Café com ADM
#

Aviador

Não há outro, ó amado, semelhante a Deus, que cavalga sobre os céus para a tua ajuda e com a sua alteza sobre as nuvens. (Deuteronômio 33:26) Quando era garoto, uma das coisas que gostava de fazer, era esperar meus primos no aeroporto Guararapes, em Recife, Pernambuco. Uma vez por semana, eles chegavam da Europa, no avião “Constellation” da Panair, o limite em tecnologia, o “Airbus A 380”, da época. Uma característica que me fazia admirar estes parentes, era o fato de haverem retornado de uma viagem super cansativa, mantendo o aspecto de pleno vigor. Pareciam ter acabado de tomar um excelente banho de chuveiro, depois de uma noite inteira de descanso. Estavam sempre bem dispostos, prontos para novos desafios. Hoje depois de ter feito contato com outros pilotos, posso entender o que existe em comum entre eles: fascínio pelo trabalho. Quanto mais fazem, desejam sempre ir além. Sem contar que, em geral, quando dispõem de tempo livre, brincam com o jogo Flight Simulator (simulador de vôo) da Microsoft. O aviador é dotado de uma virtude que deveria ser encontrada em todas as pessoas, que é estar sempre aprendendo. Aliás, não pode ser de outro jeito, pois as empresas aéreas fazem uma reciclagem a cada seis meses. Os homens importantes estão sempre aprendendo. Como exemplo, o filme o “Aviador”, de Martin Scorcese, com Leonardo Dicaprio, conta a história do empresário Howard Hughes. Martin Scorcese, um dos melhores diretores de todos os tempos, é um excelente professor de cinema, um historiador cinematográfico. Quem trabalha com ele, adquire uma experiência educativa. Qualquer colega meu gostaria de ter o privilégio de fazer um filme com ele, disse Leonardo Dicaprio, sobre o diretor de “Aviador”. Em vendas não é diferente, não existe facilidade. Se alguém quiser moleza, aconselho tomar sopa de minhoca, com sobremesa de gelatina ou pudim. Comparando o Vendedor com o Aviador, vamos fazer a seguinte analogia: Hangar Local onde se encontram guardados os instrumentos de trabalho do vendedor, esperando uma ação capaz de gerar a desejada venda. Pista Local de trabalho do Vendedor, área de atuação. Aquecimento dos motores Ações realizadas junto ao cliente para produzir a venda. Decolagem A venda foi realizada. Pouso É a referência da empresa, seus produtos, serviços, solução. A Fidelização de clientes e abertura de novos. • Poesia do Aviador • Beijando a amada, • Deixei minha flor! • Olhei da sacada, • Sou aviador. • Chegando ao hangar, • Liguei o motor; • No céu vou voar, • Sou aviador. • Se pego no manche, • Ou ligo o motor; • Irei bem mais longe, • Sou aviador. • Voando no céu, • Agora estou; • Que vida de mel! • Sou aviador. • Cheguei bem agora, • Que grande calor! • Preciso ir embora, • Sou aviador. • Quando em aflição, • Em clima de Dor! • Faço uma oração, • A Jesus, O Senhor! O vendedor não pode se deixar levar pelo “enevoamento“ que possa “impactar” em uma decisão inadequada do cliente. Deve remover a opacidade geradora de dúvida, conduzindo o negócio de forma positiva, obtendo o esperado sucesso. Quando se diz que Howard Hughes levou tudo muito além do que se poderia imaginar, é possível entender seu prazer pelo trabalho, a paixão do aviador. A aparência de quem está todo o tempo, disposto a travar combates, tantos quantos forem necessários precisa estar encastoada, à personalidade do vendedor. O gostoso de um vôo, é o planejamento e seu êxtase está na concretização da viagem. A criatividade é uma coisa muito em comum entre o vendedor e o aviador, que precisam, em ocasiões especiais, trabalhar profissionalmente um eventual improviso. • Tal qual vendedor, • Surge Pujante! • E bem elegante! • O aviador.
ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.