Coaching/Mentoring

O Coaching/mentoring é uma fase evolutiva das técnicas de treinamento. Resumidamente, as técnicas de treinamento evoluíram na seguinte ordem: Técnico, como fazer; Gerencial, como planejar, comandar e controlar; Interpessoal com ênfase na comunicação e posteriormente no feedback; Até essa fase “dividia-se o ser humanos em duas parte: o pessoal e o profissional. Veio o enfoque intrapessoal, do ser holístico. Resgata-se o coaching/mentoring do século V antes de Cristo, para se concentrar na interação do Ser Humano com a ecologia e com sua responsabilidade de contribuir para o lucro, a segurança e o desenvolvimento das organizações com qualidade de vida para todos os atores intervenientes.

O Coaching/mentoring é uma fase evolutiva das técnicas de treinamento. Resumidamente, as técnicas de treinamento evoluíram na seguinte ordem: Técnico, como fazer; Gerencial, como planejar, comandar e controlar; Interpessoal com ênfase na comunicação e posteriormente no feedback; Até essa fase dividia-se o ser humanos em duas parte: o pessoal e o profissional. Veio o enfoque intrapessoal, do ser holístico. Resgata-se o coaching/mentoring do século V antes de Cristo, para se concentrar na interação do Ser Humano com a ecologia e com sua responsabilidade de contribuir para o lucro, a segurança e o desenvolvimento das organizações com qualidade de vida para todos os atores intervenientes.
. Os treinamentos tradicionais e as avaliações 360º são relevantes, mas não suficientes para agregar valor e criar o diferencial competitivo que faça a diferença. Nesse cenário, é que o Coaching/Mentoring se prolifera como técnica que, contribui para manter as organizações vivas, lucrativas e em condições de oferecer qualidade de vida para seus colaboradores.

Sabemos que o recurso mais limitativo são pessoas competentes e orientadas para resultados e dispostas a construir equipes produtivas



Coaching/Mentoring - objetiva o desenvolvimento do indivíduo como pessoa e como profissional de forma a que tenha alto desempenho orientado para a construção do lucro, da segurança e do desenvolvimento, incluindo a qualidade de vida de todos os agentes envolvidos. Sem dúvida, reumaniza o trabalho, construindo relacionamentos confiáveis, ao mesmo tempo em que cria a consciência de que o primeiro e mais relevante objetivo social de uma empresa é o LUCRO, sem descuidar-se da SEGUNRAÇA e do DESENVOLVIMENTO.


Este conceito deu origem à metodologia utilizada no trabalho de coaching/mentoring que utilizo. Foi desenvolvida depois das seguintes indagações: por que os treinamentos e as palestra motivacionais tinham baixo nível de operacionalização? Entre, variados motivos destaco os seguintes:


1 A ausência de discussão sobre conceitos como, por exemplo: conceito de homem, de poder, de política, de gerência, de bom senso, de controle, de feedback, de motivação, de mudança. Como o erro é percebido pela cultura da organização, etc. Os conceitos modelam o pensamento e, nele tem origem as ações humanas.
2 A grande maioria dos consultores ou treinadores assume, equivocadamente, que todos os agentes organizacionais possuem uma equilibrada relação eu x eu.
3 O foco predominante é a tarefa, o processo ou a organização e não o indivíduo.
4 Não consideravam o tempo, a saúde e o amor como condições essenciais.




. METODOLOGIA

1 Relacionamento intrapessoal. Procura-se conhecer as crenças, os valores e condicionamentos improdutivos, através de perguntas orientadas no sentido de aprofundar a reflexão sobre como o treinando vem mantendo seu dialogo interior e como percebe os resultados obtidos com a qualidade de seu dialogo interior. Colocam-se alguns conceitos em discussão que possam facilitar a revisão de eventual conceito improdutivo.
A responsabilidade pela mudança é do treinando. Ninguém muda ninguém. O coach deve ter a capacidade profissional para fazer perguntas estimuladoras, ter coragem de oferecer feedback e competência conceitual para facilitar a revisão de atitudes e comportamentos improdutivos de pensar, sentir e agir.
2 Relacionamento Interpessoal Utilizam-se dois modelos clássicos de comunicação, que permitem treinar a autopercepção, a percepção do outro e do mundo do treinando, contribuem para reduzir a sonegação de informação e a ficar atento à motivação do porque se diz.
3 Administração do Tempo A partir da constatação de que tempo é vida e de que, no Brasil, se reveste de maior relevância, porque não aprendemos a valorizar essa dádiva chamada presente. Muitos vivem ancorados no passado ou fazendo devaneio sobre um futuro que só se tornará realidade se viverem o presente orientado para os objetivos.
4 Gestão empresarial Operamos como um laboratório de treinamento de decisões operacionais e estratégicas. Atuamos como consultor pessoal que contribui para evitar que os motivos e as competências que trouxeram o treinando ao sucesso o levem ao fracasso.

POR QUE O COACHING/MENTORING É RELEVANTE PARA AS ORGANIZAÇÕES

O sucesso organizacional é função de como seus executivos pensam, agem e interagem cotidianamente com todos os agentes intervenientes e com a ecologia da organização.

A empresa eficiente se tornou a organização que aprende. A linguagem não é a única coisa que está mudando. A perspectiva está mudando de forma constante e firme de trabalho para conhecimento; de gerenciamento para liderança; de produto para consumidores e serviços; de operação rotineira para criatividade inspirada, e de repetição de tarefas para inovação de marketing. Laurence S. Lyons

Os gestores preocupam-se somente em obter resultado; os líderes ajudam a inspirar a equipe a construir o lucro, a segurança e o desenvolvimento, com qualidade de vida. O Coaching/mentoring oferece a maneira objetiva e pessoalizada de implantar essa nova cultura na vida organizacional.

Jansen de Queiroz Ferreira
Diretor da Gestão Polifocal Consultoria, Treinamento e Coaching
e-mail jansen@gestaopolifocal.com.br - fonefax 55-11-3044-1019



ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.