A Responsabilidade Social nas Instituições Acadêmicas: formando profissionais cidadãos

Em um mercado cada vez mais competitivo e com uma sociedade cada vez mais exigente, a responsabilidade social tornou-se um diferencial para o sucesso das organizações e de seus executivos. A empresa, assim como seus executivos, que colocam em prática a responsabilidade social encantam a sociedade e conquistam o respeito da mídia, grande formadora de opinião. O mercado de trabalho, atualmente, exige que o profissional seja não apenas um técnico ou um profissional qualificado, mas um profissional cidadão, ou seja, um profissional consciente de suas responsabilidades na sociedade. Nesse sentido, as universidades, sejam elas públicas ou particulares, devem atuar na formação dos alunos de forma que os preparem para serem cidadãos responsáveis e que assumam uma postura solidária e participativa frente aos problemas sociais de sua comunidade. Neste contexto, é papel das universidades, proporcionar a reflexão, o debate e o questionamento sobre a responsabilidade social e o papel dos alunos como futuros agentes transformadores e solucionadores dos problemas e das questões sociais do Brasil. É papel, ainda, destas instituições oferecer aos alunos uma formação que atenda não apenas as suas necessidades, como também as necessidades do mercado e da sociedade. O desafio é quebrar o paradigma de que a responsabilidade social é modismo, que os envolvidos em programas sociais buscam apenas notoriedade. É preciso provocar uma mudança de cultura a respeito da responsabilidade social. Sabendo que o aluno, ao entrar em uma universidade, espera encontrar os conhecimentos necessários para sua formação pessoal e profissional, a universidade deve estar bem posicionada com relação à responsabilidade social. As mudanças esperadas só acontecerão se o aluno for bem instruído e bem preparado para exercer sua cidadania. A universidade deve ter consciência de sua influência na educação e na cultura dos alunos. Esses alunos precisam refletir sobre sua responsabilidade social, precisam tomar conhecimento de que como profissionais, serão cobrados por sua atuação. Os alunos que receberem uma formação voltada para essa nova realidade tornar-se-ão em profissionais diferenciados, capazes de transformar seu ambiente. Esse é o perfil de profissional que o mercado procura. Esse será o profissional que receberá destaque, que conseguirá obter o reconhecimento não só de sua organização, mas principalmente da sociedade.
ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.