AUTO AJUDA

Auto-ajuda Vai dormir! Você é um empreendedor que privilegia o trabalho em detrimento do sono? Pois saiba que, se dormir oito horas por dia, sua produtividade pode aumentar até 30% Adriana Monteiro Fonseca Foto: Getty Images Se você é o seu próprio patrão, é provável que tenha colocado o sono no último lugar de sua lista de prioridades. alvez, até sem perceber, no afã de transformar seu negócio num sucesso, você tenha se tornado um verdadeiro orkaholic, que trabalha dez, doze, catorze horas por dia ou até mais e, muitas vezes, faz de sua própria cama uma extensão do escritório, para tentar cumprir todos os seus compromissos. Resultado: em vez de você dormir o período mínimo de oito horas por dia, recomendado pelos médicos, vive com apenas seis, cinco ou quatro horas de sono - e acha que já está bom demais. Assim como você, um sem-número de empreendedores, executivos e até artistas e esportistas famosos sofrem do mesmo mal. A economista Maria Sílvia Bastos Marques, ex-presidente da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), por exemplo, chega a passar noites inteiras em claro, quando está estressada. Numa boa noite de sono, ela consegue dormir, no máximo, seis horas. O técnico da seleção brasileira de vôlei masculino, Bernardinho, o humorista Chico Anysio e o publicitário Alex Periscinoto também estão entre as figurinhas carimbadas que sofrem de insônia. Quase sempre em razão de preocupações com o trabalho. A questão é: será que deixar o sono de lado, em benefício do trabalho, leva ao sucesso? De acordo com os especialistas, a resposta é um sonoro não. O neurologista Flávio Alóe, um dos coordenadores do Centro de Estudos do Sono do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, afirma que quem dorme pouco costuma ter dificuldade de concentração, perda de memória recente e sonolência durante o dia, entre outros sintomas. 'As pessoas precisam entender que deve haver um horário para trabalhar e um para descansar', diz Alóe. Quem dorme pouco, em geral, não consegue se concentrar e tem perda de memória recente PRODUTIVIDADE - Numa reportagem sobre o tema publicada pela revista americana Entrepreneur, o professor James B. Mass, do departamento de psicologia da Cornell University e co-autor do livro Power Sleep (em português, o poder do sono), afirma que quem dorme bem torna-se muito mais produtivo. Segundo ele, se você dormir, no mínimo, oito horas por dia, poderá realizar em 12 horas o trabalho que levaria 19 horas para fazer. Ou seja, a sua produtividade aumentaria cerca de 30%. 'É possível se condicionar a dormir menos, mas não a precisar de menos sono', diz Mass. 'Se você fizer isso, estará simplesmente se habituando a viver num estado de alerta reduzido.' Com tudo isso, se você ainda acredita que não conseguirá alcançar o sucesso empresarial se dormir um pouco mais, fique tranqüilo. O cientista Albert Einstein, considerado como o 'homem do século' pela revista Time, costumava dormir pelo menos dez horas por dia.
ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.