Café com ADM
#

Agora um poema: poderia um viral divertido ressuscitar um costume esquecido?

Novo viral do Facebook faz sucesso e nos faz pensar: será possível um modismo de Internet trazer a tona velhos costumes? E afinal, o que nós, administradores, temos a ver com isso?

Era uma vez um mundo em que as pessoas não gostavam de voltar ao passado, de ressuscitar costumes antigos e práticas que, por mais que tivessem lá sua beleza, não agradavam mais. E essa realidade ainda existe, e muitas vezes a vivenciamos. Afinal, alguém aí já viu alguém da geração Z ou Y declarando um poema, por exemplo?

Nos últimos dias, vimos na maior rede social do planeta uma brincadeira que mais parece ter a intenção de fazer voltarmos no tempo, de uma forma mais romântica, digamos assim. Páginas com o nome de “Agora um Poema” e “Agora uma Poesia” vêm tomando conta das timelines do Facebook de uma forma simples, divertida e bem resolvida.

No geral, a página trata de um pequeno jovem que com quatro frases, forma uma pequena poesia ou poema, tratando dos mais variados assuntos. Os principais são namoro, amizade, amor, família, entre outros.

E nós, administradores, temos algo a aprender com isso. A volta no tempo na hora de criar cases de sucesso sempre fez parte da vida das empresas. Como no momento de nomear um novo produto, onde muitas vezes se opta pelo nome de um antecessor, como vemos muito na indústria automobilística. Quando a Volkswagen resolveu relançar o Voyage, por exemplo, muitas pessoas ligadas à empresa queriam outro nome, pois diziam que este remeteria a um produto antigo e levaria o carro ao insucesso. Neste caso, não foi o que aconteceu.

Ainda vemos situações dessas também em logotipos. Podemos citar a Fiat, que manteve o azul em seu escudo por quase 40 anos, até que voltou para o vermelho, a qual usou até 1968 e foi aprovado pelo público também a partir de 2006. Em tantos outros casos, velhos produtos são adaptados para uma realidade atual ou servem de ideias para inovações.

Mas afinal: Será um viral como tantos outros, capaz de fazer renascer em nossas mentes alguns velhos costumes que já caíram no esquecimento?

Ao que podemos notar, é sim uma possibilidade. Aliás, se continuarmos nesse ritmo, para a alegria de nossas mamães e vovós que morrem de saudade de ver esses velhos (e bons) costumes, é possível que nos próximos tempos nos aproximemos um pouco mais de um hábito saudável, que estimula a criatividade e a comunicação.

Poesias, em geral, são grandes exercícios para diminuir a timidez e aperfeiçoar a oratória como um todo. O uso de rimas exercita o improviso que muitas vezes precisamos ter. Sempre foi muito indicada, assim como a música, para aperfeiçoar a dicção e a respiração na hora de falar em público e, além disso, beneficia também nossa memória de curto e longo prazo.

Enfim, independente de por que essa moda veio e de quanto tempo ela vai durar, e apesar de até então ser um modismo de crianças e adolescentes, está apoiada!

E você, o que acha dessa volta ao passado?

ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.