Aparência Pessoal

A aparência pessoal é muitas vezes ignorada como fazendo parte da nossa comunicação e apresentação. Quando você está falando em público está representando sua organização ou apenas a si mesmo, mas ainda assim você está na linha de frente.   É você que a outra pessoa, grupo ou público vê e antes de você ter tempo de abrir a boca e dar conta de si mesmo, certos pressupostos, tanto consciente como inconscientemente, já aconteceram.

APARÊNCIA PESSOAL

Você sendo notado e aprovado no ambiente corporativo

APARÊNCIA PESSOAL

Em poucos segundos você é analisado devidamente rotulado, tudo de forma inconsciente. É conhecida primeira Impressão.

A primeira impressão é muito importante; ela pode estar relacionada com suas atitudes, bem como com a forma como você está vestido.

O impacto visual é até mais importante do que o impacto verbal.

As pessoas sempre vão fazer (muito rapidamente) suposições com base em suas expressões faciais, as roupas que veste, o quão bem preparado, pois você é e sua linguagem corporal.

A PNL- Programação Neurolinguística nos ensina que somos pessoas:

Cinestésicas

Auditivas e

Visuais,

Uma informação importante; 50% das pessoas são Visuais! É por isso que os profissionais de Marketing dão tanta importância às embalagens dos produtos dos seus comerciais.

Nesse artigo queremos dar a devida importânciapara a Aparência Pessoal.

Vamos procurar mostrar que essa tal Aparência Pessoal pode ser comprometida caso a pessoa esteja despreparada para levar a sério suas expressões Verbais e Corporais, como veremos a seguir

EXPRESSÕES FACIAIS

Pouco se pode fazer para controlar nossas Expressões Faciais, mas muito pode ser feito sobre a sua Expressão Verbal, mas que às vezes, temos o que em PNL se chama incongruência; tentar criar uma expressão facial em desacordo como que o seu consciente acredita ser verdadeiro.

Assim se o dia começou e você teve algumas pequenas crises até chegar ao palco para apresentação ou no seu local de trabalho, é importante entender que as pessoas não vieram na palestra para vê-lo com uma expressão sombria no seu rosto e nem seus colegas de trabalho estão interessado nos seus problemas particulares.

É seu dever - a si mesmo, bem como para a organização que você representa - transmitir uma calma, amigável e profissional exterior independentemente de como você se sentir no seu interior.

Tente sorrir e parecer otimista.

Tudo isso conta na sua Imagem Pessoal

REFLEXÃO DA SUA IMAGEM

O rosto que o seu espelho reflete para você mesmo na expectativa do início de uma palestra ou para uma reunião séria com a sua chefia, não é necessariamente a verdadeira face que é bem conhecida pela sua família, amigos, colegas quando você está numa situação de tranquilidade.

Quantas pessoas honestamente admitem ao olhar em um espelho sem alterar a sua expressão?

É muito natural para ficar tentando achar uma melhor expressão, levantando uma sobrancelha, fazendo uma cara mais alegre, sorrindo para descobrir uma nova face e tentar reproduzi-la.

Essa é a razão porque muitas pessoas não sentem bem quando se veem numa fotografia, pois ela não se “preparou” para obter a imagem que ela consegue quando se “organiza” no espelho.

O VOCÊ VERDADEIRO

É da natureza humana a fazer concessões.

Todos os indivíduos mudam sua abordagem de acordo com os tipos de pessoas que conhecem e o que sentem nesse contato e o que se esperam dessas mesmas pessoas.

Seu self que funciona em público é diferente daquele self, preocupado com a casa, a família e os amigos.

Todo mundo tem muitos e variados papéis na vida. Você pode ser uma pessoa e ser um pai, filho / filha, irmão / irmã, amigo, conselheiro, paciente, cliente e consumidor tudo em um dia.

