Administração Tributária - CAGEG (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados)

Sobre educação fiscal o trabalho fala sobre Administração Tributaria - CAGEG (Cadastro Geral De Empregados e Desempregados)

O Brasil fecha 157 mil empregos com carteira assinada em julho, aponta CAGED. (CADASTRO GERAL DE EMPREGADOS E DESEMPREGADOS). O Caged constitui importante fonte de informação do mercado de trabalho de âmbito nacional e de periodicidade mensal. Foi criado como instrumento de acompanhamento e de fiscalização do processo de admissão e de dispensa de trabalhadores regidos pela CLT.

Ao deparar com a crise no Brasil, pesquisas indicam que em Julho foram fechados 157.905 postos de trabalhos com carteira assinada no país. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregos e Desempregos (Caged), divulgados pelo ministro do trabalho, o número representa queda de 0,39% no total de trabalhadores formais em comparação com o resultado do mês anterior. Os números de julho representam a menor geração de empregos para o mês desde 1992, quando se iniciou a série histórica, e a região sudeste registrou o maior número de fechamento de posto de trabalho, cerca de 79, 944 de vagas fechadas. ”Os números serão ainda negativos, mas a expectativa e que, ate o final do ano, vamos retomar o crescimento dos empregos”, assim disse o ministro do trabalho e emprego, Manoel Dias, sobre os dados divulgados da última pesquisa.

Há exemplos de vagas fechadas como nas cidades:

Rio de Janeiro (RJ) – 45.335 São Paulo (SP) – 43.964

Belo Horizonte (MG) – 34.609 Itaboraí (RJ) – 8.440

O total resulta da diferença entre admissões e demissões de trabalhadores. Segundo o ministério, no decorrer do ano, houve perda de 494.386 nos postos de trabalho. Nos últimos 12 meses, o recuo foi de 778.731 postos de trabalhos na serie ajustada. No mês, entre os setores de atividade econômica, apenas agricultura teve desempenho positivo, com geração de 24 mil postos de trabalho. O número foi alcançado, por motivos sazonais. Segundo o Caged, o resultado e muito próximo da média de 2003 e 2014 para o mês de julho. O setor que mais registrou perdas de empregos foi a indústria de transformação, também houve queda no número de empregados com carteira assinada nos setores de serviços, do comércio e de construção civil.

Essa retomada de empregos deve vir dos investimento que o governo vem fazendo para estimular as atividades, como exemplo a liberação de R$ 3,1 bilhões do Banco do Brasil para ser investido no setor automotivo e também a liberação de verbas por meio do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), que serão investido na construção civil, sendo parte dessa verba para construção de moradia populares. Só com esses recursos, serão gerado 3.7 milhões de novos postos de trabalho no brasil.

Ao concluir a pesquisa percebemos que a falta de empregos atrapalha o desenvolvimento econômico do pais e assim atrapalhando também aos jovens de conseguir oportunidade no mercado de trabalho.

Referência:

http://www.jornaldamidia.com.br/noticias/2015/08/21/Brasil/Brasil-fecha-157905-empregos-com-carteira-assinada-em-julho-aponta-Caged.shtml

ExibirMinimizar
aci baixe o app