Brasil 2016: crise política, econômica e ética

Qual o rumo do país? O atual governo está exercendo com altíssima qualidade uma liderança liberal. A ausência de metas e resultados, e a falta de direção estratégica do governo brasileiro o coloca como um grande ‘bobo da corte’ da nação

Qual o rumo do país? O atual governo está exercendo com altíssima qualidade uma liderança liberal. A ausência de metas e resultados, e a falta de direção estratégica do governo brasileiro o coloca como um grande ‘bobo da corte’ da nação. Um governo baseado em falácias, e atestando ao povo brasileiro não saber de absolutamente nada referente aos esquemas de corrupção.

O ex-presidente sendo ministro da Casa Civil foi com certeza, o último suspiro do governo para tentar salvar a atual presidente que perdeu todo o seu prestígio e credibilidade da nação brasileira. A sua representação como Chefe do Executivo tornou-se praticamente uma figura decorativa, e não representável por boa parte dos brasileiros.

A crise política que se instalou no cenário brasileiro foi proposta pelo atual governo. A luta de classes que Marx já falava há séculos atrás entrou como uma luva na nação brasileira. Essa luta diferencia e põe ‘inimizades’ entre: branco e negro, heterossexual e homossexual, bancada evangélica e bancada da bala, nortista e sulista, dentre outros. O Brasil está dividido, e por um lado encontramos as pessoas que querem a mudança do atual cenário pedindo a saída da Presidente. Já a militância vermelha se arrasta nos quatro cantos do país para promover e louvar a permanência da atual Presidente no cargo.

A crise ética instaura-se a partir do aspecto da corrupção. Esta se tornou algo institucionalizado. A cada fase da operação Lavajato mais políticos, empresários e executivos são denunciados por receberem bilhões de forma ilícita. Todos os dias, o cidadão brasileiro se depara com mais uma novidade e se entristece, pois, esses bilhões (antigamente eram mil) poderiam estar na educação, segurança pública e saúde. Já esses senhores que possuem salários de popstar crescem o seu patrimônio de forma ilícita às custas do povo brasileiro. A ganância e a maldade são os dois sentimentos presentes nos corações desses representantes abjetos.

A crise econômica é outro fator fundamental que precisa ser analisado. A inflação e o desemprego são dois fatores relevantes dentro do cenário interno. O Bolsa Família é um bom programa social, porém, falta auditoria nas famílias que recebem. Há muitas pessoas que possuem uma renda média e recebem o Bolsa Família. A falta de investimentos no país é outro fator preocupante. Duas agências internacionais retiraram o selo de bom pagador do Brasil. Com a noticia do ex-presidente assumindo o cargo de ministro o dólar disparou. Em relação ao comércio exterior, o MERCOSUL permanece estagnado e o Brasil não busca dialogar com outras economias desenvolvidas do globo, e tampouco, buscar novos acordos comerciais. Permanecendo assim, na minha singela opinião por interesses políticos e ideológicos.

Em suma, queremos a saída do atual governo que engessou a nação. Em relação ao futuro presidente só nos basta orar e torcer para que ele não seja mais um corrupto que chegou ao poder.

ExibirMinimizar
aci baixe o app