Estes papéis diferentes requerem suas próprias qualidades e habilidades específicas em comunicação pessoal e também pode recorrer a diferentes requisitos de atitude e aparência, ou seja, da imagem visual, pessoa.l

Sua imagem externa (aparência) que você se esforça para ser visto pelo mundo, pode não ser o você verdadeiro ou como gostaria de ser, alguém que é honesto consigo mesmo.

Assim você como funcionário, que tipo de imagem externa é apropriado para a organização que você representa? Só você pode responder a esta pergunta.

Devido à natureza do trabalho, algumas organizações aceitam as pessoas estarem vestidas casualmente, enquanto outras esperam trajes mais formais.

É importante estar usando adequadamente a roupa dentro de limites esperados.

Ninguém espera que você seja empacotado em algo qu realmente você não é, pois além se não se sentir bem, estará falseando sua própria imagem

Assim, usando roupas formais ou casuais vai depender de diversos fatores; trabalhando apenas dentro do sua baia ou representando sua organização em reuniões externas.

Mas de qualquer forma é necessário cuidar para ter uma aparência arrumada de acordo com as suas atividades.

LINGUAGEM CORPORAL

A linguagem corporal é um dos aspectos mais importantes da apresentação pessoal.

No processo de passagem, compreensão da mensagem, representa uns 80%, enquanto que os outros 20% são garantidos pela expressão verbal.

A frase de que o corpo fala já bastante antiga, muito usada e continua valendo.

A maneira como você senta, levanta, seus gestos e maneirismos e suas expressões faciais vai dizer muito mais sobre você e como você está se sentindo em determinado momento mais do que as palavras que você está usando.

Quando as pessoas estão nervosas ou desconfortáveis, os comportamentos inadequados, comunicam o estado de emocional de ansiedade e isso, reduz a imagem e tira parte das suas forças, num debate de ideias.

Podemos num grande esforço controlar nossa fala que é consciente, mas muito difícil, quase impossível controlar nosso inconsciente que atua no nosso comportamento corporal. Ele é sempre verdadeiro, não sabe mentir.

Investindo nas técnicas da Linguagem Corporal, consegue-se melhorar a apresentação pessoal.

O domínio adequado da Linguagem Corporal, permite atuarmos com elegância, mesmo em situações desagradáveis onde precisamos demonstrar algo que não nos é de inteira aceitação..

Ou seja não estamos sendo hipócritas, mas usando a linguagem corporal positiva como mecanismo de boas maneiras.

Seria como aplaudir o palestrante no final de uma palestra que foi tão monótona que quase nos fez dormir

Os nossos gestos são parte da nossa personalidade, uma parte de como nos expressamos.

Mão e braço que se movimentam podem dar ênfase, explicação e ajudam e transmitir informação com entusiasmo..

Na Imagem Pessoal isso vai contar muito

não apenas na sua indumentária mas também como você se expressa na sua linguagem Verbal e Corporal

EXEMPLOS DE LINGUAGEM CORPORAL POSITIVA

-Manter contato visual com a pessoa com a qual você está falando.

-Procurar manter um semblante alegre, pois conforme comprovado pela Teoria dos Neurônios Espelhos, a pessoa vai também sorrir pra você.

-Sentar-se na cadeira mantendo o corpo reto, pés firmes no chão e inclinando-se ligeiramente para a frente duranre o diálogo, o que demonstra (inconscientemente) para o seu interlocutor que você está prestando atenção no assunto tratado.

-Concordar maneando com a cabeça de duas a três vezes.

-Cumprimentar com firmeza a mão do seu interlocutor.

-Manter calma exterior, expressando segurança.

EXEMPLOS DE LINGUAGEM CORPORAL NEGATIVA

-Não olhar para uma pessoa quando se fala.

-Ficar coçando o rosto, pescoço, olhos etc.

-Brincar com o cabelo, lóbulos da orelha, jooias, jaqueta, óculos, etc.

-Manter as mãos fechadas.

-Bocejar mesmo disfarçadamente.

-Ficar repetidamente olhando para o relógio.

From meu novo livro que está sendo escrito: “Como Ser um Palestrante de Sucesso”

.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento