A vantagem da indústria 4.0

Essa imagem visceral da “indústria”, sendo corajosa e exclusivamente operária, é fiel até certo ponto, mas quando o “4.0” é adicionada a ela, assume um significado totalmente novo, e os operários acabam acreditando na narrativa de que os robôs e inteligência artificial (AI) irá excluir seus trabalhos.

Essa imagem visceral da “indústria”, sendo corajosa e exclusivamente operária, é fiel até certo ponto, mas quando o “4.0” é adicionada a ela, assume um significado totalmente novo, e os operários acabam acreditando na narrativa de que os robôs e inteligência artificial (AI) irá excluir seus trabalhos.

Embora comum, esse medo é injustificado. Apesar do Hard Trend, agora comprovado, que IA, automação avançada e robótica, impressão 3D e outros avanços industriais da Internet das Coisas (IoT) frequentemente substituem tarefas rotineiras na fabricação, as transformações da Indústria 4.0 nos permitem trabalhar ao lado de máquinas de maneiras novas e altamente produtivas .

Indústria 1.0 a 4.0
A fabricação em todos os setores evoluiu como quatro revoluções industriais distintas desde o século XIX. A primeira revolução industrial ocorreu entre o final do século XVIII e início do século XIX. A fabricação evoluiu para o trabalho otimizado realizado pelo uso de motores à base de água e vapor com seres humanos trabalhando ao lado deles.

A segunda revolução industrial começou no início do século 20, introduzindo o aço e o uso de eletricidade nas fábricas. Esses desenvolvimentos permitiram que os fabricantes mobilizassem maquinário de fábrica e permitissem capitalizar a mão de obra em conceitos de produção em massa, como a linha de montagem.

Uma terceira revolução industrial começou no final da década de 1950, que trouxe consigo tecnologia de automação, computadores e robótica, aumentando a eficiência e reposicionando a força de trabalho humana. Perto do final deste período, os fabricantes começaram a experimentar uma mudança da tecnologia legada para um aumento na atenção à tecnologia digital e ao software de automação.

A atual revolução industrial é a Indústria 4.0, que aumenta a interconectividade e a inteligência em rede através da Internet das Coisas (IoT) e de outros sistemas ciber-físicos. A indústria 4.0 está muito mais interligada do que as revoluções anteriores, permitindo uma melhor comunicação e colaboração da empresa.

A definição geral da Indústria 4.0 é a ascensão da tecnologia industrial digital. Para entender melhor, vamos dar uma olhada em nove blocos de construção da Indústria 4.0.

Big Data e Analytics
A indústria 4.0 permite agilizar, coletar e compreender dados de diversas fontes, incluindo sensores em rede, equipamentos de produção e sistemas de gerenciamento de clientes, melhorando a tomada de decisões em tempo real.

Robôs Autônomos
A capacidade dos robôs interagirem uns com os outros enquanto realizam tarefas retóricas aumenta a produtividade e abre novas oportunidades de trabalho para os funcionários dispostos a aprender coisas novas. Esses futuros robôs autônomos custarão menos e terão maior alcance de recursos.

Simulação Avançada
Simulações avançadas serão usadas mais extensivamente nas operações da fábrica para alavancar dados em tempo real, espelhando o mundo físico em um modelo virtual. Isso inclui máquinas, produtos e humanos e permite que os operadores testem e otimizem as configurações da máquina no mundo virtual primeiro, acelerando uma estratégia operacional de previsão e prevenção para problemas de tempo de inatividade.

Integração Horizontal e Vertical do Sistema
Redes de integração de dados universais na Indústria 4.0 aumentam a conectividade entre departamentos, fornecedores e parceiros. Isso resolve a falta de comunicação ou falta de comunicação dentro de um projeto, cruzando os limites do departamento.

Internet industrial das coisas (IIoT)
Descentralizar a análise e a tomada de decisões, permitindo o feedback em tempo real, é fundamental na era atual. IIoT significa sensores conectados, máquinas se comunicando umas com as outras e mais dispositivos com computação integrada, permitindo a Edge Computing, onde os sensores em rede obtêm novos dados instantaneamente e as decisões automatizadas acontecem mais rapidamente.

Cibersegurança Ágil e Antecipada
Meios seguros de comunicação e gerenciamento de identidade são muito importantes para a segurança cibernética na Indústria 4.0, já que o aumento da interconectividade traz o risco de problemas de segurança. As empresas de manufatura devem resolver previamente os problemas de segurança cibernética e implementar sistemas antecipatórios, adicionando uma camada de previsão e prevenção a AI

Nuvem Híbrida Avançada e Virtualização
À medida que os dados aumentam, o armazenamento local não será suficiente, o que nos leva ao Cloud Services e à Virtualização. Elementos de análise de dados de alta velocidade, combinados com IA e aprendizado de máquina, permitem o compartilhamento de conhecimento em tempo real. Os serviços avançados de nuvem também permitem estratégias de previsão e prevenção antecipadas.

Fabricação aditiva (impressão 3D)
Os métodos avançados de fabricação de aditivos serão integrados aos sistemas de produção em massa, proporcionando um novo nível de velocidade e personalização, juntamente com a capacidade de resolver problemas complexos de fabricação e, ao mesmo tempo, funcionando como um sistema independente para fabricação sob encomenda.

Realidade aumentada
De acordo com a minha análise, essa tecnologia relativamente nova ganhará mais tração à medida que os aplicativos de realidade aumentada (AR) para negócios e indústria forem desenvolvidos. Por exemplo, na Indústria 4.0, o AR pode ajudar a localizar rapidamente as peças em um armazém olhando em volta de um local.

A adaptação de qualquer uma das novas tecnologias na Indústria 4.0 enfrentará uma batalha difícil, já que as indústrias manufatureiras de colarinho-azul não têm a mente aberta sobre abraçar novas tecnologias, muitas vezes vistas como um eliminador de empregos. Abraçando o espectro em constante mudança das tecnologias da Indústria 4.0 permite acelerar a inovação, resolver problemas aparentemente impossíveis e desenvolver e implementar soluções de manufatura digital.

Os líderes devem ajudar seus gerentes e funcionários a antecipar a interrupção e a mudança para se entusiasmarem com o aprendizado de novas habilidades que os manterão empregados e garantirão o desenvolvimento de suas carreiras. Comece agora sua mudança ou morrerá infelizmente no caminho :(

Comentários

Participe da comunidade, deixe seu comentário:

Deixe sua opinião!  Clique aqui e faça seu login.
    café com admMinimizar