Café com ADM
#

Comodismo x Ação

Estive pensando em escrever sobre atitude, motivação, e ao ler o texto abaixo encontrei um meio de fazer com que vocês leitores, reflitam sobre o tema. "Um homem que estava desempregado, entra num concurso da Microsoft para ser faxineiro. O Gerente de RH o entrevista, faz um teste ( varrer o chão ) e lhe diz: - O serviço é seu; me dê seu e-mail e eu lhe enviarei a ficha para preencher, e a data e hora em que deverá se apresentar para o serviço. O homem, desesperado, responde que não tem computador, e muito menos, e-mail. O Gerente de RH, disse que lamenta, mas se não tiver e-mail, quer dizer que virtualmente não existe, e, como não existe, não pode ter o trabalho. O homem sai, desesperado, sem saber o que fazer; somente tem R$10,00 no bolso. Então decide ir ao supermercado e comprar uma caixa de 10 quilos de tomates. Bate de porta em porta vendendo os tomates a quilo e, em menos de duas horas, tinha conseguido duplicar o capital. Repete a operação mais três vezes e volta a casa com R$ 60,00. Então, ele verifica que pode sobreviver dessa maneira, sai de casa cada dia mais cedo e volta a casa mais tarde, e assim triplica ou quadruplica o dinheiro a cada dia. Pouco tempo depois, compra uma Kombi, depois troca por um caminhão e pouco tempo depois chega a ter uma pequena frota de veículos para distribuição. Passados 5 anos, o homem é dono de uma das maiores distribuidoras de alimentos dos Estados Unidos. Pensando no futuro da sua família, decide tirar um seguro de vida. Chama um corretor, acerta um plano e quando a conversa acaba, o corretor lhe diz: - Por favor, dê-me seu e-mail para que eu possa lhe enviar o contrato. O homem diz então: - Não tenho e-mail. Curioso, o corretor lhe diz: - Você não tem e-mail e chegou a construir este império, imagine o que você seria se tivesse e-mail O homem pensa e responde: - Seria faxineiro da Microsoft!!! Texto extraído da internet - Autor desconhecido" O que te faz crescer, o que te impulsiona para frente não é a tecnologia, ou modernidade, ou pessoas que te motivam, da mesma forma que o que te faz permanecer estático reclamando dos problemas também não é a falta de emprego, ou a falta de dinheiro. O que te faz crescer e não te faz ficar estático reclamando é a sua vontade, sua motivação, seus objetivos! O que vemos com grande freqüência são pessoas sem objetivos de vida, e com isso não sabem para onde querem ir e, consequentemente, acabam indo para onde a maioria está indo (comodismo, facilidade). Se você tem objetivos e garra para buscá-los fica fácil seguir adiante. Vejam só o "homem desempregado" do texto, de um aspirante à faxineiro à dono de uma das maiores distribuidoras de alimento dos EUA. O que aconteceu com ele foi mágica?? Sorte?? Não...ele simplesmente sabia que precisava ganhar dinheiro (objetivo) e achou um meio de fazê-lo (vender tomates), percebeu que essa atividade o levava ao objetivo dele e a cada vez que seu objetivo era alcançado ele o revia e aumentava suas metas (ganhar mais dinheiro), viu que também era possível ter objetivos, alcançá-los e ainda superá-los, com isso passou a superar-se a cada dia, aumentando sua capacidade produtiva e alcançando o título de MAIOR DISTRIBUIDOR, imaginem se ele estivesse preocupado somente com seguir os demais, e ao sair da entrevista ficasse injuriado e fosse lamentar-se por não ter um e-mail, lamentar-se porque a condição econômica do país não o permitia obter um bem de tanto valor como um computador, lamentar-se porque o governo não ajuda os necessitados, enfim, sabemos que essas lamentações iriam longe, ele até lamentaria por seus pais que não deram condições a ele de estudar em uma boa escola, etc, etc. Imaginaram isso tudo??!! Essa atitude bloquearia nele toda e qualquer possibilidade de idéia criativa, toda e qualquer possibilidade de tomada de ação. É como quando estamos em um buraco relativamente fundo e precisamos sair, mas não temos escada, corda nem nada que possa nos levar para cima novamente, se nos deixarmos ser tomados pela angústia de estarmos no buraco, sem ninguém para nos ajudar, e ficarmos lamuriando, não conseguiremos pensar em uma solução para sairmos de lá...ficaremos chorando, chorando e chorando e nada faremos para solucionar (foco no problema e não na solução), ao passo que, se entendermos que todas as pessoas são passíveis de encontrarem em seus caminhos buracos onde podem cair (problemas que passamos no dia a dia), e ao cairmos nos concentrarmos em como sair de lá, estaremos melhorando a nossa visibilidade, aumentando a nossa capacidade criativa e alcançando a solução (foco na solução e não no problema). Com isso podemos enumerar alguns princípios básicos: 1 - Tenha objetivos, saiba para onde você quer ir 2 - Atualize sempre seus objetivos de forma que possa saber se suas ações o levam a favor ou contra aquilo que quer alcançar 3 - Objetivos alcançados, estipule metas mais audaciosas de forma a superar-se sempre 4 - Em problemas mantenha sempre o foco na solução, se perder muito tempo pensando no problema sua capacidade de tomada de ação criativa e decisão serão bloqueadas por estarem ligadas em outro plano (o do problema) 5 - Lembre-se que a motivação é sua e que não depende dos outros "aprovarem ou não" a sua atitude, suas ações são corretas desde que o levem de encontro aos seus objetivos, o julgamento de uma ação é pessoal, ninguém pode dizer o que é certo ou errado pois esse julgamento sempre deve ser baseado nos objetivos pré estabelecidos. Se você tomou uma ação que te leva de encontro aos seus objetivos e não houve repercussão nas pessoas, "Don't Worry, be happy...", se auto aprove, se auto motive e siga em frente, você é responsável pelo chegar ou não ao alcance de seus objetivos 6 - Se houveram problemas e as atitudes tomadas não foram de encontro com seus objetivos, corrija-as e volte a seguir sua meta, da mesma forma que não precisam te dizer o quão bom foi o que foi feito, não precisam te dizer o quão ruim foi, pois esbarramos no mesmo entrave do julgamento, algo só é certo ou errado dependendo dos objetivos de quem tomou a ação Mais uma vez - "O que te impulsiona para frente são seus objetivos e sua vontade de alcança-los, sua força para a ação (MOTIV AÇÃO)!". Um abraço , Ingrid Pfützenreuter Castanho
ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.