Apaixone-se pelo problema e não pela solução
Apaixone-se pelo problema e não pela solução

Apaixone-se pelo problema e não pela solução

Não deixe que o seu entusiasmo e empolgação com seu serviço e produto seja maior que o problema que ele resolve.

Eu sei que de problema todo mundo está correndo léguas! Mas o bom empreendedor procura incansavelmente por eles para enfrentá-los e resolvê-los. Mais do que isso, SE APAIXONA por eles. Apaixonar-se pelo problema que resolve e não pela solução que criou é o caminho para ser bem sucedido no mercado. Boas ideias e negócios de sucesso só se tornam de fato reconhecidos como tais quando seu fundamento é resolver um problema. Até aí, ok. Mas no meio do caminho, muitos empreendedores acabam se entusiasmando e focando exclusivamente no aplicativo que criaram, no produto, ou no serviço em si que oferecem, esquecendo de se preocupar com o principal. O problema é o seu propósito e você não deve perder isso de vista.

Dentro dessa linha é preciso ainda, além de não perder o foco, entender o propósito e trabalhar pela causa e não pelo efeito dela. Outro ponto importante é buscar a inovação constante. O erro enorme que eu vejo empreendedores cometendo é achar que só é necessário se preocupar com inovação quando se tira efetivamente sua ideia do papel. Medir o grau de inovação é uma das tarefas mais difíceis que existe. Há uma grande diferença entre você enquanto empreendedor achar sua ideia incrível e revolucionária e o que de fato ela é, ou seja, a perspectiva e forma como os outros e o mercado a enxergam.

É completamente compreensivo e natural que o empreendedor seja o maior entusiasta de sua própria ideia. Mas é preciso ter os pés no chão para não deixar que a empolgação atrapalhe e o impeça de ver a real situação. A dica é: apresente soluções para problemas específicos. Durante qualquer etapa do seu negócio é fundamental (senão vital) avaliar as verdadeiras fraquezas e potenciais melhorias. Por isso, validar o negócio, conseguir clientes e investidores é tão importante.

A inovação precisa fazer parte de qualquer negócio - principalmente das startups, que são empresas jovens, escaláveis e com alto potencial de crescimento - e ela pode estar em uma tecnologia, produto ou serviço. Em resumo, pode vir de qualquer lugar. O importante é estar aberto a ela e criar as condições necessárias para que estas ações inovadoras alcancem seu objetivo final dentro do negócio.

De forma bastante objetiva, uma empresa/negócio de sucesso é uma combinação de ideia inovadora que resolva o problema das pessoas, de uma vertical, da sociedade, enfim, do mercado, ser um excelente empreendedor (aberto e disposto), ótima execução de estratégia de mercado, disponibilidade de capital, muito esforço e trabalho e, digamos que uma pitada de sorte. A indústria, em todas as verticais, está ávida por inovação e necessitando de boas ideias, produtos e serviços que possam ajudar a sobrevivência, na competição, nas vendas, na gestão e claro, ofereçam mais do que o mercado está acostumado a receber.

Portanto, apaixone-se pela causa e pelo propósito que sua solução inovadora resolve. Todos vão terminar reconhecendo isso!

Pense nisso!

ExibirMinimizar
Digital