Administração e Liderança: uma análise filosófica do líder empreendedor

Um ensaio sobre os atributos pessoais e interpessoais que fundamentam as conquistas por meio da Fé

Introdução

Administração é o Poder para os Fatos (planejamento de ações, organização de recursos, direção de pessoas, execução de tarefas e reavaliação interna e externa) com vistas à conquista de objetivos efetivos, eficazes e eficientes. O fator em evidência de cada função administrativa (Planejar, Organizar, Direcionar, Executar, Reavaliar) é a Pessoa. Portanto, o maior ativo para a Administração é a Equipe, pois, é por meio dessa que a Corporação executa os objetivos.

O Homem é um Ser Social. As Sociedades são baseadas nas pessoas. Grandes objetivos geralmente são conquistados pelos indivíduos em Grupo. Um empreendimento possui 3 dimensões elementares: Estrutura, Produto e Pessoa. A estrutura se deprecia e com o tempo torna-se obsoleta ensejando a troca. Os produtos possuem um ciclo de vida e, conforme evoluem as fases, novos produtos necessitam de implementação. Embora as Pessoas sofram processos semelhantes, o que as tornam preciosas para a administração é o fato de acumularem experiências, por consequência, com o tempo atingem cada vez mais a excelência.

Liderança é o Poder para as Pessoas (planejar a motivação, organizar a comunicação, direcionar a resolução, executar a negociação e reavaliar a representação) com vistas à obtenção de satisfação, empenho e desenvolvimento da equipe. Se, a administração atua em um cenário dinâmico, então, a liderança atua com o enfrentamento das mudanças. O Administrador responde aos Fatos; O Líder, às Pessoas. A Administração necessita de Liderança e a Liderança necessita de Administração. O Líder Empreendedor sintetiza esses dois atributos.

Desenvolvimento

Quais são os atributos pessoais característicos de um líder empreendedor? Inicialmente, o líder é uma pessoa de fé; isto significa que é o primeiro a acreditar na Visão e nos Valores da Missão. É por meio da expressão dos pensamentos e sentimentos de fé que o líder contagia e influencia a equipe. A fé se manifesta na ação. Ser uma pessoa de fé significa a atuação de 6 atributos pessoais fundamentais. A criação dos resultados é uma consequência do processo natural, lógico e elementar que rege as relações metafísicas do Ser (espírito, mente, corpo).

Pois bem, o primeiro atributo é a Determinação. Determinar é sinônimo de decidir e, isto significa que, diante de um universo de possibilidades para cada questão... a todo o momento a liderança deve escolher uma alternativa e eliminar todas as outras; Isso é decisão. Se não há determinação, há dúvida. A dúvida impede a ação e atrasa o progresso. Determinação é uma disposição da mente, é o poder de criação (imaginação), que emana os fluxos.

O segundo atributo é a Coragem. Após decidir qual caminho seguir, é necessária uma reflexão mental e espiritual referente ao que se pensa e sente quanto às ações que devem ser efetuadas. A freqüência deve ser favorável, pois, influenciará as circunstâncias mais sutis na manifestação dos atos. Coragem é uma disposição de espírito, é o poder de atração (sensação), que atrai pessoas e recursos.

Compromisso é o terceiro atributo e completa a trindade que emana e atrai o contexto necessário às ações. Compromisso é uma disposição do Corpo, é o poder de realização (manifestação), que concretiza os fatos por meio de atos. O compromisso surge quando a mente, o corpo e o espírito trabalham em harmonia. Caso algum desses elementos não esteja em sintonia, o que ocorre é um envolvimento, e não o comprometimento propriamente dito. O Universo conspira a favor dos determinados, corajosos e compromissados.

Uma grande missão, dependendo da sua natureza, pode ser conquistada por partes. A Disciplina representa uma vitória periódica, isto é, periodicamente, com foco, vai conquistando-se os objetivos. Semelhante à compra de um bem, cujo pagamento não é possível ser efetuado à vista, entretanto, há a opção de parcelamento... Logo, considerando a variável tempo, com disciplina há o poder de “comprar qualquer coisa”. Nisso consiste o quarto atributo fundamental de manifestação dos fatos por meio da fé.

O desafio de desenvolver a disciplina consiste no fato de vivermos em cenários dinâmicos, em constante mudança, os quais surgem imprevistos que alteram a ordem das prioridades. Nesse caso, entra em evidência o quinto atributo: a Responsabilidade, que neste contexto, deve ser compreendida como “habilidade de resposta”. É necessário responder no tempo adequado, de forma adaptada à matéria e ajustada ao espaço para garantir a atuação.

As ações não são perfeitas e, algumas vezes os resultados não saem como o planejado. Diante das frustrações e missões mal sucedidas, há a possibilidade de alterar a rota ou começar tudo de novo. Nesse instante, impera o atributo final para conquistar as vitórias: a Persistência. Durante a caminhada, muitas quedas podem ocorrer... todavia, o que importa é a decisão de levantar e continuar o próximo passo.

Conclusão

Desde o fundamento da potência até a manifestação do ato, a fé é o princípio em evidência na natureza dos movimentos efetuados pelo Líder Empreendedor. O desenvolvimento dos 6 atributos pessoais (Determinação, Coragem, Compromisso, Disciplina, Responsabilidade, Persistência) exercem influência direta na obtenção dos resultados.

Ora, as características da liderança não consistem apenas em atributos pessoais. Por se tratar de relacionamento entre pessoas, existem, evidentemente, outros atributos que o líder deve cultivar. Pois bem, quais são os atributos interpessoais do Líder na Administração? Com efeito, a função de liderança consiste em: motivação da equipe, comunicação de informações relevantes, resolução de conflitos, negociação com colaboradores, representação interna e coordenação das atividades referentes ao processo de mudança.

Do ponto de vista dos sujeitos submetidos à liderança, 3 qualidades de personalidade do líder são consideradas mais importantes: carisma, inteligência e controle emocional. O carisma é percebido com maior relevância pelos colaboradores subordinados diretamente ao Líder. A inteligência é apreciada pelos colaborados superiores ou subordinados indiretos. O controle emocional é visto pelos próprios líderes como principal qualidade a ser dominada.

A evolução implica mudanças. A capacidade de superação a todo instante é uma das características mais requisitadas da Liderança Empreendedora. Pessoalmente, o Líder manifesta atributos que contagia cada integrante na sua área de influência. Socialmente, a liderança é percebida como referência. O sucesso da Administração na Liderança depende, a priori, do próprio Líder e, a posteriori, da interação dos integrantes da Equipe.

ExibirMinimizar
aci baixe o app