Comprar ou vender empresas, valores tangíveis e intangíveis - o que considerar?

Uma proposta para reflexão para comprar ou vender!

Proponho a abertura das discussões acerca dos conceitos populares e infundados praticados pela maioria dos Empresários das Pequenas e Médias Empresas quando decretam o quanto custam suas empresas. È notório a “prática” adotada de multiplicar-se um pseudo faturamento por 3 e decretar o Valor da Venda e Compra da Empresa.

Pois bem, defendo ser INDISPÉNSÁVEL se conhecer o QUANTO deste faturamento é efetivamente o RESULTADO, seja LUCRO ou ainda, PREJUÍZO da Empresa.

Vamos trabalhar um exemplo hipotético, FATURAMENTO R$ 100.000,00 (-) CUSTO DE AQUISIÇÃO R$ 40.000,00 (-) DESPESAS VARIÁVEIS R$ 15.000,00 (-) DESPESAS FIXAS R$ 28.000,00, então temos um RESULTADO POSITIVO de R$ 5.000,00.

Neste cenário precisaríamos de mais informações para concordar com o valor hipotético de R$ 300.000,00 por esta empresa. Perguntam os leitores, e qual a sugestão, o que preciso avaliar para chegar a um preço justo pela compra ou venda da empresa?

Devemos considerar as Peças Contábeis, Financeiras e Administrativas, isto mesmo, conhecer os números que a empresa produz, pois através destes instrumentos ou controles é que conhecemos efetivamente: Custo de Aquisição, Custos Fixos e Variáveis, destinados às Aquisições das Mercadorias, Elaborações dos Produtos, ou nas Execuções dos Serviços, alem, é claro, da Margem de Lucro.

O Balanço Patrimonial, uma das peças contábeis, permite conhecermos os Ativos (Aplicações dos Recursos > Bens e Direitos), e o Passivo (Origens dos Recursos > Dívidas) e o Patrimônio Líquido da Empresa.

Neste, identificamos as origens dos recursos utilizados nas operações, sabendo qual a participação do Capital Próprio ou se é de Terceiros, qual o Grau de Endividamento, qual a situação do Fluxo de Caixa, e qual a Situação Financeira Líquida da Empresa.

A Gestão Financeira Integrada permite o monitoramento do desempenho dos Investimentos realizados na Empresa, buscando Maximizar o Lucro Líquido, permite a análise dos resultados obtidos para a Tomada de Decisões, mostra os registros dos eventos no Fluxo de Caixa da Empresa, oferecendo ao Empresário a real situação de folga ou não dos recursos financeiros, direcionando os Investimentos, viabilizando o Crescimento e o Aumento da Competitividade da empresa.

Talvez a minha proposta de Avaliação encontre algumas resistências, e desejo isto, com melhores sugestões, enquanto isto não ocorre, sustento minha argumentação, porque ela está baseada em informações concretas, é claro, se a contabilidade da Empresa estiver rigorosamente atualizada, muito embora quando questionados grande parte dos empresários desconhecem o Resultado da sua Empresa.

Vamos considerar a Situação Patrimonial da Empresa Modelo:

ATIVO R$ PASSIVO R$

CAIXA 5.000,00

BANCO 12.000,00

ESTOQUES 25.000,00 CAPITAL SOCIAL 120.000,00

INVESTIMENTOS 65.000,00 RESULTADO ACUM 5.000,00

IMOBILIZADO 18.000,00

TOTAL ATIVO 125.000,00 TOTAL PASSIVO 125.000,00

Nota-se que a Situação Patrimonial da Empresa Modelo trabalha com Capital Próprio, devemos observar atentamente quais são as Origens do Capital da Empresa (Próprio, Terceiros e ou Transitórios), na Empresa Modelo as operações geram um Resultado Positivo Anual de R$ 5.000,00. Vamos considerar que, após Análises das Contas identificamos um POTENCIAL de continuidade deste Resultado, e, com algumas AÇÕES um crescimento deste Resultado, podemos então, a partir deste cenário, SUGERIR o Preço de Venda ou Compra, porem, é Fundamental avaliar a capacidade de Geração do Lucro, neste momento vem à memória o famoso “Passo o Ponto”, alguém já mensurou isso?

Para apurarmos o Cálculo do Valor Sugerido da Empresa vamos projetar para os próximos 5 anos o Resultado constante conhecido (R$ 5.000,00), considerando ainda uma Taxa Anual de 10%, vamos trazer este Resultado Futuro a Valor Presente (A Melhor Taxa de Mercado), que, ACRESCIDO ao Valor Patrimonial, nos SUGERE o Valor para Venda ou Compra da Empresa.

FUTURO RESULTADO VALOR PRESENTE

ANO 1 R$ 5.000,00 R$ 4.545,45 ANO 2 R$ 5.000,00 R$ 4.132,23 ANO 3 R$ 5.000,00 R$ 3.756,57 ANO 4 R$ 5.000,00 R$ 3.415,07 ANO 5 R$ 5.000,00 R$ 3.104,61 VALOR PATRIMONIAL + RESULTADOS FUTUROS = PREÇO DE COMPRA OU VENDA, R$ 143.953,93

Não tenho a intenção de esgotar o tema proposto, pelo contrário, na Literatura, nas Universidades, nas Entidades de Ensino, estou certo que encontraremos outras posições, mas de qualquer forma, 3 Vezes o Faturamento, estou certo que não seria um bom negócio, concorda leitor ? Convido todos a refletirem sobre o valor da sua empresa, que ferramentas de controles existem, que Resultados a Empresa tem apurado, qual a evolução destes Resultados, qual a qualidade da Gestão dos Negócios, visando a VALORIZAÇÃO REAL da sua Empresa.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento