Análise de mercado, quais as vantagens?

A palavra mercado é uma palavra de grande importância nos dias de hoje para as organizações, mas na verdade o que seria um mercado, para que serve, como nasceu esse conceito?

“Mercado compõe-se por local onde agentes econômicos precedem a troca de bens por uma unidade monetária ou por outros bens. E este tende –se a estar em equilíbrio com a lei da oferta e da procura. ”

A palavra mercado é uma palavra de grande importância nos dias de hoje para as organizações, mas na verdade o que seria um mercado, para que serve, como nasceu esse conceito?

A palavra mercado precede as antigas civilizações, originalmente o termo mercado era utilizado para designar a área onde os compradores e vendedores se encontravam para trocar seus bens e serviços. Esse sistema de compra e venda passou por diversas mudanças ao longo da história da própria sociedade, e hoje temos uma alteração nessas estruturas, no campo vendedor temos a industrias e empresas de serviços e no comprador os consumidores.

A definição de mercado pode ser validada por duas medidas uma em sentido amplo e outra em sentido restrito.

Sentido Amplo: Conjunto de pessoas individual ou coletivas que possam ser capazes de influenciar as vendas de um determinado serviço ou produto.

Sentido Restrito: Conjunto de dados levantados para a análise sobre o fluxo da evolução das vendas do serviço ou produto.

Quando estamos fazendo o levantamento da condição de mercado seja ela baseada no sentido amplo ou restrito, podemos classificar o mercado em três tipos distintos.

1º Mercado Real: Refere-se ao volume de vendas de um determinado produto ou número de consumidores que adquirem o produto;

2º Mercado Potencial: Trata-se do fluxo de vendas que um determinado produto pode atingir frente ao mercado em que atua.

3º Mercado Total: Engloba todo o mercado capaz de consumir o produto, ou seja, soma-se os números apresentados pelo mercado potencial e também os números daquele fluxo que não consome o produto, mas que por um motivo ou por outro no futuro poderão passar a consumir, que possam adquirir esse produto, no entanto não deixando garantias para essa efetivação como ocorre com os números levantados pelo mercado potencial.

Um mercado é um sistema que apresenta um processo evolutivo ao longo do tempo, sob o efeito de variáveis cuja influência se verifica num processo de curto, médio e longo prazo.

Portanto para se conquistar um mercado com sucesso é preciso entender todos os fatores que poderão exercer influencias sob ele, quais os pontos fortes, quais os negativos, e assim partindo dessa premissa estabelecer as estratégias de injeção junto ao mercado.

Nós vivemos hoje num mundo globalizado voltado para tecnologia e nosso comprador, não é mais alguém desprovido de informações sobre o produto ou serviço ofertado, assim como também não é mais aquele que desconhece seu poder de compra, e o quanto esse poder pode interferir sob as vendas.

O mercado depende da junção de inúmeros fatores, como fornecedores, concorrentes, matéria-prima etc.

Esses fatores combinados exercem grandes contrapontos nessa questão de conquista de mercado, mas o principal e mais agravante chama-se CLIENTE, este é quem dispõe do maior poder para empresa, uma vez que ele paga o produto, ele que divulga a suas características e qualidades, e é ele quem determina o fluxo de vendas. Por isso atender a um mercado tão exigente e tão complexo é uma medida delicada.

Mas se o cliente é o maior desafio como conquistar esse cliente?

Para se conquistar uma boa margem de vendas nós temos que estudar o mercado, analisar as suas vertentes e nuances. Com isso saber também que temos que verificar o potencial de nosso produto, saber se é bom, se é algo diferencial, se impõe necessidade de uso para o cliente.

A partir desses dados analisamos nosso concorrente, o que ele oferta é tão quanto nosso produto, vende tanto quanto a gente, vende mais, o que nos diferencia e como podemos quantificar e qualificar acima do concorrente.

Nosso fornecedor ele representa segurança, nos dispõe de uma boa demanda, nos permite boas negociações frente a preço.

E por último nosso consumidor, esse sim é o chamado X da questão, afinal ele é quem determina nossas vendas, é quem garante o acerto de nossos resultados, portanto saber como o seu cliente, o que ele precisa, qual o seu poder de compra, o seu grão de influência sobre o produto, a sua necessidade.

Quando você estuda o seu cliente, o seu mercado você consegue desenvolver estratégias inteligentes e sabe exatamente o que pode proporcionar ao seu cliente e principalmente o poder de compra dele frente ao mercado.

Por isso estudar o mercado hoje é a principal estratégia para as organizações, pois esses dados vão traçar todas as suas medidas e procedimentos a fim de conquistar e garantir seu lugar ao sol frente ao mercado.

O principal desafio é garantir a fidelidade desse cliente, com tanto concorrentes ofertando produtos de qualidade o consumidor tem seu poder de compra valorizado e vai buscar o melhor, sendo assim solidificar o nome da marca, a confiabilidade das organizações tem sido nas últimas décadas o grande segredo para o sucesso dessas organizações. A empresa que foca no estudo de mercado está sempre a um passo à frente diante do mesmo e assim conquista suas vitórias garantindo sua marca e sua parcela desse mercado.

ExibirMinimizar
aci baixe o app