Como construir uma vida rica com prosperidade e espiritualidade

O que você acha de conseguir unir em sua vida o melhor das riquezas materiais e ainda conseguir se tornar uma pessoa cada vez mais espiritualizada e de valores elevados? Isso é possível. E neste artigo você encontrará a base para alcançar este objetivo

Decidi escrever este artigo porque Prosperidade e Espiritualidade são dois assuntos da mais elevada importância para o progresso e desenvolvimento humano e, apesar disso, não são bem compreendidos pela maioria das pessoas. Embora estes dois assuntos possuam uma forte relação entre si, a maioria das pessoas os veem em lados opostos, acreditando que se temos um não podemos ter o outro.

Convido você a continuar lendo o texto e entender como devemos agir para ter prosperidade e espiritualidade lado a lado em nossa vida.


Definições e Conceitos

Definindo os termos, a palavra "prosperidade" vem do latim "prosperitate" que, por sua vez, significa estado ou qualidade de próspero, feliz, abastado, que está em plena ascensão. É um conjunto de situações envolvendo saúde física, mental, financeira, ambiental e social. É uma pessoa saudável em todas essas áreas da vida. (Dicionário Informal)

Já a palavra "espiritualidade" representa a crença na existência de algo espiritual, divino, angelical e a busca pelo desenvolvimento desse algo espiritual que existe em cada um de nós. Espiritualidade representa a fé em algo maior, num ser divino, seja ele Deus, Jesus, Buda, Espírito Santo, o Universo, o Criador, o Grande Arquiteto.


Referenciais de Prosperidade e Espiritualidade

Quando se fala em Prosperidade e Espiritualidade é interessante observar que as pessoas realmente prósperas, são também pessoas altamente espiritualizadas. Para quem gosta de ler, recomendo os livros de Napoleon Hill, de Wallace Wattles, de Anthony Robbins, de Charles Haanel, de Robert Kiyosaki e de Harv Eker. Basta uma leitura inicial das obras destes grandes mestres e logo se nota o quanto são pessoas espiritualizadas e também prósperas no mais amplo sentido da palavra, inclusive o material.


Crenças Limitantes

É muito comum encontrarmos pessoas que acreditam que espiritualidade e prosperidade material não podem ser encontradas no mesmo indivíduo. Muitas destas pessoas têm a crença de que o dinheiro é algo ruim e que todo rico é explorador ou ladrão, e isto não é verdade. Existem muitas pessoas pobres e desonestas, assim como existem muitas pessoas ricas e honestas e vice-versa.

O dinheiro em si não tem o poder de fazer uma pessoa se tornar boa ou má. O dinheiro, na prática, é apenas uma ferramenta que serve para comprarmos produtos ou serviços, e nada mais. Se hoje não existisse o dinheiro, ainda estaríamos vivendo no sistema de trocas como era feito antes de sua criação. O dinheiro surgiu para facilitar as compras de mercadorias e serviços a partir do momento em que a sociedade começou a ficar grande demais para continuarem no antigo sistema de trocas.

Apesar do dinheiro não ter o poder de mudar uma pessoa, ele tem o poder de fazer as pessoas revelarem as suas características mais intrínsecas. Ou seja, uma pessoa com tendências à desonestidade e egoísmo, com muito dinheiro, tende a se tornar ainda mais desonesta e egoísta. Por outro lado, uma pessoa honesta e generosa, com muito dinheiro, tende a se tornar ainda mais honesta e generosa. Ou seja, o dinheiro não muda as pessoas, apenas ajuda a revelar o que elas realmente são por dentro naquele momento.


Leis Espirituais e Universais

Para entender um pouco melhor a relação entre Prosperidade e Espiritualidade, precisamos conhecer algumas Leis Espirituais e Universais fundamentais para este desenvolvimento.

Primeiramente, segundo a Lei de Causa e Efeito, tudo que temos e acontece em nossa vida é resultado de algo que foi feito no passado. Ou seja, quando se fala em dinheiro e prosperidade material, devemos entender que riqueza é fruto de sementes que foram plantadas no passado. Estas sementes podem ter sido trabalhos realizados, investimentos, apostas na loteria, prêmios conquistados, uma herança recebida, um seguro, etc. Em outras palavras, o importante aqui é entender que prosperidade não vem do nada, para prosperar é preciso plantar as sementes certas, no melhor terreno e cuidar dar melhor forma possível.

