Ativo imobilizado: controle permanente ou perdas permanentes?
Ativo imobilizado: controle permanente ou perdas permanentes?

Ativo imobilizado: controle permanente ou perdas permanentes?

Cobrar algo com segurança, somente é possível quando se tem exatidão daquilo que é questionado

Com as últimas alterações na Legislação Contábil (lei 11638/07) onde o Ativo Imobilizado que pertencia ao Grupo Patrimonial do Ativo Permanente e agora esse grupo de contas passou a se chamar Ativo Não Circulante, essa alteração de nomenclaturas, pouco mudou quando falamos na importância do Controle Patrimonial (controle de bens patrimoniais da empresa).

A importância do Controle Patrimonial

Não há gestão sem controles, essa frase é lembrada sempre que discutimos o assunto Gestão. O Controle Patrimonial tem por finalidade manter sob controle todo o Ativo Imobilizado (Ativo Fixo) da empresa, por meio de catalogação detalhada de cada item, e em seguida todo esse universo de bens passa a ser controlado por meio de um ERP ou mesmo planilhas especificas para esse controle.

Inventários Patrimoniais Rotativos

Quando se tem o domínio do Controle dos Bens Patrimoniais, é possível definir de forma segura a realização periódica de inventários rotativos, essa ferramenta (Inventario Patrimonial rotativo) demonstra aos colaboradores a preocupação e interesse da empresa com seu patrimônio e é percebido por todos o rigor com esse controle.

Diante desse procedimento, as possibilidades de perdas, sejam elas: quebras, desvios, ou saídas não relatadas a Controladoria/Contabilidade, passam a ser fatos pontuais quando existirem.

Centros de Custos ou de Responsabilidade

É muito comum ao realizarmos Inventários Patrimoniais ou como também chamamos Levantamentos Físicos do Ativo Imobilizado, detalharmos inclusive a localização dos bens, relatando o Centro de Custos (sub-divisão dos departamentos da empresa), diante dessa identificação, a pratica de Inventário Rotativo, torna-se ainda mais eficaz e com isso a responsabilidade do gestor da área inventariada, preocupado em que não haja qualquer ressalva sob sua gestão.

A Credibilidade dos Controles

Cobrar algo com segurança, somente é possível quando se tem exatidão daquilo que é questionado, para isso, a manutenção do Controle Patrimonial deve ser uma rotina na empresa, fazendo-se valer do Controle do Ativo imobilizado “amarrado” contabilmente as contas patrimoniais controladas pela Contabilidade da empresa.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento