Como irritar um Selecionador

Nos últimos tempos venho notado que muitos selecionadores estão acrescentando alguma frase do tipo envie seu CV apenas se estiver dentro do perfil solicitado, não panflete seu currículo. Embora a razão seja clara parece que alguns candidatos não entendem o que se quer dizer com isso, então me surgiu a idéia deste artigo que em um título mais completo se chama Como irritar um Selecionador ao invés de conseguir um emprego. Esta é uma história para candidatos de todos os gêneros. Em tempos em que se fala sem se colocar no lugar do cliente é imprescindível que o candidato se coloque no lugar do selecionador para conseguir uma nova oportunidade. Outro dia meu amigo Henrique, um head hunter low profile, me solicitou uma ajuda para identificar um profissional para uma posição de Assistente de Controladoria de uma empresa de varejo. As exigências eram: - Superior completo ou em curso em Ciências Contábeis. - Residir na cidade de São Paulo. - Conhecimento de microinformática, sobretudo Excel. - Enviar CV com carta de apresentação e pretensão salarial para e-mail X somente até dia Y. Simples e objetivo, nada daquelas exigências irreais que muitas empresas fazem até sem precisar. Divulguei a vaga em 6 ou 8 listas sobre o tema e para alguns colegas da área. Pois bem, adivinhem o que aconteceu? Aconteceram apenas 400 CV's! E o Henrique, coitado, parou todas as outras atividades que são seu ganha pão para triar curriculums. Ele foi específico ao solicitar Ciências Contábeis, mas não faltou Economia, Direito, Informática, Engenharia e até outros menos ortodóxicos como Biologia, Nutrição e Educação Física. Ingênuo o candidato que perdeu seu tempo entupindo a caixa do consultor achando que talvez dê. Item 2, residir na cidade de São Paulo. É obvio que a empresa contratante por alguma razão, seja por custo, qualidade de vida ou por qualquer outro fator quer apenas candidatos do município. Porém apareceram corajosos dispostos a pegar 80km de estrada todo o dia para a tal vaga, outros até de estado diferente. Preciso dizer para onde foram estes CV's? Metade. Sim! Metade dos 400 foram pra lixeira apenas por estes 2 requisitos. A vaga em controladoria requer atenção a detalhes. Porém, outros 50 candidatos simplesmente não se deram ao trabalho de ler o anúncio e escrever a tal carta de apresentação e outros tantos não quiseram colocar sua pretensão salarial, será que à combinar cola? Em um universo tão grande de descuidados e com tantos mais atentos, outra leva de currículos foi descartada. Ai o consultor, com 300 CV's a menos, começou a ver o histórico profissional dos candidatos. E ai tinha o pessoal esperançoso, o desesperado e o fora da realidade. O esperançoso, neste caso, é aquele que nunca ouviu falar em Controladoria. Manda o CV mesmo assim, quem sabe não é alguma coisa que eu já fiz. O desesperado é aquele que já tem experiência de Chefe, Supervisor e até Gerente, mas está fora do mercado e com as contas acumulando está topando qualquer negócio, até enviar CV para vaga de assistente. Pena que os consultores acreditam que esse qualquer negócio é apenas até a coisa melhorar e que esse quebra galho é sempre mais despesa que lucro pra empresa. O fora da realidade é aquele que até tem experiência para a vaga de Assistente, mas está pedindo salário de Analista para cima. Outro tipo de fora da realidade é aquele que só tem experiência como estagiário e quer concorrer a vaga de gerente. Via de regra um consultor seleciona para um determinado cargo alguém com experiência naquele cargo ou um nível abaixo. Por exemplo: Veja esta tabela: Nível de Liderança - Diretor - Gerente - Supervisor Nível Profissional - Analista (normalmente dividido em Jr, Pl e Sr) Nível de Aprendizado - Assistente - Auxiliar - Estagiário Para esta vaga de Assistente de Controladoria a maioria absoluta dos selecionadores vão reter apenas os CV's de quem foi Assistente ou Auxiliar. Resumo da Ópera: Meu colega Henrique chegou aos 20 Curriculum's finais para dinâmicas e entrevistas. O problema é que ele demorou 2 dias para isso. Se os candidatos tivessem bom senso ele teria demorado 40 minutos. Chamados os candidatos e aplicado o teste de Excel (que todos diziam conhecer) o grupo foi reduzido à metade. Uma entrevista individual concluiu o processo. O incrível é que de 400 CV's apenas 10 estavam realmente dentro dos requisitos da vaga. E, é claro, mesmo tendo informado a data final do processo ele continuou recebendo CV's por dias, semanas e até meses; para a vaga em Controladoria e para outras nunca solicitadas. Então, meu amigo, minha amiga, agora de você sabe como é feita uma triagem de CV's, antes de enviar o seu avalie se realmente a vaga é compatível com suas qualificações. Senão, além perder seu tempo, você estará prejudicando o trabalho de seu colega: o profissional de seleção.
ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.