A segunda Lei que precisamos compreender é a Lei da Doação, que ensina que quanto mais doamos algo, mais recebemos dessa mesma coisa. As pessoas prósperas entendem bem esta Lei e procuram sempre fazer doações para ajudar outras pessoas a se desenvolverem, melhorarem em algum aspecto e progredirem em suas vidas.

Um detalhe importante desta Lei, é que quando se fala em doação, doamos não apenas bens materiais, mas também a nossa energia, o nosso tempo, a nossa atenção, nossas emoções, o nosso conhecimento e nossas atitudes em geral. Na Bíblia lê-se "dai e receberás", o que também é conhecido como Lei do Retorno, ou seja, aquilo que fazemos ao próximo retorna para nós mesmos.

Em outras palavras, não devemos doar algo de má vontade, pensando em obter benefício próprio com isso, e sim, realmente doar por amor ao próximo, com a intenção de ajudar outras pessoas. Aquilo que doarmos em essência é o que receberemos de volta no seu devido tempo.

Só consegue doar algo para o próximo quem tem em abundância para si mesmo. Daí, quando você faz uma doação, você envia para o Universo a mensagem de que você já é uma pessoa próspera e que tem algo em abundância, e aí, neste momento, você ativa a ação de uma outra Lei em sua vida, a Lei da Ressonância.

A Lei da Ressonância (popularmente conhecida como Lei da Atração ou Lei da Vibração) ensina que energias semelhantes se atraem. Logo, se você age como uma pessoa próspera, sua energia vibra numa frequência de prosperidade e o efeito disso é que você atrai mais prosperidade para a sua vida. De outro modo, quando você está sempre temendo a escassez e evitando ajudar outras pessoas por medo da doação lhe fazer falta, o efeito desta atitude é justamente atrair para a sua vida aquilo que você teme.

Uma das Leis Universais mais importantes e que merece uma especial atenção, é a Lei da Gratidão. Esta Lei nos ensina que devemos ser gratos por tudo o que temos em nossa vida, especialmente prosperidade em cada área da vida. Não conseguimos nada sozinhos, sempre recebemos algum tipo de ajuda, seja de forma direta ou indireta.

Quando agradecemos por algo, estamos agradecendo a energia que recebemos e também enviamos ao Universo a mensagem de que já possuímos tal coisa, já recebemos. O efeito disso é que acabamos recebemos mais daquilo pelo que somos gratos, por termos vibrado na frequência de quem já possui.


Considerações Finais

O mandamento número 1 da Bíblia nos ensina que devemos amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos. Quanto mais espiritualizada é a pessoa, mais ela sente uma forte necessidade de colocar este ensinamento em prática e vivê-lo diariamente em sua vida. Desta forma, entende-se que para amar o próximo, precisamos antes praticar o amor próprio, e quando praticamos o amor próprio, podemos ajudar cada vez melhor o nosso próximo.

No mundo em que vivemos, uma pessoa próspera em todos os sentidos, tem muito mais condições e recursos para dar o melhor para si para si mesma. Esta pessoa próspera, sendo também uma pessoa espiritualizada, terá naturalmente o desejo de praticar o amor ao próximo e já terá os recursos necessários para fazer isto da melhor e mais ampla maneira possível.

Concluindo, quando entendemos estes princípios e relações entre Prosperidade e Espiritualidade, vemos que quanto mais nos desenvolvemos e progredimos em um aspecto, mais devemos também buscar o nosso desenvolvimento e progresso no outro. Quanto mais espiritualizados nos tornamos, mais devemos e desejamos praticar o amor ao próximo e a nós mesmos. E quanto mais gratos somos, mais nos tornarmos prósperos e mais recursos temos para colocar este ensinamento em prática e darmos bons exemplos daquilo que acreditamos e pregamos em nossa vida.


Agora reflita um pouco sobre as seguintes questões:

O que você tem feito em sua vida para se tornar uma pessoa cada vez mais próspera? E espiritualizada? O que mais você pode fazer? Quando você irá fazer? Se precisar de ajuda, onde, como ou com quem você pode conseguir?

A sabedoria está em colocar em prática o aprendizado adquirido e a melhor hora de entrar em ação é sempre o momento presente, aqui e agora. Portanto, mãos à obra e desde já, Muito Sucesso e Prosperidade para você e toda a sua família.

Muito Obrigado, Muito Obrigado, Muito Obrigado!!!

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento