Café com ADM
#

A Tecnologia da Informação à Serviço da Administração das Empresas.

A excelência empresarial é o grau máximo do desempenho empresarial. Para o alcance deste êxito, é necessário que o resultado operacional da empresa atenda simultaneamente as finalidades internas e externas da organização. A competitividade é agressiva, a velocidade da informação é incrível e os novos procedimentos devem ser adotados neste mesmo ritmo. Vivemos a era da informação, que é importante tanto para os sistemas de informação internos de cada empresa, como para os aspectos administrativos, mercadológicos, técnicos e operacionais. O Mercado passou, desde o início da década de 80, a buscar profissionais que, utilizando a tecnologia da informação, pudesse apoiar a empresa em seus negócios, em sua forma de competitividade e tivesse visão muito mais ampla que somente a hermética área de informática. Surge então, o profissional: Analista de Negócios e da Informação. O empresário tem percebido que a caríssima infra-estrutura da área de informática, envolvendo profissionais de alto nível, hardware (máquinas), software (programas), não devem ser utilizados apenas para preparar folhas de pagamento, contabilidade, ativo permanente etc. O empreendedor quer agora esta estrutura trabalhando para gerar novos negócios e novas formas de aceleração comercial. Um exemplo dentro desta realidade é a estrutura de tecnologia de informática que os bancos brasileiros vêm utilizando como forma de cativar novos clientes. É a informação eletrônica como um produto aplicado efetivamente. O administrador (a) com habilidades em Sistemas de Informações Gerenciais, é um agente de mudanças, ligado ao ramo de negócios da organização, que procura a cada momento, desenvolver e acompanhar sistemas que inovem a participação da empresa em seu mercado de atuação. Para atender estas necessidades o analista da informação deverá está atualizando suas técnicas através de constantes leituras específicas dentro da sua área, obtendo novos comportamentos e hábitos, desenvolvendo uma sensibilidade para o mercado. São providências urgentes a serem iniciadas. Quando questiono dentro das empresas sobre o que é um Sistema de Informação Gerencial? Muitas pessoas ainda respondem: “Informações destinadas aos gerentes para a tomada de decisões”. Vejam que Erro! As informações gerenciais podem e devem ser destinadas a qualquer nível de hierarquia da organização, pois os mesmos tem suas decisões importantes a tomar e proporcionais a sua posição na estrutura organizacional. Portanto as Informações Gerenciais devem propiciar: • Redução no custo das operações; • Melhoria no acesso às informações; • Melhoria na Produtividade; • Agilidade na tomada de decisões; • Estimulo de maior integração entre os tomadores de decisões; • Fornecimentos de melhores projeções dos efeitos de decisões; • Redução do grau de centralização de decisões na empresa; • Adaptação das empresas para enfrentar os acontecimentos não previstos; • Adequação da estrutura organizacional visando à facilitação do fluxo de informações. A sensibilidade, o respeito maior a cada usuário da informação, a necessidade do arejamento técnico, profissional e comercial são condições básicas para que o Analista de Negócios e da Informação tenha sucesso. Profª Adm. Rose Mary Santos de Amorim - Consultora Empresarial.
ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.