As 5 perguntas que você deve fazer antes de mudar de carreira

Mudar de carreira pode ser uma decisão difícil, ainda mais se você já estiver há algum tempo exercendo uma mesma atividade profissional dentro de um determinado ambiente de trabalho

Mudar de carreira pode ser uma decisão difícil, ainda mais se você já estiver há algum tempo exercendo uma mesma atividade profissional dentro de um determinado ambiente de trabalho.

Há uma certa tendência de conformismo nas pessoas, é comum se acomodar às situações em momentos de crise, mas quando surge o desemprego ou a falta de oportunidades de crescimento, sair da zona de conforto para a zona de esforço poderá exigir o auxílio de um profissional externo para recolocação ou até para uma mudança expressiva na sua carreira.

Para o segundo caso, o auxílio de um coach de carreira poderá fazer-se necessário. A saber: o principal objetivo do career coaching - ou processo de coaching aplicado para carreira - é auxiliar na identificação, entendimento e aprimoramento de crenças, valores, comportamentos e competências de pessoas que estão em busca de ascensão ou em momentos de transição em suas carreiras profissionais. O processo atende desde os mais jovens que têm dúvidas sobre qual carreira seguir, até os mais experientes que almejam novas possibilidades em suas carreiras.

Visa, inicialmente, identificar e eliminar as possíveis interferências que possam inibir o rendimento do indivíduo dentro da sua área de atuação e, ao mesmo tempo, auxiliá-lo no alinhamento de suas melhores potencialidades com uma visão estratégica para o alcance do sucesso profissional.

Com o processo, é possível auxiliar o cliente a obter uma maior clareza do seu atual status para, posteriormente, detalhar um projeto de futuro para sua carreira, identificando também como sua profissão impacta diretamente na sua vida pessoal e vice e versa. Com a elaboração de um plano de ação detalhado auxiliado pelo coach, o cliente desenvolve atividades e tarefas que ele mesmo estabeleceu para o alcance dos seus objetivos profissionais e, com isso, irá aprender com seus próprios recursos e limites, ajustando as metas conforme os aprendizados obtidos.

É importante ressaltar que todo processo de coaching visa inicialmente o autoconhecimento e, posteriormente, o autodesenvolvimento. Ou seja, durante o processo são identificados hábitos negativos que possam inibir o crescimento profissional e que deverão ser superados durante as atividades propostas pelo próprio cliente.

Desse modo, o cliente se desafia a superar seus próprios limites, medos e comportamentos negativos que poderão impedi-lo no alcance de seus objetivos profissionais, além de obter uma consciência mais sistêmica de toda sua vida profissional, onde poderá compreender as diferenças de comportamentos que geram conflitos com pares de trabalho, incluindo sua relação com superiores ou subordinados. O cliente entenderá todo o contexto que o cerca, além das oportunidades e ameaças do micro e macro ambientes. Isso ampliará a sua visão sistêmica e, consequentemente, ampliará também seu leque de opções e soluções, minimizando o impacto dos problemas, tornando-o mais consciente para se responsabilizar por suas decisões e também pelo alcance dos resultados obtidos, sejam negativos ou positivos.

Muitos profissionais, hoje, não são bem sucedidos em suas carreiras por não terem essa consciência sistêmica, ou seja, só enxergam partes de um processo. Ao obter visão e consciência sistêmica, além do alinhamento de missão e valores, o profissional que passa pelo coaching aplicado para carreira terá um maior discernimento no seu processo decisório e, consequentemente, uma maior participação efetiva para o alcance dos resultados. Também perceberá nitidamente quais são os “gaps” - os distanciamentos críticos - que poderão afastá-lo da conquista efetiva desses resultados. Esses “gaps” podem ser pessoais e, dependendo do caso analisado, poderão ser também do próprio ambiente de trabalho.

Com isso, o alinhamento de expectativas versus decisões também será mais efetivo. Dentre alguns pontos trabalhados durante o processo, podemos citar os mais relevantes:

• Definição do estado atual (contexto) da carreira profissional;

• Determinação de necessidades de mudanças;

• Autoconhecimento e autodesenvolvimento;

• Identificação de possíveis barreiras que geram medo e ansiedade;

• Geração de novas perspectivas;

• Identificação e pontos fortes e de melhoria;

• Reconhecimento da paixão motivadora de carreira;

• Aprender a superar obstáculos e evitar repetição de erros;

• Melhoria na tomada de decisões;

• Aprender a transformar problemas em objetivos a serem superados;

• Sustentar moral e pensamento positivo;

• Manter o foco no processo e no resultado;

• Melhorar o desempenho para o alcance de resultados;

• Alcançar e sustentar o sucesso e o empoderamento.

Esse processo poderá durar de 3 a 6 meses, com sessões semanais ou quinzenais dependendo de cada caso e do andamento das atividades por parte do cliente.

Na atualidade, muitos profissionais têm buscado replanejar suas carreiras refletindo também sobre a melhoria efetiva da sua qualidade de vida e bem-estar, pois não basta mudar de profissão ou obter uma nova qualificação profissional com um ônus em sua vida pessoal. Para tanto, 5 perguntas importantes devem ser respondidas antes de uma mudança na carreira. São elas:

1. Por que quero mudar de carreira?

2. Eu devo conhecer o ambiente da nova empresa antes de mudar?

3. O que a empresa vai me agregar? O que eu agrego para a empresa?

4. Qual é o meu valor?

5. Essa mudança me desafia? Quanto?

Portanto, aprender a estar aberto para mudanças em sua carreira é essencial para se manter no topo, especialmente em tempos de crise. Acredite: Uma mudança irá acontecer mais cedo ou mais tarde em sua vida, ela é inevitável, o importante é que você esteja no controle da situação e que esteja aberto para experimentar e se desafiar. Além disso, ela poderá também acontecer de forma inesperada, portanto antever e estar bem preparado e bem informado também faz-se necessário em tempos de crise.

Quanto maior for o seu poder de conhecimento sobre si, maior será a sua resiliência para mudar, suas decisões serão mais racionais baseadas no bom senso e isso trará um impacto positivo na sua vida profissional.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento