ANS, Planos de Saúde e Organização de Pessoas, como lidar com tudo isso?

Recentemente me deparei com problemas relacionados as operadoras de plano de saúde. Saúde? É aquilo que agente tem que ter para viver e sobreviver...

Recentemente me deparei com problemas relacionados a um dos maiores gargalos da política pública do nosso País: a SAÚDE.

Atualmente temos: ANS que regula as operadoras de plano de saúde, temos as operadoras de saúde e temos sindicatos, associações, ongs, ocips, etc..


Então ai vai a minha perguta: Aonde está a verdadeira organização dessas entidades?




A ANS serve para regular o setor, mais na verdade adora aplicar multas, que não são baratas as operadoras.

A operadoras de planos, penalizadas pela agência, adora repassar esse probleminha para os usuários.

Os sindicatos e associações não possuem organização administrativa nem pessoas competentes para gerenciar tudo isso.

E então, ratifico a pergunta, aonde está a organização de tudo isso?

Como já dizia um amigo CDF da faculdade: "é muito simples", vejamos:


A ANS deveria utilizar-se das suas análises estatísticas e comparativas para cobrar das operadoras um atendimento CLASSE A em todo o país.

As operadoras deveriam seguir a risca o que a ANS determinar, com a possibilidade de penalizar retirando a autorização de funcionamento, aquele numerizinho que ela ganha na agência.

Já os usuários, deveriam ter vergonha na cara, se reunierem em uma associação a nível nacional para cobrar os seus direitos com base no código Civil e de defesa do consumidor, como também da ANS que recebe do governo para fiscalizar essas entidades, já que a saúde pública continua um, com a permissão da palavra, "côcôzinho". É com dois acentos para nunca esquecer.

Viram como é fácil? Então publiquem!!!!

Sim, mais e a administração o que que tem haver com isso?

É, sem administração ninguém consegue governar esse país amigo!
ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.