Coaching de Vendas - Driblando a crise com as dicas do taxista Machado

Coaching de Vendas, com um taxista, para aprender a driblar a crise

Como driblar a crise, com as dicas de um taxista (Conhecido como Antonio Machado)?

Em minha última viagem do Rio de Janeiro para Taubaté/SP,
Peguei um taxi para a rodoviária. Era um taxi velhinho, bem simples sabe...

Porém, aceitei ele pois a INICIATIVA dele quando me viu pedindo outro taxi me chamou a atenção.

E pensei: “Tudo tem um propósito, acho que vou com esse cara...”

Quando ele se aproximou, vi que era um senhor, entrei e fui logo puxando papo:

“Qual seu nome?” – Perguntei

“Antonio Machado” – Disse aquele senhor, com um rosto cansado e muito sério, com seus poucos cabelos brancos...

“Nome forte hein!” – Respondi rapidamente a ele.

Ele sorriu e disse: “É Verdade...”

Iniciamos um papo que vou resumir aqui em lições de Coaching de Vendas:

Ele é taxista há 20 anos, e antes disso, foi supervisor de vendas de uma grande e famosa empresa aqui no Rio de Janeiro (Nem sei onde estou mais, estou digitando isso na estrada, deitado no ônibus...rs)

Ele vendia “Chá gelado”!
(Não citarei o nome da empresa pois ainda não recebo nada pela publicidade)

Perguntei a ele, se ele era um bom VENDEDOR, e ele disse que era um dos melhores. Ganhava vários prêmios!

Então fiz uma pergunta:

“Se pudesse resumir em poucas palavras, seu maior aprendizado com vendas, qual seria?”

Ai vieram as lições, então tome nota:

“Filho, uma vez, meu gerente chegou até mim e disse:

Machado, o Abreu (subgerente) está com 500 caixas na sua frente.

O que você vai fazer para vender mais do que ele? Você não quer sentar na cadeira dele?
Hoje é o último dia do mês Machado!”

O Machado (Taxista) falou que daria um jeito e olhe o que ele fez:

Chegou em um cliente, um não, em seu melhor cliente e falou:

“Preciso te contar uma novidade! A empresa lançou uma promoção hoje,
No último dia desse mês, vai funciona assim, se você comprar 1000 caixas de chá gelado hoje, podemos faturar em 3 parcelas e entregar para você tudo de uma vez. E isso nunca mais vai acontecer, é só hoje!”

Quando ele contou isso eu pensei: “Esse Machado poderia ser um Coach certificado pela SILCoaching...”

E Machado tirou o pedido de 1000 caixas em um único dia. Guardou o pedido para o último minuto do fechamento das vendas na reunião.

E ainda apostou com Abreu (seu subgerente) na reunião de fechamento:

“Abreu, quer apostar sua cadeira que eu passo você esse mês nas vendas?” – Disse Machado na frente de todos os vendedores!

“Machado, se eu perder te dou a minha cadeira toda vez que você chegar na sala, e se eu ganhar, vc me paga um churrasco!” – Respondeu Abreu todo confiante pois sabia que estava 500 caixas na frente...

Machado tirou o pedido de 1000 caixas do bolso e deu na mão do gerente, ganhando assim a aposta!

Lição 1: Desenvolva COMPETITIVIDADE! Em vendas, o seu resultado vem de acordo com seu esforço. Ao competir fortemente com o primeiro em vendas, você eleva sua performance e faz coisas sobrenaturais!

Lição 2: Mantenha seus melhores clientes por perto. Eles vão comprar você antes de seu produto. Machado só vendeu as 1000 caixas pois o cliente confiou na “promoção”

Lição 3: Crie SENSO DE URGÊNCIA no cliente. Pessoas compram mais e melhor quando agem rápido! Ofereça bônus, descontos ou parcelamentos melhores para aumentar suas vendas!

Lição 4: Tenha METAS! Machado tinha a meta de tornar-se subgerente. Foi lá e fez!

Lição 5: Surpreenda: espanque suas metas! Machado poderia ter vendido 500 caixas, mas vendeu 1000.

Isso pode ser considerado como a “margem de erro do IBOPE” do vendedor.

Em um próximo artigo, compartilho outros aprendizados que tive com o Machado.

Foram 20 minutos valiosos para mim.

Espero que esses tenham sido para você!

Comente abaixo o que aprendeu! Fico feliz com sua participação e me estimula a escrever outros textos como esse! Compartilhe com seus amigos e siga-me aqui no administradores.com.br

Abraços!

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento