ASSIM NASCE UM PARADIGMA

O texto faz uma análise critica sobre a experiência de um grupo de cientistas em uma sala de testes, utilizando uma escada, um cacho de bananas e cinco macacos, que obteve um resultado surpreendente. Tal experiência pode ser muito facilmente comparada com a realidade em algumas empresas, quando do ponto de vista de como nasce um paradigma e quem o mantém. O que é um Paradigma? É um modelo mental que adotamos como sendo verdadeiro e representativo de um fato ou conjunto de acontecimentos. Geralmente, formamos nossos paradigmas a partir de nossas experiências e nos esquecemos que o ser humano tende a generalizar as coisas a partir de poucas observações. Quando uma situação se repete, ou quando determinada pessoa demonstra certo comportamento duas ou mais vezes, identificamos que tal situação ou comportamento sempre acontece e, portanto, passamos a aceitar sem ao menos questionar o porquê e os motivos e a considerarmos como verdade. Veja a experiência dos cientistas. Um grupo de cientistas colocou cinco macacos numa sala de testes. Bem ao centro, havia uma escada e, sobre ela, um cacho de bananas. Quando um macaco subia na escada para pegar as bananas, um jato de água fria era acionado em cima dos que estavam no chão. Depois de certo tempo, quando um macaco ia subir a escada, os outros o pegavam e enchiam de pancadas. Com mais algum tempo, nenhum macaco subia mais a escada, apesar da tentação das bananas. Então os cientistas substituíram um dos macacos por um novo. A primeira coisa que ele fez foi subir a escada, dela sendo retirado pelos outros, que o surraram. Depois de algumas surras, o novo integrante do grupo não subia mais a escada. Um segundo macaco veterano foi substituído e o mesmo ocorreu, tendo o primeiro substituto participado com entusiasmo na surra ao novato. Um terceiro foi trocado e o mesmo ocorreu. Um quarto, e afinal o último dos veteranos, foi substituído. Os cientistas, então, ficaram com um grupo de cinco macacos que mesmo nunca tendo tomado um banho frio, continuavam batendo naquele que tentasse pegar as bananas. Se possível fosse perguntar a algum deles porque eles batiam em quem tentasse subir a escada, com certeza a resposta seria: "não sei, mas as coisas sempre foram assim por aqui". Isso acontece muito nas empresas. O funcionário assume o cargo, são repassadas as informações necessárias e as situações mais relevantes e ele continua o trabalho do antecessor sem ao menos questionar o porquê de tais situações, informações, se é a regra, se pode ser mudado, melhorado, customizado etc., e as toma como verdade. Tal situação provavelmente acontecerá quando tiver que deixar o cargo para o seu sucessor. Muitas pessoas podem perguntar, se isso acontece hoje com o mercado tão competitivo e cada vez mais exigente e avassalador na procura de profissionais cada vez mais qualificados e atentos às mudanças, a resposta é sim, pois o mercado não se resume somente as empresas privadas, existem também as empresas públicas, e isso acontece muito, pois aquele funcionário que tem anos de casa, que está desde a década em que o mercado não exigia muito do profissional, é o mantenedor de paradigmas, pois pra ele sempre foi assim, as coisas sempre aconteceram daquele modo, e é altamente resistente a mudanças. É o típico funcionário Paradigma. Bibliografia: Os novos paradigmas:Como as mudanças estão mexendo com as empresas - Idalberto Chiavenato. Copyright © 2006 - Everton Guimarães - Direitos Reservados. Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste artigo sem a expressa autorização do autor.

ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.