Como lidar com a crise atual, aproveitando as oportunidades digitais

Este artigo visa mostrar oportunidades de carreiras, novas funções, novas especializações e principalmente criar um novo cenário de mercado digital onde as oportunidades crescem a cada dia

Quais são as carreiras que não sofreram os efeitos das crises? Que profissões estão em alta no momento? Conhecimento realmente me fará regressar no mercado de trabalho? Qual curso de graduação devo fazer? Quais especializações devo realizar? Posso virar Docente após anos de experiências empresariais e técnicas? Esses sem dúvida são os maiores questionamentos que recebo diariamente de meus alunos, amigos e clientes.

Cito algumas profissões e cursos que estão em alta no momento, e que possuímos uma demanda emergente de profissionais. As profissões novas como Empreendedor Digital, Gestor de Conteúdo, Social Media, Docentes de EAD, Designer, Publicitários, Gestores de Projeto, Gerente de E-commerce, estão na contramão da crise e em pleno vapor. Não esquecendo de citar a Administração, Advocacia, Odontologia, Medicina (tradicional e alternativa), Tecnologia da Informação, Mercado Imobiliário e Recursos Humanos que ficam a margem de qualquer crise financeira.

Hoje a demanda que antes era gerada por grandes empresários e/ou consultorias e suprida por inúmeros profissionais, hoje surge de donas de casa, estudantes, professores, instituições de ensino, empresas, autarquias, celebridades e governo. E para suprir esses nichos onde a formalização do trabalho está dando lugar à informalidade, algumas especializações se fazem necessárias. Tais como o Especialista em Gestão de Crise e Comunicação Digital, que é o profissional que é da área de comunicação organizacional, relações públicas, assessor de comunicação, marketing e publicidade e atua para gerar uma comunicação integrada nas redes sociais e irá gerar informação e conteúdo consistente para posicionar, fortalecer a imagem, vender produtos, serviços ou marcas; bem como gerenciar o relacionamento da empresa com seus públicos alvo. E saberá Qual a melhor forma de lidar com um comentário negativo? Ou como reverter uma postagem mal feita? Após a notícia gerada, não sabemos onde será o seu destino é impossível realizar sem impacto no ambiente virtual “desfazer a postagem” ou conseguir “desvisualizar a informação”.

Outra função e especialização que está em alta é a de Gestão, Tecnologia e Inteligência Competitiva, pois vivemos a era dos empreendedores digitais, “pseudo” gestores de empresa, e de uma infinidade de cursos que ensinam fórmulas mágicas, de como enriquecer trabalhando apenas 4hs por dia, iniciando um negócio perfeito do zero e sem experiência alguma na área.

Nós que possuímos conhecimento em administração entendemos que sem um bom plano de negócio uma empresa não é construída, nem se perpetua por anos e principalmente nos tempos de crise.

É imprescindível que o novo gestor entenda as competências necessárias para as atividades atuais ou que adote novos modelos de gestão. Compreenda que para desenvolver e ampliar seu próprio negócio, e liderar uma equipe através do seu exemplo é preciso utilizar-se das ferramentas de BI (Business Intelligence). Focando na Tecnologia da informação e nos aspectos relacionados a modelagens de apoio a Inteligência Competitiva.

Vivemos em uma sociedade em rede e cada vez mais movida por contínuos processos de mudanças, gerados pelos avanços científicos e tecnológicos, pela valorização do conhecimento, das competências, da autonomia, da iniciativa e da criatividade. Tempos de mudanças também na educação, em especial pela expansão das redes sociais e cibercultura. A tecnologia está cada vez mais presente no cotidiano das pessoas, assim como na educação. Segundo LÉVY, PIERRE (2013) estamos vivendo o início de uma transformação cultural, em que a forma de construir o conhecimento é colaborativa. Isso tem muito haver com os processos da educação, pois enquanto educadores precisamos nos apropriar desta cultura digital, para compreender o universo dos estudantes. Portanto, é importante que os professores conheçam e usem as ferramentas virtuais em benefício da educação. As novas tecnologias e abordagens pedagógicas estão transformando o papel do professor em sala de aula e não temos mais como ignorar isso. Reconhecer que o uso eficiente das tecnologias em educação depende de novas posturas pedagógicas, de caminhos que proporcionem a interação da escola com o mundo e suas mais variadas instâncias sociais;

Explorar o espaço propiciado pela internet, elaborando estratégias para utilizá-lo de maneira proveitosa, apoiando a localização de informações, a interação dos sujeitos e a construção coletiva do conhecimento;

Apresentar as novas terminologias na educação digital e a importância da construção do conhecimento por meio da aprendizagem colaborativa; Reconhecer que o modelo de educação a distância gera aprendizagem flexível à construção do saber;

É inegável que as TICs (tecnologias da informação e comunicação) se espalham por todo o tecido social, tornando-se cada vez mais presente nas escolas tanto por intermédio de uma educação informal, aquela que os atores trazem para dentro da Unidade Escolar e também através de políticas públicas voltadas para a inclusão digital nos laboratórios de informática por meio de programas governamentais.

Mesmo compreendendo que estamos distantes do modelo eficiente de inclusão digital que privilegie a todos independente da sua classe social, estamos avançando mesmo que em passos lentos no que se refere ao processo de informatização das escolas, nesse enfoque cabe ressaltar que a Especialização Em EAD e Novas tecnologias, entende e qualifica os docentes de forma pedagógica para auxiliar e consolidar o processo de ensino-aprendizagem dos educandos.

Lembrando que todas as funções e oportunidades citadas serão possíveis de se alcançar, escolhendo a carreira correta, os cursos corretos e o programa de mentoring, adequado, voltado para a concretização pessoal de sonhos e metas e não apenas voltada a conquistar clientes.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento