Como conseguir mais lucro com o quadrado da lucratividade
Como conseguir mais lucro com o quadrado da lucratividade

Como conseguir mais lucro com o quadrado da lucratividade

São apenas quatro pontos fundamentais, que se bem consolidados e praticados, podem elevar o nível de seus projetos e conduzir você a tão sonhada liberdade profissional. Ficou curioso? Então fique comigo nesse artigo e descubra como conseguir mais lucro usando este método

Já ouviu falar no quadrado da lucratividade? Trata-se de 4 modelos de negócios que compõem a base para as ideias que podem ser bem sucedidas, principalmente no empreendedorismo digital. E ao contrário do que possam pensar, não é nenhuma teoria mirabolante, ou um sistema cheio de traços e incógnitas complexas.

São apenas quatro pontos fundamentais, que se bem consolidados e praticados, podem elevar o nível de seus projetos e conduzir você à tão sonhada liberdade profissional. Ficou curioso? Então fique comigo nesse artigo e descubra como conseguir mais lucro usando este método!

Antes de tudo…

Você sabe como conseguir lucro?

É preciso antes de qualquer coisa, saber exatamente onde você está inserido no mercado. Irei listar agora 4 estilos de profissionais que se espalham no mundo dos negócios, sejam eles pequenos ou grandes. A ideia é que você descubra em qual grupo você se encaixa.

#1. Empregados

O primeiro grupo é formado por indivíduos que estão sempre em busca de um emprego seguro, com a carteira assinada, benefícios, promoções e um contracheque considerável. Os menos exigentes desta classe costumam se contentar com pouco e estão sempre reclamando de tudo.

Os mais relevantes, porém, até se esforçam. Estudam, criam um bom currículo, adquirem experiência e agregam e acabam crescendo em seus setores. Mas a verdade é que estes profissionais acabam formando o que os americanos chamam de: "A corrida dos ratos”.

Estes estão sempre correndo atrás de um salário para pagar as contas no fim do mês. Nada de lucro, apenas salário!

#2. Autônomos

O segundo grupo forma uma evolução do primeiro. É formado por pessoas que não se contentam apenas com o salário no fim do mês e por isso criam seu próprio sistema de trabalho. Costumam se basear no conceito: “Se quiser fazer direito, faça você mesmo”.

A principal desvantagem de ser autônomo é que a falta de recursos também costuma se fazer presente, mas para eles, isso é compensado com a estabilidade garantida, mesmo na incerteza de um futuro bom. Afinal, dá para pagar as contas e viver na desejada classe média, mesmo que na baixa.

Os autônomos, mesmo que inconscientemente, acabam o obtendo lucro que seus sistemas de negócios garantem.

#3. Donos de negócios

A terceira classe de profissionais tem um dose dos mais cobiçados estilos de trabalho. Muita gente que deseja entrar para esse grupo usa a famosa frase: "melhor ser patrão do que empregado", ou, "melhor gerar emprego do que ter um emprego". Isso faz todo o sentido.

Ser um pequeno ou médio empresário é poder criar e executar boas ideias e escalar negócios lucrativos. São os empresários que formam o setor de empreendedorismo, gerando emprego e movimentando economia mundial.

Os donos de negócios fazem extrema diferença no mundo, porque têm chance de alcançar lucro expressivo!

#4. Investidores

O quarto e último estilo de vida são os "reis do ouro". Estão no topo do capitalismo. Costumam ser profissionais extremamente inteligentes. Desenvolvem visão de águia para os negócios e aprendem a enxergar oportunidades de longe.

Têm o olfato aguçado e sentem o cheiro do sucesso. São capazes de vibrar antecipadamente diante de uma nova ideia. Emprestam, vendem ou alugam sua experiência e seu próprio dinheiro para coisas que possam fazer a diferença no mundo.

Os investidores criam um cultura de lucro em sua forma mais elevada!

Já conseguiu se identificar? Em qual grupo você está atualmente? Pensa em mudar de estilo? Se sim, qual deles você escolheria? Enquanto você vai decidindo, apresento agora o...

Quadrado da lucratividade do Marketing Digital

Isso que irei te revelar agora ficou escondido por muitos. Há décadas empreendedores estão se valendo deste método para empreender e ganhar dinheiro. Mas a verdade é que poucos decidiram revelar. Você pode perguntar: "se é um segredo, por que você está me dizendo?"

Porque acredito que isso pode tomar uma proporção imensurável, provocando impacto no Brasil e no mundo. Muita gente de fato não quer que você saiba disso, talvez pelo desejo de serem os donos desse segredo.

Mas eu não me importo com isso e promovo o conceito de forma livre e gratuita... Parece loucura, e, talvez seja mesmo. Mas está dentro do meu propósito, que é projetar a vida dos outros, ajudar a desenvolver negócios digitais e fazer a diferença no mundo.

Por isso é preciso que você esteja bem atento para absorver e consolidar o que este quadrante representa. Está pronto? Então descubra agora como conseguir lucro de verdade!

Todo negócio digital bem sucedido se vale dos quatro pontos principais para a geração de receita. E a base para que isso funcione parte de dois princípios: escala e replicação. Guarde bem essas palavras... Escala e Replicação. Guardou?

Conheça agora o tão falado quadrado da lucratividade:

#1. Serviços

Os serviços formam a parte mais lucrativa de um negócio digital de sucesso. Você só precisa tomar cuidado, pois eles podem tomar muito o seu tempo. E tempo, como costumo sempre destacar, é o bem mais precioso que um empreendedor pode ter.

Os serviços tendem a ser muito bem valorizados no ambiente digital e, se bem executados, podem gerar milhares ou milhões de reais em apenas um projeto. Ou seja, o salário não precisa ser conseguido depois de um mês corrido e o lucro vem muito mais rápido.

Alguns tipos de serviços:

- Consultoria

- Assessoria

- Criação

- Desenvolvimento

- Coach

#2. Produtos digitais

Alguns chamam a indústria de produtos de ‘A Mina de Ouro dos Negócios da Internet’. O interessante dessa ponta do quadrado é que qualquer pessoa com algum conhecimento pode criar e obter lucro. Isso mesmo, não precisa ser especialista, bastando ter experiência e um conhecimento razoável para passar.

Veja alguns formatos de produtos digitais:

- Planilhas

- E-books

- Cursos

- Congressos

- Documentos

- Softwares

- Aplicativos

- Outros conteúdos

#3. Sistema de Assinaturas

O terceiro lado do quadrado é uma proposta que se bem aplicada, também pode gerar lucro considerável para um empreendedor. Os setores de assinaturas têm crescido potencialmente no marketing digital e muitas pessoas estão se valendo desta tática para fomentar seus negócios. Afinal, esta é uma forma bastante inteligente de escalar um negócio. Posso citar como exemplo duas empresas renomadas no setor: MeuSucesso.com e Welabs.

Alguns tipos de assinaturas:

- Assinatura em sites segmentados

- Assinatura em grupos fechados

- Assinatura em um curso digital

- Assinatura em um treinamento de alta performance

- Assinatura em um pacote de conteúdo

- Assinatura em uma lista de e-mail

#4. Marketing de Afiliados

O quarto e último lado do quadrado é o mais fascinante sistema de lucro para novos empreendedores. Marketing de Afiliados, ou Programa de Afiliados nada mais é do que você se afiliar e vender um produto produzido por outra pessoa. Este é um sistema que permite o sucesso somente com as vendas e aplicação de táticas inteligentes de marketing.

Para que esse processo seja posto em prática, basta o produtor disponibilizar a afiliação. Aí você se torna um representante direto do que ele criou e receberá comissões consideráveis sobre o volume de vendas feitas a partir das estratégias executadas.

Fechando

Enfim, caro leitor, você acabou de conhecer o quadrado do lucro, ou quadrado da lucratividade. Talvez você possa estar se perguntando: mas como eu posso usar esses recursos e dar vida ao meu tão sonhado projeto?

A resposta geral é: de muitas e muitas formas. Mas isso não dá para ser falado em apenas um artigo. Por isso aconselho que se mantenha conectado ao Administradores e acompanhe meus próximos artigos.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento