Café com ADM
#

A SOLUÇÃO ESTÁ NO TÚNEL DO TEMPO

Há desejos que estimulam as pessoas desde sempre. Voar como os pássaros, ver a Terra de algum ponto entre as estrelas, explorar as profundezas dos oceanos e viajar pelo tempo, por exemplo. <br /> Já foram considerados sonhos impossíveis, contudo, hoje, vários são os meios disponíveis para alguém voar. Os segredos dos mares continuam sendo desvendados e até mesmo um turista já experimentou a vida fora da órbita do nosso planeta. <br /> <br /> E o que dizer sobre viajar ao passado ou ao tempo futuro? <br /> Esse é um assunto que me fascina desde criança, quando acompanhava seriados como O Túnel do Tempo e mais recentemente, De volta para o futuro. <br /> Acho instigante, fantástico mesmo, imaginar a possibilidade de presenciar fatos que já aconteceram, e conhecer, no presente, o que ainda ocorrerá. <br /> Considere as possibilidades que isto criaria! Quem sabe, evitar as catástrofes de antes e prevenir as que virão. <br /> <br /> Certamente, assim como ocorre com o clone humano, haveria muito para se discutir quanto aos aspectos éticos e os efeitos colaterais decorrentes disto. Entretanto, o meu objetivo neste artigo é mais pragmático e refere-se ao tempo presente. E o Túnel do Tempo é a metáfora que vou empregar em um exercício, que lhe possibilitará aprender com as próprias experiências. Seja da sua infância, juventude ou de uns poucos minutos atrás. Relacionado a família, o amor, amizades ou negócios. <br /> Ele também é indicado para a melhoria de performance através do auto-treinamento e como instrumento de T&D. Em vendas, comunicação, negociação, liderança, etc... <br /> <br /> Faça o seguinte: <br /> <br /> 1) Pegue uma folha de papel e lápis. Lance mão da sua criatividade e desenhe algo que represente o seu túnel do tempo. Se preferir, ao invés de desenhar, coloque diante de você um objeto e atribua a ele este significado. <br /> <br /> 2) Escolha uma situação da sua vida que você queira compreender melhor. Para otimizar os resultados que não foram satisfatórios. Ou repetir o processo em situações semelhantes, porque rendeu bons frutos. <br /> <br /> 3) Registre, por escrito, a situação que você escolheu e quais os objetivos que pretende alcançar no exercício. <br /> <br /> 4) O passo seguinte é entrar no túnel e retroceder no tempo, até a época e o lugar dos fatos que você escolheu. <br /> Como você faz isso? Guiando-se pela imaginação, como se fosse o personagem de um filme, por exemplo. E, um ponto importante, você está aí como espectador invisível, em segurança mas sem poder interferir nos acontecimentos. É um aprendiz da sua própria vida. <br /> <br /> 5) Observe as cenas com a neutralidade de um juiz, atento a todos os detalhes e sob a perspectiva de cada um dos envolvidos. Um por vez. E, uma dica, faça anotações e reveja as cenas quantas vezes achar necessário. <br /> <br /> O que você está presenciando são situações que já conhece, mas apenas do seu próprio ponto de vista. E, assim como quando lê o mesmo livro mais de uma vez e absorve pontos que antes haviam passado desapercebidos, o mesmo ocorre com as experiências da vida. O que é dramático, pois não podemos mudar os acontecimentos. Minimizar este fato ao aplicar esta sabedoria nas situações do presente é o objetivo principal do exercício. <br /> <br /> Então, sob a perspectiva de cada um dos participantes, perceba o que está sendo dito, a expressão das pessoas, suas reações, sinceridade e tudo o mais que for adequado para aprender com a experiência. Inclusive, a luz das informações que você tem e que não dispunha no passado. <br /> <br /> Como é o seu comportamento? É suficientemente flexível, entusiasta e sincero? Você esta adequadamente preparado, concentrado e comprometido? Ouve com atenção? Argumenta corretamente? Cede quando preciso e é firme quando necessário? <br /> Se fosse possível, o que mudaria em suas ações, nos gesto, palavras, na intensidade da voz, no jeito de olhar? <br /> <br /> É comum as pessoas se lamentarem, dizendo, &#8220;há, se eu soubesse disso antes ...&#8221;, ou, &#8220;Se eu pudesse voltar no tempo tudo seria diferente ...&#8221;. Talvez você conheça exemplos assim. <br /> O que estas pessoas querem na verdade, é ter o poder e a oportunidade para mudar suas próprias decisões. Porque nos dispomos a ceder, praticamente em tudo, após descobrimos as conseqüências. Mais daí o leite já foi derramado, o emprego está perdido, o bebê a caminho, a porta foi arrombada, o cliente optou pelo concorrente, o acidente já aconteceu. <br /> Então pensamos, &#8220;há se eu ...&#8221;. <br /> <br /> A solução está no túnel do tempo, onde você pode melhorar o presente e influenciar o futuro, aprendendo com os erros e acertos do passado<br /> -------<br /> Roberto Vieira Ribeiro é diretor do Instituto Motivação e Resultados de Psicologia, Consultoria e Treinamento, e tem formação multidisciplinar: administração de empresas, neurolingüística, informática, hipnose e marketing, entre outros. É coach com formação e certificação internacional pelo ICI &#8211; Integrated Coaching Institut, é autor dos vídeos Sua equipe vai render mai$ e Como negociar e ganhar, sempre?, dos CDs Motivação e Resultados, 1 Venda Mais Motivação & Resultados e A venda passo a passo I, II, III. É editor do site e e-zine Motivação e Resultados, colunista da revista Vendedor Profissional e de uma centena de sites, e seu livro Assim é que se faz &#8211; Desenvolvimento pessoal e profissional está com o lançamento programado para junho de 2005.<br /> <br /> &#61496; Contatos para palestras e treinamentos podem ser feitos através do (41)3026-1414, 3023-6414 ou 272-3260, e roberto@motivacaoeresultados.com.br .<br /> <br /> &#61496; Outras informações estão disponíveis no http://www.motivacaoeresultados.com.br.

Há desejos que estimulam as pessoas desde sempre. Voar como os pássaros, ver a Terra de algum ponto entre as estrelas, explorar as profundezas dos oceanos e viajar pelo tempo, por exemplo.
Já foram considerados sonhos impossíveis, contudo, hoje, vários são os meios disponíveis para alguém voar. Os segredos dos mares continuam sendo desvendados e até mesmo um turista já experimentou a vida fora da órbita do nosso planeta.


E o que dizer sobre viajar ao passado ou ao tempo futuro?
Esse é um assunto que me fascina desde criança, quando acompanhava seriados como O Túnel do Tempo e mais recentemente, De volta para o futuro.

Acho instigante, fantástico mesmo, imaginar a possibilidade de presenciar fatos que já aconteceram, e conhecer, no presente, o que ainda ocorrerá.
Considere as possibilidades que isto criaria! Quem sabe, evitar as catástrofes de antes e prevenir as que virão.



Certamente, assim como ocorre com o clone humano, haveria muito para se discutir quanto aos aspectos éticos e os efeitos colaterais decorrentes disto. Entretanto, o meu objetivo neste artigo é mais pragmático e refere-se ao tempo presente. E o Túnel do Tempo é a metáfora que vou empregar em um exercício, que lhe possibilitará aprender com as próprias experiências. Seja da sua infância, juventude ou de uns poucos minutos atrás. Relacionado a família, o amor, amizades ou negócios.
Ele também é indicado para a melhoria de performance através do auto-treinamento e como instrumento de T&D. Em vendas, comunicação, negociação, liderança, etc...

Faça o seguinte:

1) Pegue uma folha de papel e lápis. Lance mão da sua criatividade e desenhe algo que represente o seu túnel do tempo. Se preferir, ao invés de desenhar, coloque diante de você um objeto e atribua a ele este significado.

2) Escolha uma situação da sua vida que você queira compreender melhor. Para otimizar os resultados que não foram satisfatórios. Ou repetir o processo em situações semelhantes, porque rendeu bons frutos.

3) Registre, por escrito, a situação que você escolheu e quais os objetivos que pretende alcançar no exercício.

4) O passo seguinte é entrar no túnel e retroceder no tempo, até a época e o lugar dos fatos que você escolheu.
Como você faz isso? Guiando-se pela imaginação, como se fosse o personagem de um filme, por exemplo. E, um ponto importante, você está aí como espectador invisível, em segurança mas sem poder interferir nos acontecimentos. É um aprendiz da sua própria vida.

5) Observe as cenas com a neutralidade de um juiz, atento a todos os detalhes e sob a perspectiva de cada um dos envolvidos. Um por vez. E, uma dica, faça anotações e reveja as cenas quantas vezes achar necessário.

O que você está presenciando são situações que já conhece, mas apenas do seu próprio ponto de vista. E, assim como quando lê o mesmo livro mais de uma vez e absorve pontos que antes haviam passado desapercebidos, o mesmo ocorre com as experiências da vida. O que é dramático, pois não podemos mudar os acontecimentos. Minimizar este fato ao aplicar esta sabedoria nas situações do presente é o objetivo principal do exercício.

Então, sob a perspectiva de cada um dos participantes, perceba o que está sendo dito, a expressão das pessoas, suas reações, sinceridade e tudo o mais que for adequado para aprender com a experiência. Inclusive, a luz das informações que você tem e que não dispunha no passado.

Como é o seu comportamento? É suficientemente flexível, entusiasta e sincero? Você esta adequadamente preparado, concentrado e comprometido? Ouve com atenção? Argumenta corretamente? Cede quando preciso e é firme quando necessário?
Se fosse possível, o que mudaria em suas ações, nos gesto, palavras, na intensidade da voz, no jeito de olhar?

É comum as pessoas se lamentarem, dizendo, “há, se eu soubesse disso antes ...”, ou, “Se eu pudesse voltar no tempo tudo seria diferente ...”. Talvez você conheça exemplos assim.
O que estas pessoas querem na verdade, é ter o poder e a oportunidade para mudar suas próprias decisões. Porque nos dispomos a ceder, praticamente em tudo, após descobrimos as conseqüências. Mais daí o leite já foi derramado, o emprego está perdido, o bebê a caminho, a porta foi arrombada, o cliente optou pelo concorrente, o acidente já aconteceu.
Então pensamos, “há se eu ...”.

A solução está no túnel do tempo, onde você pode melhorar o presente e influenciar o futuro, aprendendo com os erros e acertos do passado
-------
Roberto Vieira Ribeiro é diretor do Instituto Motivação e Resultados de Psicologia, Consultoria e Treinamento, e tem formação multidisciplinar: administração de empresas, neurolingüística, informática, hipnose e marketing, entre outros. É coach com formação e certificação internacional pelo ICI – Integrated Coaching Institut, é autor dos vídeos Sua equipe vai render mai$ e Como negociar e ganhar, sempre?, dos CDs Motivação e Resultados, 1 Venda Mais Motivação & Resultados e A venda passo a passo I, II, III. É editor do site e e-zine Motivação e Resultados, colunista da revista Vendedor Profissional e de uma centena de sites, e seu livro Assim é que se faz – Desenvolvimento pessoal e profissional está com o lançamento programado para junho de 2005.

 Contatos para palestras e treinamentos podem ser feitos através do (41)3026-1414, 3023-6414 ou 272-3260, e roberto@motivacaoeresultados.com.br .

 Outras informações estão disponíveis no http://www.motivacaoeresultados.com.br.

ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.