Como a Cultura Corporativa influencia o desenvolvimento profissional

A Cultura Corporativa é um dos temas mais importantes para pensar em seu desenvolvimento profissional dentro da empresa onde se encontra.

A Cultura Corporativa é um dos temas mais importante para pensar em seu desenvolvimento profissional dentro da empresa onde se encontra.

Muitos profissionais as vezes esquecem de olhar para a Cultura Corporativa com profundidade e congruência, ela será o condutor da forma como a sua atividade e performance serão consideradas.

Quando você está em uma empresa que tem afinidade com seus valores e práticas, sua vida profissional fluirá com resultados sólidos, pois a compreensão do que realmente é valorizado e como essa valorização é comunicada.

Por isso sempre nos processos que desenvolvo dedico uma atenção especial a Cultura Corporativa como o grande definidor de todas as outras ações de desenvolvimento e estratégias.

A Cultura Corporativa é parte essencial de uma estratégia corporativa e os colaboradores tem isso organicamente acontecendo todos os dias, basta observar.

Primeiro passo para conhecer a Cultura Corporativa: ler o que é divulgado é uma parte valiosa, quando consideramos o que está escrito e também vastamente praticado pela liderança e condutores da organização?

Ter coerência de discurso com prática é um dos principais desafios, costumo orientar meus clientes corporativos e decisores que se o discurso estiver distante da prática vale aqui uma lição de casa, organizar para que haja proximidade será fator de valor a médio e longo prazos.

Cultura congruente deixa a organização com maior valor para os colaboradores, clientes, parceiros, fornecedores e acionistas.

Quando há simetria, você como colaborador pode avaliar se está no lugar adequado.

Inexiste cultura certa ou errada, existe sim encontro de objetivos, de valores e práticas e a felicidade de um profissional passa por esse item, eu inclusive afirmaria que ele é decisivo na felicidade profissional de alguém, estar onde há espaço para realizar o que se acredita!

Muitos profissionais ficam tentando mudar uma cultura corporativa por não concordarem com as decisões do corpo diretivo, isso é demandador, muito mais saudável seria buscar uma empresa que tem "fit" com sua forma de pensar.

Quando um profissional passa a reclamar e colocar toda responsabilidade do seu insucesso ou insatisfação no ambiente é hora de criar um movimento mais responsivo, avaliar se realmente é o ambiente que está ao revés ou sua visão difere da visão da organização.

Pois quando há sinergia o profissional não reclama se vitimizando, ele arregaça as mangas e busca se movimentar no fluxo da organização e ao mesmo tempo mostra seu ponto de vista com assertividade e confiança interna e externa.

Certamente nessa segunda forma há "fit" entre a Cultura Corporativa e os valores e objetivos do profissional.

Essa leitura tornaria a vida de muitos mais simples, eu sempre opto por caminhos que simplifiquem, assim nosso cérebro age melhor, ao invés de complicar e complicar-se no dia a dia.

A maturidade é também relevante para distanciar-se e olhar o cenário menos emocional e com um olhar mais produtivo.

Outro dia tive uma reunião com um profissional que esta numa empresa com uma Cultura paternalista e que valoriza o tempo de casa como fator importante para desenvolver e promover.

O profissional estava inconformado com a forma de condução do seu gestor diante de toda sua entrega e empenho, porém seu tempo comparado ao dos colegas era muito menor. O seu gestor seguia um critério para desenvolver e promover , avaliando os mais antigos com capacidade e entrega.

Seu reconhecimento certamente iria acontecer, porém sua desmotivação e críticas com o modelo estavam impedindo de realizar.

Sua expectativa é de ter um ambiente e gestor meritocrático e sem considerar o tempo de casa, a Cultura Corporativa é diferente da sua visão.

Ele pode colocar o que acha da prática atual ou conversar com seu gestor, porém os critérios foram comunicados com transparência e optar em sofrer com eles é um desperdiço de energia produtiva.

Então tenha sua lista de valores e seus objetivos profissionais definidos e sua margem de flexibilizar também, afinal poder ser flexível torna todo profissional mais interessante. Quando se tem essa visão fica muito simples avaliar a Cultura Corporativa e o quanto há simetria e espaço para um excelente relacionamento, para que ambos ganhem nessa relação que vivemos tantas horas e grande parte de nossas vidas!

ExibirMinimizar
Digital