ARGH! FUTEBOM.

Até que enfim, acabou! Durante um mês eu venho me perguntando: quando será que essa Copa vai acabar? Não agüento mais. Mas, para minha felicidade, acabou. E o melhor, o Brasil estava fora da final. Esse negócio de Campeonato Mundial é um saco! Em todas as mídias, seja jornal, televisão, Internet, não importa, só se falava em futebol, Ronaldo, Monsieur ZiZua, entre outros. Durante esses dias de Copa, muita gente que não sabe falar nem o português direito idolatrou o Thierry Henry. E faziam isso não porque ele joga bem (até joga), mas porque todo mundo achou o nome dele chique, bonito mesmo, Thierry Henry (com som de â, Hânrí). Dá até vontade de ficar repetindo, não dá? Para mim isso tudo é paranóia. Até livro do Parreira ensinando a formar equipes vencedoras tinha... Mas tudo bem, afinal, acabou mesmo, e deixemos os italianos comemorarem. E agora vamos mudar de assunto, porque o mundo continua. Que tal um pouco de política? Bom, a política vai bem, obrigado. O clima de eleições já está no ar. É até bonito abrir o jornal e ver o PMDB costurando bancadas, assumindo cargos nos Correios, estatal com um faturamento anual de R$ 9 bilhões, enfim, dando as cartas, literalmente. Sabia que isso até me comove? Sério! Por outro lado, é importante não esquecer os PPs, PLs e PTBs da vida. Você pode não acreditar, mas eles vão estar novamente no poder em 2007. O PTB (é, aquele mesmo do Roberto Jefferson, que denunciou o mensalão, lembra?) está com força total, e vai eleger governadores em vários estados. O PP e o PL estão fazendo alianças com o PSDB e com PT. Acha isso antagônico? Até seria, caso não estivesse ocorrendo na política brasileira. Uhn, acho melhor deixar pra lá a política... Vamos falar de educação então. Uma pesquisa realizada no segundo semestre de 2005 confirma: São Paulo é uma das cidades com pior qualidade de ensino no país. Fica atrás até de Teresina. Essa pesquisa foi realizada com alunos da 4º série da rede pública de ensino de 26 capitais brasileiras. Mas não se preocupe. O secretário da educação do município de São Paulo, em entrevista, declarou: Realmente, já havíamos notado alguma disfunção no nosso sistema de ensino. Que descoberta não? Não é à toa que a situação chegou aonde chegou. Já que a coisa está ruim também em educação, vamos mudar de assunto novamente: desta vez segurança. Não sei se você já sabe da maior, mas dizem por aí que a situação dos presídios em São Paulo está sob controle; que o estado tem padrões europeus de segurança. Dizem que quem falou isso foi um tal de Geraldo Alckmin, candidato à presidência do Brasil nas próximas eleições. Dá pra acreditar? Depois não me perguntem por que o nariz dele cresceu heim... E dizem que o Marcola, líder do PCC, deu entrevista pra um governador. O meu xará disse que antes de coordenar a rebelião dos presos no interior de São Paulo, Mato Grosso do Sul e Paraná ele tentou negociar com as autoridades, só que não foi ouvido. E conto mais, durante a entrevista ele chegou a xingar o tal governador... Mas não se preocupe, afinal depois ele acabou pedindo desculpas. Que doçura de pessoa, não? É? Então por que não leva pra casa? Ufa! Acho que segurança também não é assim um assunto tão bom. Que tal economia? Crescimento pífio de 3.3% ao ano enquanto a China crescerá 10% e a Índia 8.5%; real supervalorizado; taxa de juros básica estratosférica; a bolsa de valores caindo dia-a-dia; e agora, a Venezuela no Mercosul.... É, como dá pra perceber, tudo vai bem na Republica do faz-de-conta. Quer saber de uma coisa... será que vai demorar muito pra chegar 2.010? E viva o Brasil!
ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.