Café com ADM
#

Como apresentar os resultados para seus clientes - 3 partes de um documento de métricas

Neste post falarei um pouco das 3 divisões básicas essenciais em um documento de resultados para o marketing digital.

No último texto falei um pouco sobre a diferença entre dados e informações e como é importante a análise dos dados em seu relatório, ou seja, não é apenas montar um documento cheio de números e gráficos, mas entender a razão daqueles dados e como eles afetam a presença e o negócio do cliente.

Já neste post falarei um pouco das 3 divisões básicas essenciais em um documento de resultados, são elas:



Apresentação de Dados. Análise.Estratégias a serem adotadas.


A Apresentação de Dados é a mais fácil de fazer. Defina algumas métricas ( falarei no próximo artigo) junto com seus clientes que podem ser: Quantidade de conversões, acessos, engajamento, seguidores ou outras.


Use uma boa ferramenta de monitoramento que seja o Analytics no caso de informações das páginas, ou Scup/Radian6 no caso das redes sociais, ou outras dependendo da sua ação.

Estas ferramentas irão te dar os principais resultados de sua ação que seja uma campanha, um post ou outro, mas como sempre reforço, só os números não servem de muita coisa para os clientes.

A Análise consiste basicamente em cruzar todos os dados e transformar em alguma informação relevante para o cliente.

Esta área de inteligência digital é uma das que mais crescem no mercado. Com esta quantidade gigante de dados gerados todos os dias, se destacam aqueles que conseguem olhar por detrás desta muralha e enxergar alguma oportunidade de negócio que realmente converta em resultados.

Cruzar as variáveis da Dashboard do Analytics pode gerar resultados superficiais, é preciso, cruzar com outras ferramentas, estatísticas de dados passados, informações do negócio e aplicar um pouco do conhecimento e experiência do profissional.

Estratégias a serem adotadas é a parte final do documento em que todos os insights encontrados são convertidos em ações para o próximo período da campanha digital.

Por exemplo, analisando os dados foi possível descobrir que apenas os usuários do Twitter da marca têm uma relação positiva a informações sobre um determinado produto, enquanto no Facebook os usuários não gostam nem de ouvir falar sobre o mesmo.

Aprofundando ainda mais sua análise você descobriu que a faixa de idade no seu perfil de Twitter é mais jovem do que no Facebook e que a forma de comunicação utilizada pela agência atualmente não está agradando nenhum destes grupos.

Assim você irá apresentar ao seu cliente estes dados e sugerir uma mudança na forma de falar nos perfis sociais, gerando conteúdo jovem no Twitter, um conteúdo com um tom mais maduro no Facebook e mesmo assim nos próximos períodos o monitoramento continua, pois estas variáveis podem mudar pedindo uma nova alteração na estratégia.


Isto não é fácil, mas é o papel básico de qualquer planejamento ou estrategista digital. Encontrar as variáveis que melhor convertem na presença online e sugerir ao cliente e equipe que estas sejam colocadas em prática.

No próximo texto falarei algumas das principais métricas para negocio B2B e B2C.

ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.