As expectativas decolam e ejetam as decepções
As expectativas decolam e ejetam as decepções

As expectativas decolam e ejetam as decepções

Quanto mais esperamos ou projetamos, mais temos chances de nos decepcionarmos. Expectativa versus realidade. Então, isso significa que não devemos sonhar buscar, querer ou imaginar?

Quanto mais esperamos ou projetamos, mais temos chances de nos decepcionarmos. Expectativa versus realidade. Então, isso significa que não devemos sonhar buscar, querer ou imaginar?

Vejam bem, segundo o dicionário o significado de expectativa é situação de quem espera a ocorrência de algo, ou sua probabilidade de ocorrência, em determinado momento.

Dados os fatos e informações, tudo que esperamos mais ou menos pode ser no mínimo frustrante. Entendo que devemos sonhar sim e planejar para que nossos objetivos sejam alcançados e satisfatórios. Mas não esperar sentados sem ação alguma. O amanhã não dá para prever, nem o daqui a pouco, muito menos o futuro distante. E que dirá então prever o outro e o comportamento humano? Não há cartomante, taróloga ou bola de cristal que resolva. Tudo é provável, mas não concreto ou exato.

Se contratarmos alguém esperando que seja o superman ou a mulher maravilha e acabarmos descobrindo que na verdade são só um homem e uma mulher, nós caimos do cavalo. Da mesma forma, se projetamos príncipes e princesas de contos de fadas e nos depararmos com sapos. Quanto mais alta a expectativa, maior a chance de nos decepcionarmos.

Também quando queremos que o outro mude ou que perceba nossas necessidades, que aja corretamente e de forma justa. Justo para quem? A perspectiva é muito individual e relativa. Cada um tem seu jeito e ao invés de esperamos que este jeito mude, o mais simples é nos ajustarmos ou aceitarmos que cada qual tenha a sua maneira. E quando a tolerância é zero? Neste caso, posso sugerir terapia de choque pois é questão de sobrevivência sua e dos outros.

Mas, não costumam dizer que quem espera sempre alcança? Pode ser, no sentido de acreditar, ter fé, se dedicar e persistir. A cada passo que damos mais próximos ficamos de nossas metas. Quando apostamos na loteria, mais chances temos de ganhar e assim por diante. Esperar e acreditar com muita ação e energia envolvida.

Você pode esperar...

Receber flores ou ser o primeiro a presentear.

Querer que o outro seja e faça ou ser e fazer.

Ser ouvido ou ouvir.

Modificar alguém ou mudar a si mesmo.

Fazer sol ou dançar na chuva.

Um amor para amar ou amar o próximo.

Perdão ou pedir desculpas.

Um milagre para ter fé ou simplesmente acreditar.

Amanhã ser melhor ou viver o melhor hoje.

Uma boa notícia para sorrir ou alegrar-se por estar vivo.

A doença para valorizar a saúde ou agradecer e valorizar sempre.

E fazer acontecer.

O outro não pode nos fazer felizes ou infelizes se não permitirmos, esperarmos ou dependermos. Só nós podemos, porque nós somos adultos e responsáveis por aquilo que somos, fazemos e conquistamos. Não dependemos de ações, fatos ou pessoas para sermos o melhor que pudermos ser no dia de hoje.

Quem pode fazer você feliz? Você mesmo.

Qual o amor mais importante de todos? O amor próprio.

Mas onde está a felicidade? Em muitos lugares, mas, começa dentro de você.

É o cuidar do jardim para receber a visita das borboletas. Plantar, regar e depois colher.

Muito do que já sabemos, lemos e ouvimos. Agora vamos colocar em prática?

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento