Como superar metas durante a crise com o inbound marketing

O inbound marketing é uma opção relativamente barata para tirar as empresas da crise. Em 2013, a Esag Jr., que atua na área de Administração, enfrentava um período de baixa na sua demanda e estava à procura de ideias que fossem capazes de reverter este cenário. Dois meses depois de iniciarmos o inbound, conseguimos um aumento de 75% no número de acessos no site

O inbound marketing é um assunto em alta hoje em dia. O inbound, ou o “novo marketing”, baseia-se em dados que atraiam as pessoas no meio online, convertendo-as em clientes fiéis e de longo prazo. Dois anos atrás a situação era diferente, principalmente para as empresas juniores que trabalham com um orçamento muito apertado. Em 2013, a Esag Jr., que atua na área de Administração, enfrentava um período de baixa na sua demanda e estava à procura de ideias que fossem capazes de reverter este cenário. O mercado já falava sobre essa nova estratégia, porém, pouco se sabia sobre o que deveria ser feito para sua implementação.

Tentamos implantar a prática ainda em 2013, com os treinamentos de marketing digital oferecidos por uma empresa especializada no ramo, mas foi no planejamento estratégico, no final do ano, que colocamos o inbound como prioridade. Isso porque definimos uma meta alta para o ano de 2014 e precisávamos pensar em novas formas de divulgação da marca.

Procuramos transformar a prática em parte da cultura da EJ. O primeiro passo foi buscar empresas juniores que utilizassem o inbound. Não encontramos. Vimos a dificuldade de implementar o processo em uma empresa júnior. Precisávamos concentrar esforços de uma pessoa ou equipe exclusivamente para geração de conteúdo ou, em muitos casos, o processo era terceirizado e pago.

Centralizamos a prática com a equipe de marketing e o gerenciamento com o assessor da área. Para tornar o inbound parte da cultura da empresa, buscou-se uma alternativa que envolvesse todos os membros na criação de conteúdo, fator determinante para o seu sucesso. A partir da definição da periodicidade de postagens no blog e do número de membros da EJ (40 pessoas na época), vimos a possibilidade de que cada integrante da empresa pudesse ser responsável por escrever uma matéria por semana.

Em julho de 2014, dois meses depois de iniciarmos a prática, conseguimos um aumento de 75% no número de acessos no site. No segundo semestre buscamos otimizar as publicações e utilizar melhor nossas mídias sociais Facebook, Twitter e LinkedIn) e criamos um guia para orientar a equipe na produção do conteúdo. E os números só aumentaram. Crescemos 581% no número de acessos do site, registramos 403 contatos novos a partir das páginas de cadastro, passamos de 73 procuras em 2013 para 148 em 2014 e, o mais impressionante de todos os dados, notamos que 33,92% do faturamento em 2014 foi decorrente das procuras no site da empresa.

Não é raro ouvir relatos de empresas juniores que enfrentam um período de baixa demanda e estão buscando alternativas para fugir deste cenário. Tivemos esse problema, assim como qualquer outra empresa de grande porte e encontramos uma solução inovadora para dar a volta por cima. Fomos uma das primeiras EJs a utilizar o inbound marketing. Como resultado ainda maior do que esses números: conseguimos nos consolidar como uma organização que tem conhecimento sobre os serviços que oferece e, consequentemente, desenvolve seus membros por meio da geração de conteúdo.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento