Como calcular a rentabilidade de um investimento

A rentabilidade líquida pode surpreender muitas pessoas

Há algum tempo eu fiz um vídeo mostrando como funcionam os principais investimentos de renda fixa, como poupança, CDB (Certificado de Depósito Bancário), LCI (Letra de Crédito Imobiliário), LCA (Letra de Crédito do Agronegócio), Fundos de Investimentos e outros.

Esse vídeo gerou uma dúvida bastante pertinente, em relação a como de fato podemos calcular a rentabilidade líquida das opções de investimentos e assim decidir qual o melhor naquele momento.

Muitos investimentos são tributados e podem ter até outras taxas que incidem sobre os rendimentos, fazendo com que o investidor perca a sua rentabilidade optando por determinado tipo de investimento sem uma boa orientação.

Isso me fez criar outro vídeo, ao final deste artigo, em que eu mostro um exemplo clássico de dois tipos de investimentos e como podemos fazer para calcular a rentabilidade de cada um e então poder optar por aquele que trará o melhor retorno.

Vamos a um exemplo:

1
Tipo de investimento: CDB
Prazo de investimento: 1 mês
Rentabilidade informada: 90% do CDI

2
Tipo de investimento: LCA
Prazo de investimento: 1 mês
Rentabilidade informada: 85% do CDI

Os dois tipos de investimentos do exemplo são bem parecidos, do ponto de vista prático, para o cliente. Quando se vai a um banco fazer esses investimentos, normalmente não são prestadas todas as informações a respeito de cada produto de investimento, podendo levar o cliente a concluir que o que dá maior percentual do CDI(como no exemplo) é o melhor, mas sabemos que não é bem assim.

No vídeo sobre investimentos eu falo sobre a tributação nos CDBs, que vai de 22,5% a 15% sobre os rendimentos.
Resgatando com 1 mês, incidirá sobre o rendimento do CDB 22,5% de imposto de renda, corroendo parte da rentabilidade.Veja no exemplo:

Supondo que o CDI do último mês fechado tenha ficado em 1,15%
Percentual pago no CDB - 90% = 1,15 * 90/100 = 1,035% ao mês (rentabilidade bruta).
Imposto de renda no CDB 22,5% = 1,035 * (1-22,5/100) = 0,77% ao mês.

Veja que a rentabilidade líquida do CDB foi de 0,77%. Se calcularmos a rentabilidade do LCA, temos: 1,15 * 85/100 = 0,9775% ao mês.

Nesse caso a LCA ganha em rentabilidade.

É importante ter em mente que existem outros fatores a serem analisados, por exemplo, a carência para resgate. A LCA normalmente tem prazo mínimo para resgate, o que não ocorre na maioria dos CDBs.

Em alguns casos o CDB pode se tornar mais atrativo do que a LCA. Por isso é preciso analisar sempre a rentabilidade líquida de cada um, considerando o prazo de investimento, tributação e todas as demais variáveis que influenciam no retorno do investimento.

Assista abaixo ao exemplo passo a passo, em vídeo:

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento