicação interna faça parte do cotidiano da empresa, que devem caminhar em direção a uma gestão de informações e conhecimento para que assim elas possam se tornar cada vez mais aptas a atuarem no mercado competitivo.
ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.